Dólar Comercial compra R$ 5,5089 venda R$ 5,5109 máxima 5,5102
Euro compra R$ 6,4267 venda R$ 6,4312 máxima 6,4345
25 Set - 03h13
sexta, 25 de setembro de 2020
ALUBAR - SER LIDER DE MERC É... - DESK
LIDER MAG - ESTILO - 25 E 26.9 - DESK
PELO CLUBE!

Motivado por Mazola, Eduardo Ramos diz não ter vaidade pelas cobranças de pênalti: 'O que importa é o Remo vencer'

Camisa 10 do Remo acredita que todos estão preparados para sequência de jogos

03 Ago 2020 - 17h37Atualizado 03 Ago 2020 - 18h07Por Junior Cunha
Motivado por Mazola, Eduardo Ramos diz não ter vaidade pelas cobranças de pênalti: 'O que importa é o Remo vencer' - Crédito: Fernando Torres Crédito: Fernando Torres

Neste domingo, 2, o Remo voltou a disputar uma partida oficial depois de mais de 120 dias de paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus. A vitória veio, porém não foi fácil. Tal qual o calor de mais de 33°C, o Águia de Marabá fez o Remo suar para chegar no resultado positivo.

O nome da vitória azulina não foi nenhum dos novatos do elenco. Mas sim um velho conhecido do torcedor: Eduardo Ramos, que anotou dois gols e "aliviou" o domingo dos azulinos. 

"Fazer gol é muito bom. A gente sabe que tem muitas coisas a corrigir, a melhorar. A gente ficou muito tempo parado. É diferente. Por mais que você treine, o ritmo de jogo é algo que soma muito e a gente precisa disso. É diferente do que você está apenas bem na parte física. O ritmo de jogo conta muito. Me senti feliz. Pelos gols, mas muito mais pela vitória, que nos coloca em busca do tricampeonato, que é o que mais importa para a gente", disse o camisa 10 azulino.

Com mais liberdade para jogar no segundo tempo, Eduardo explicou que não houve mudança no seu modo de jogar entre o primeiro e o segundo tempo, apenas um pedido do técnico Mazola Júnior para ele ficar mais próximo do gol.

"Para mim não muda nada. A mesma características que o professor (Mazola Jr) me passou no primeiro tempo, ele passou para o segundo. Independente de quem joga, minha função permanece a mesma. A mesma liberdade de pisar na área, de tentar as jogadas. Ele só pediu para eu ficar um pouco mais perto do gol para tentar finalizar mais vezes. Graças a Deus ontem fui feliz, acabei tendo as oportunidades e acabei concluindo em gols". 

Eduardo poderia ter saído de campo com três gols na conta. Porém, no primeiro tempo, em uma cobrança de pênalti, ele acabou parando no goleiro Bruno Colaço, do Águia. Sobre isso, ele diz que não é o batedor oficial de pênaltis do time. Porém, reforçou que treinou bem durante a semana e que isso lhe deu confiança para bater o pênalti.

"Não tem que melhorar. Eu treino. Bati oito pênaltis durante a semana e não errei nenhum. É relativo. Eu não tenho vaidade. Se no jogo alguém tiver melhor e quiser bater, o que importa é o Remo vencer. Não tenho vaidade de gol, vaidade de pênalti. Não tenho essa necessidade de aparecer. Fui escalado porque realmente treinei bem durante a semana e foi um pedido do Mazola. Acontece, faz parte. Se tiver que bater quarta-feira, domingo, vou me preparar e estarei a disposição", disse.

Relação com Mazola

Em fevereiro, quando o técnico Mazola Júnior chegou ao Remo, Eduardo Ramos estava entregue ao departamento médico do clube tratando uma inflamação na superfície do osso da tíbia. Em sua primeira entrevista no clube, o técnico revelou que iria contar com o jogador e que ele seria titular do time, desde que estivesse bem fisicamente.

Eduardo, por sua vez, contou que deve este momento ao técnico Mazola Júnior. Ele, segundo disse Eduardo, trouxe a motivação de volta ao camisa 10 do Remo.

"Hoje tenho um treinador que me dar moral, me incentiva, que tenha tirar o melhor de mim, mas é um cara também que me cobra muito. Mas independente da situação, é um cara justo. É um cara que hoje no Remo, independente de quem jogue, todos o respeitam, acatam o que ele fala. Hoje o Mazola tem o grupo nas mãos, é nítido isso. É um grupo trabalhador, humilde. Hoje você não vê vaidade. É cada um buscando o seu espaço, mas de uma forma saudável. Se hoje eu estou compromissado, querendo, devo muito a chegada do Mazola. É um cara que me botou muita coisa na cabeça, para o lado positivo. Espero ajudá-lo, ajudar a equipe, para que a gente possa conseguir os nossos objetivos e fazer parte de um grupo vitorioso".

Sequência de jogos

O Remo fez neste domingo o primeiro jogo da maratona que terá pela frente. Já nesta quarta-feira, 5, a equipe encara o Tapajós pelo encerramento da primeira fase do Parazão. No próximo domingo, 9, o compromisso será no interior de Bahia, onde o Leão vai encarar a Jacuipense pela estreia da Série C do Brasileiro. Na próxima semana, a semifinal do Parazão e a segunda rodada do nacional vão continuar agitando a rotina do Leão.

Para o meia Eduardo Ramos, isso não é novidade para o elenco azulino. Ele reitera que neste momento, o profissionalismo de cada atleta deverá prevalecer para ajudar na recuperação entre as partidas.

"A gente já sabia que ia ser assim antes da estreia. É mais o lado profissional mesmo. Você se alimentar bem, dormir bem. Tenho certeza que a gente sabe a importância que os jogos tem. Temos aqui também nutricionista, fisiologia, e o Remo está muito bem organizado. O foco principal é a cabeça do atleta, o profissionalismo. É se cuidar. Tenho certeza que estamos nos cuidando muito e montando um grupo forte para quando precisar todos estarem em seu melhor e estar mantendo as vitórias".

Para poder contar com o "melhor Remo possível" na estreia da Série C, o técnico Mazola Júnior revelou ao final da partida com o Águia que pretende mudar o time para esta quarta-feira, frente ao Tapajós. Eduardo Ramos, no entanto, não quer ficar de fora desta partida. O meia entende que precisa de ritmo de jogo para a sequência de jogo. Porém, afirma que a decisão final é do técnico.

"A gente não parou para conversar sobre isso. Mas eu gostaria de jogar. Talvez não o jogo todo. Mas o ritmo de jogo é importante para mim. O contato com a bola faz bem para que eu possa chegar no ponto ideal. Eu gostaria de jogar. Agora, eu acho que o professor tem em mente de não usar alguns. Mas eu deixou para ele, respeito a opinião dele. O Mazola é um cara muito inteligente, muito preparado, e o que ele achar melhor eu vou acatar. Mas se ele colocar para mim, eu quero jogar. Quero jogar quarta e domingo", finalizou.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Camisa 10 do Manaus deixa o clube às vésperas de duelo com o Remo pela Série C
EITA!!

Camisa 10 do Manaus deixa o clube às vésperas de duelo com o Remo pela Série C

24/09/2020 15:53
Camisa 10 do Manaus deixa o clube às vésperas de duelo com o Remo pela Série C
Novo meia azulino mostra foco no desafio: 'Vou dar minha vida pelo Remo'
APRESENTAÇÃO

Novo meia azulino mostra foco no desafio: 'Vou dar minha vida pelo Remo'

24/09/2020 12:28
Novo meia azulino mostra foco no desafio: 'Vou dar minha vida pelo Remo'
Gustavo Hebling tem nome publicado no BID e reforça o Remo
MAIS UMA OPÇÃO!

Gustavo Hebling tem nome publicado no BID e reforça o Remo

24/09/2020 08:37
Gustavo Hebling tem nome publicado no BID e reforça o Remo
Remo: Concorrência do exterior pode melar vinda de atacante do Fluminense
SERÁ?

Remo: Concorrência do exterior pode melar vinda de atacante do Fluminense

23/09/2020 17:23
Remo: Concorrência do exterior pode melar vinda de atacante do Fluminense
Realizando um sonho, Dioguinho promete buscar seu 'melhor desempenho' para se firmar no Remo
A GRANDE CHANCE!

Realizando um sonho, Dioguinho promete buscar seu 'melhor desempenho' para se firmar no Remo

23/09/2020 16:53
Realizando um sonho, Dioguinho promete buscar seu 'melhor desempenho' para se firmar no Remo
Últimas Notícias