Dólar Comercial compra R$ 4,3511 venda R$ 4,3518 máxima 4,356
Euro compra R$ 4,7055 venda R$ 4,708 máxima 4,7102
18 Fev - 12h49
terça, 18 de fevereiro de 2020
SOBERANIA BICOLOR

Paysandu vai para a quinta final de Copa Verde e Remo entra de férias antecipadas

07 Out 2019 - 05h00Atualizado 06 Out 2019 - 20h05
Paysandu vai para a quinta final de Copa Verde e Remo entra de férias antecipadas - Crédito: Jorge Luiz/Paysandu Crédito: Jorge Luiz/Paysandu

A vitória por 3 a 1 do Paysandu diante do Remo na tarde de ontem, 6, mostra um dado importante. Quando falamos de Copa Verde, o Papão é o time que mais vezes chegou na fase final da competição. Disputada desde 2014, esta é a sexta edição do campeonato que teve o time alviceleste como finalista em cinco oportunidades, incluindo a final deste ano de 2019.

Outro número importante é o de vitórias do Remo em cima do Paysandu na Copa Verde. O Leão só venceu o maior rival uma única vez. A vitória foi em 2015, ano em que o Remo chegou à final mas perdeu o título para o Cuiabá, na Arena Pantanal. Sendo assim, o Paysandu se destaca como uma equipe especialista quando se fala em Copa Verde.

E essa soberania bicolor pode se perpetuar. Na semana passada a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou o calendário de competições de 2020. A Copa Verde não aparece entre os campeonatos confirmados e pode ser cancelada.

Nesta final, o Paysandu se prepara para enfrentar ou Goiás ou Cuiabá. O time goiano disputa a Série A e é um dos ascendentes. O atacante Michael é um dos destaques do time esmeraldino e já é alvo de alguns grandes clubes do futebol nacional. O Cuiabá está disputando a Série B e tem um elenco rasoável.

Com a eliminação na Copa Verde, o Leão encerra a temporada de futebol profissional do clube em 2019. Em sua primeira experiência como técnico, Eudes Pedro avaliou como positiva a atuação mesmo na derrota e já projeta uma equipe mais competitiva no ano que vem.

"Todos os jogadores honraram a camisa do Clube do Remo. Acho até que o Marcão terminou o jogo com um dedo fraturado. Levamos um gol em um momento que estávamos melhor, controlando o jogo. Tivemos que correr atrás, abrir o time e colocar mais outro atacante, conseguimos o gol e, em cinco minutos, demos bobeira e levamos o segundo e o terceiro", resumiu o treinador.

“A gente estava querendo ganhar, transformar o grupo em um time vencedor. Infelizmente eu não consegui, isso deixa você um pouco frustrado, mas o trabalho segue e o Remo tem tudo para fazer um grande ano de 2020, pelo planejamento que está sendo colocado em prática”, completou.

Agora, o Remo só volta a jogar no ano que vem, pelo Campeonato Paraense.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ansioso por vitória, Nicolas dispara: 'a Copa do Brasil é uma mina de ouro'
VALE MUITO!

Ansioso por vitória, Nicolas dispara: 'a Copa do Brasil é uma mina de ouro'

17/02/2020 17:01
Ansioso por vitória, Nicolas dispara: 'a Copa do Brasil é uma mina de ouro'
Hélio dos Anjos prega atenção para duelo pela Copa do Brasil
DE OLHO NO CRB

Hélio dos Anjos prega atenção para duelo pela Copa do Brasil

17/02/2020 13:59
Hélio dos Anjos prega atenção para duelo pela Copa do Brasil
Paysandu contrata prepador físico ex-Remo
ATRAVESSOU

Paysandu contrata prepador físico ex-Remo

16/02/2020 12:17
Paysandu contrata prepador físico ex-Remo
Paysandu faz 5 a 0 no Paragominas e assume a liderança do Parazão
QUE PASSEIO!

Paysandu faz 5 a 0 no Paragominas e assume a liderança do Parazão

16/02/2020 11:53
Paysandu faz 5 a 0 no Paragominas e assume a liderança do Parazão
Leandro Niehues: 'As portas ficaram abertas de ambas as partes'
GRATIDÃO

Leandro Niehues: 'As portas ficaram abertas de ambas as partes'

15/02/2020 15:30
Leandro Niehues: 'As portas ficaram abertas de ambas as partes'
Últimas Notícias