Dólar Comercial compra R$ 4,4733 venda R$ 4,4738 máxima 4,5141
Euro compra R$ 4,9336 venda R$ 4,9359 máxima 4,9656
28 Fev - 19h03
sexta, 28 de fevereiro de 2020
Vale ITV Galeria
Vale ITV mobile
ATITUDE SIMBÓLICA

Entenda porque o Paysandu não vai fazer minuto de silêncio para torcedora vítima do ‘maníaco de Marituba’

O corpo da jovem foi enterrado na manhã de hoje, vestido com uma camisa do time

24 Jan 2020 - 12h20Atualizado 24 Jan 2020 - 12h47
Entenda porque o Paysandu não vai fazer minuto de silêncio para torcedora vítima do ‘maníaco de Marituba’ - Crédito: REPRODUÇÃO Crédito: REPRODUÇÃO

Na última quarta-feira, 22, mais uma mulher entrou para as estatísticas do crime de feminicidio. A vítima é a jovem Jennyfer Martins, que esteve interna no hospital, após ser resgatada em uma área de mata. Ela foi sequestrada, estuprada e espancada pelo ‘maníaco de Marituba’. 

Jennyfer era torcedora fanática do Paysandu Sport Clube. Nas redes sociais, a jovem fazia questão de posar com a camisa do clube, e sempre comparecia aos jogos do time do coração. 

Na tarde de ontem, 23, o Paysandu prestou uma homenagem a torcedora nas redes sociais. Com um discurso de apoio e solidariedade as mulheres vítimas de violência sexual, o clube anunciou que não fará a tradicional homenagem de luto que faz quando perde um torcedor, antes da próxima partida. 

 Após a declaração, muitos internautas e mesmo torcedores, ainda se questionaram sobre a decisão de não fazer o minuto de silêncio. 

Mas o que está por trás da intenção de evitar o silêncio? Na verdade, o discurso pregado pelo clube na publicação, traz uma reflexão sobre que não deve ser feito diante do crime no qual Jennyfer foi vítima.  As mulheres não devem se calar. 

Ao invés de fazer um minuto de silêncio pela morte da torcedora, o clube propôs um grande grito em homenagem a luta das mulheres por igualdade e liberdade na sociedade.

“Fazer um minuto de silêncio antes da nossa próxima partida em casa não seria certo. Aliás, o silêncio não pode existir diante de uma crueldade desse tamanho. Jamais! A voz que elas usam pra cantar nas arquibancadas é a mesma que grita por igualdade na sociedade” diz a publicação.

Jovem foi enterrada com camisa do time

O enterro da jovem Jennyfer aconteceu na manhã desta sexta-feira, 24, em um cemitério particular, em Ananindeua. O corpo dela foi enterrado vestido com uma camisa do Paysandu. 

A família foi convidada pelo clube, durante o velório, para assistir ao jogo da próxima segunda-feira, 27, contra o Bragantino. 

 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Hélio dos Anjos faz balanço sobre semanas sem jogos e elogia diretoria pelo CT
SALDO POSITIVO

Hélio dos Anjos faz balanço sobre semanas sem jogos e elogia diretoria pelo CT

há 8 minutos atrás
Hélio dos Anjos faz balanço sobre semanas sem jogos e elogia diretoria pelo CT
Sobre o Bragantino, Vinícius Leite afirma que 'sempre que jogamos contra temos dificuldade'
ADVERSÁRIO COMPLICADO

Sobre o Bragantino, Vinícius Leite afirma que 'sempre que jogamos contra temos dificuldade'

28/02/2020 16:15
Sobre o Bragantino, Vinícius Leite afirma que 'sempre que jogamos contra temos dificuldade'
Paysandu é o segundo clube do Brasil a anunciar um time de Free Fire
E-SPORTS

Paysandu é o segundo clube do Brasil a anunciar um time de Free Fire

28/02/2020 11:01
Paysandu é o segundo clube do Brasil a anunciar um time de Free Fire
Campeão da Copa Verde em 2018, Perema ganha homenagem na fachada da Curuzu
ETERNIZADO

Campeão da Copa Verde em 2018, Perema ganha homenagem na fachada da Curuzu

28/02/2020 08:38
Campeão da Copa Verde em 2018, Perema ganha homenagem na fachada da Curuzu
Há quatro anos na Curuzu, Perema comemora a boa fase: 'Já faço parte de uma história linda'
FELICIDADE

Há quatro anos na Curuzu, Perema comemora a boa fase: 'Já faço parte de uma história linda'

27/02/2020 15:39
Há quatro anos na Curuzu, Perema comemora a boa fase: 'Já faço parte de uma história linda'
Últimas Notícias