Dólar Comercial compra R$ 5,4577 venda R$ 5,4607 máxima 5,4973
Euro compra R$ 6,4221 venda R$ 6,4272 máxima 6,47
21 Set - 10h00
segunda, 21 de setembro de 2020
LIDER MAG MODA - DESK - 21.9
BASA - EM CADA ORAÇÃO... - MOB 18.9 A 18.10
CRISE BICOLOR

Presidente do Paysandu comenta demissão de Hélio dos Anjos: 'Não gostou da cobrança'

15 Set 2020 - 16h31Atualizado 15 Set 2020 - 16h37
Presidente do Paysandu comenta demissão de Hélio dos Anjos: 'Não gostou da cobrança' - Crédito: Junior Cunha Crédito: Junior Cunha

Na tarde desta terça-feira, 15, o presidente do Paysandu Sport Club, Ricardo Gluck Paul, convocou uma coletiva de imprensa para comentar o pedido de demissão do então técnico bicolor Hélio dos Anjos. O pronunciamento foi no estádio da Curuzu e o mandatário relatou todo problema entre as partes.

Ricardo destacou que a pressão foi muito grande em cima de Hélio desde o resultado ruim contra o Paragominas, pela semifinal do Campeonato Paraense. "Realmente foi um pedido de demissão por parte dele que, francamente, me surpreendeu. Em razão de alguns fatos, eu me senti motivado para fazer essa coletiva e explicar o que está acontecendo. Primeiro motivo é não cometer os erros do passado. A torcida do Paysandu, que é o nosso maior patrimônio, precisa saber o que acontece, doa a quem doer. Estou me incluindo nisso. Eu devo sim satisfação a minha torcida e é pra ela que vou falar sobre esse caso. O Hélio foi o treinador mais longevo de 2013 pra cá e um dos maiores da história. 472 dias de Paysandu. Pós quarentena, o Paysandu vem com números que justificavam um ambiente de cobrança na Curuzu. No momento em que perdemos o jogo para o Paragominas, eu dizia que essas coisas eram resolvidas na Curuzu. Fiz uma reunião com o Hélio e o Guilherme. Fiz cobranças duras com relação ao desempenho desse jogo, tivemos uma conversa respeitosa. Coloquei as minhas preocupações, pedi explicações e viajamos. Tivemos uma reunião no hotel em Goiânia. Reunimos no almoço e ele me disse que estava profundamente incomodado com a minha cobrança e com o ambiente de cobrança de que todo mundo virou técnico no Paysandu. Eu disse que era o presidente do Paysandu e cobrava do porteiro ao técnico de futebol, ninguém aqui está livre de cobrança. Eu sou cobrado diariamente por torcida, patrocinador, enfim, eu também tenho a obrigação de cobrar quem trabalhar no Paysandu. Por parte da torcida, estávamos indo rumo a Série D porque estreamos com empate e derrota na Série C. Três pontos ficaram evidentes. Não gostou da cobrança. Repito o que falei em Goiânia, eu vou cobrar sempre. Isso aqui é um ambiente de cobrança. Futebol é assim", disse.

O presidente bicolor ainda falou sobre as contratações, assunto que vinha sendo recorrente nas entrevistas de Hélio dos Anjos. "Depois ele fala das contratações, o que na minha visão não é local para discutir em coletiva de imprensa. Nessa semana o professor Hélio praticamente se despediu do elenco. Na sexta-feira, na roda com o plantel, ele falou que iam contratar um técnico no lugar dele para passar a mão na cabeça dos jogadores. O Hélio me disse que o Guilherme ouviu que o Felipe teria dito que estariam esticando a corda do Nicolas. O Nicolas é o nosso jogador, pelos dados de GPS, que tem mais corrido em campo, sempre acima da média. Admitindo que isso tenha sido dito, não vejo problema nisso. Quando o ambiente é bom, essa é uma preocupação que tem que ser dividida por todos. É natural que o diretor de futebol se preocupe com a condição de um atleta. Armar para tirar um atleta de um jogo importante, tem uma distância do tamanho do mundo. Falei que precisava de situação relevantes da acusação de tirar o Nicolas de campo. Na cabeça do Hélio era porque estávamos armando para justificar uma demissão dele, como se não bastasse três derrotas na Série C. Não me falta coragem, em momento algum, porque já mandamos técnico invicto embora".

Ricardo Gluck Paul tocou no assunto do atcante Nicolas. "O Nicolas saiu batido na quarta-feira, reclamou dor, exame feito e foi encaminhando na sexta-feira a noite um laudo do hospital porto dias inidicando grau 1 na lesão do Nicolas. Houve um esforço coletivo para o Nicolas jogar. Se não fosse o estadual, ninguém iria sustentar por conta dos resultados na Série C. Lembrei a ele que durante todos os momentos difíceis do Paysandu eu estava do lado dele. Falei ao Hélio que durante este período, a mesma torcida que hoje está fazendo barulho pela saída dela, é a mesma que pedia a cabeça dele em outros momentos. O Hélio chegou a dizer que tinha uma informação de que passamos o final de semana ligando para técnico prevendo a queda dele. Isso é tão inverdade que agora estamos trabalhando com a busca de um novo técnico", afirmou.

Elenco fechado com a diretoria

Apesar do pedido de demissão de Hélio dos Anjos, Ricardo garante que o elenco bicolor está alinhado com toda diretoria. "Lamento muito a saída do Hélio. Tenho muito orgulho do que fizemos aqui nesses 472 dias. A torcida pode ficar tranquila, no seguinte sentido, o plantel do Paysandu está 100% comigo. 95% desses atletas vieram por ação da diretoria de futebol e renovaram pela diretoria de futebol. Não podemos cravar resultado, mas o elenco está fechado conosco. Estamos a dois pontos do G4 e o nosso desafio no momento é encontrar um técnico que esteja a altura do Paysandu e alinhado com a nossa convicção de futebol".

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Assista aos gols da vitória do Paysandu em cima do Ferroviário
TUDO DO PAPÃO!

Assista aos gols da vitória do Paysandu em cima do Ferroviário

21/09/2020 08:41
Assista aos gols da vitória do Paysandu em cima do Ferroviário
Efetivo no primeiro tempo, Paysandu faz 2 a 0 no Ferroviário e entra no G4 da Série C
ALÔ, G4!!

Efetivo no primeiro tempo, Paysandu faz 2 a 0 no Ferroviário e entra no G4 da Série C

20/09/2020 21:54
Efetivo no primeiro tempo, Paysandu faz 2 a 0 no Ferroviário e entra no G4 da Série C
Meia Diego Lorenzi projeta duelo difícil diante do Paysandu
SÉRIE C

Meia Diego Lorenzi projeta duelo difícil diante do Paysandu

há 18 horas atrás
Meia Diego Lorenzi projeta duelo difícil diante do Paysandu
Torcedores do Paysandu invadem treino em Fotaleza para incentivar o time e matar a saudade
COISAS DO FUTEBOL!

Torcedores do Paysandu invadem treino em Fotaleza para incentivar o time e matar a saudade

há 19 horas atrás
Torcedores do Paysandu invadem treino em Fotaleza para incentivar o time e matar a saudade
Paysandu visita o Ferroviário para superar crise na Curuzu
BASTIDORES AGITADOS

Paysandu visita o Ferroviário para superar crise na Curuzu

20/09/2020 05:00
Paysandu visita o Ferroviário para superar crise na Curuzu
Últimas Notícias