Dólar Comercial compra R$ 5,3491 venda R$ 5,3511 máxima 5,3539
Euro compra R$ 5,7849 venda R$ 5,7882 máxima 5,7903
05 Abr - 22h56
domingo, 05 de abril de 2020
Grupo Líder Gratidão
Grupo Líder Gratidão mobile
HUMILDADE

Técnico do Brusque revela admiração por Rafael Jaques e fala sobre como deve enfrentar o Remo

Goleiro Zé Carlos também falou sobre o que espera do duelo com o Leão

19 Fev 2020 - 16h04Atualizado 19 Fev 2020 - 16h46
Técnico do Brusque revela admiração por Rafael Jaques e fala sobre como deve enfrentar o Remo - Crédito: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC Crédito: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

Na véspera do duelo com o Remo pela segunda fase da Copa do Brasil, o técnico do Brusque, Jerson Testoni, concedeu entrevista coletiva no início da tarde desta quarta-feira, 19, para falar sobre a partida.

A expectativa do comandante da equipe catarinense é poder repetir o time que vem atuando no campeonato estadual. Porém, para isso acontecer, o lateral direito Gustavo Henrique precisa ser liberado pelo departamento médico do clube. “Vamos aguardar a confirmação do departamento médico ainda porque temos um jogador que está fazendo transição, uma situação que nesse último treinamento vamos avaliar a condição dele. Caso ele tenha condição de jogo, vamos iniciar com ele. Mas nesse momento ainda não está definido”, disse Jerson Testoni.

Sobre o modelo de jogo que o Brusque deve ter na partida, Jerson disse que vai manter o que vem sendo adotando em 2020. “A ideia é manter o que estamos fazendo. Uma equipe que sai um pouquinho mais, mais ofensiva, mais leve, que é a nossa ideia desde o início da temporada. Se a gente tiver a opção do Gustavo Henrique desde o início, vamos manter essa formação. A gente tem que ter sabedoria. Temos 90 minutos para fazer o resultado. Então temos que ter paciência. Primeiro temos que nos preocupar com o nosso desempenho. Fazendo o nosso jogo, as coisas acontecem naturalmente”, afirmou.

Aos 39 anos, o treinador está na sua terceira temporada a frente do Brusque. Nesta temporada, são oito jogos com seis vitórias e o título da Recopa Catarinense em cima do Avaí, vencendo por dois a zero. Ao ser perguntado sobre o técnico azulino, Rafael Jaques, Jerson Testoni elogiou o trabalho do adversário e disse tê-lo como referência de treinador. “A gente respeita o trabalho do Rafael Jaques, que realizou um excelente trabalho no São José desde as categorias de base, onde já vinha fazendo campeonatos muito fortes, chegando a decidir o Campeonato Gaúcho com o São José. Ganhou a oportunidade, foi efetivado no cargo no time profissional, e também fez um excelente trabalho na Série C. E agora está desenvolvendo um trabalho no Remo, que está no início ainda. E tanto ele, como eu, serve de referência como profissionais que estão chegando agora, recebendo oportunidades dentro do seu próprio clube”, finalizou.

Goleiro afirma ter pedido dicas a jogadores do Paysandu

Camisa 1 do Brusque, o goleiro Zé Carlos já passou pelo futebol paraense. Em 2013, ele defendeu o Paysandu em 24 jogos. E para o duelo com o Remo, Zé Carlos revelou conhecer alguns jogadores que estão no atual elenco azulino.

(Foto: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC)

“Conheço alguns jogadores como o Gelson, que jogou comigo no Concórdia, o Djalma jogou comigo no Paysandu, o Vinicius, goleiro, jogou comigo no Criciúma, o Ermel que a gente conhece aqui do Figueirense. Então é uma equipe muito qualificada. Tenho certeza que será um jogo muito difícil, mas estamos dentro dos nossos domínios, com nossa torcida. A nossa dedicação, nossa coragem, tem que ser ainda maior do que foi nos últimos jogos, para que a gente possa conseguir essa tão almejada classificação para a terceira fase”, disse Zé Carlos.

O goleiro do Brusque ainda disse sobre como espera que o Remo venha para o jogo, comparando com a maneira como o Sport, adversário da equipe na primeira fase, se comportou no gramado do estádio Augusto Bauer, local da partida desta quinta-feira, 20. “É um jogo importante para entrar na história do clube, que nunca passou para a terceira fase da Copa do Brasil. Tenho certeza que vai ser um jogo muito mais difícil, muito mais pegado, muito mais de marcação do que o jogo contra o Sport, que é uma equipe que deixa jogar um pouco. E tenho certeza que o Remo não vai vim dessa forma. Tirei informações com uns dois, três, parceiros que jogam no Paysandu. Jogaram semana passada, se não engano, pelo Campeonato Paraense, e me contaram que é uma equipe muito aguerrida”, finalizou.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Clube do Remo abre redes sociais para divulgação de pequenos empreendedores e ações sociais
SOLIDARIEDADE

Clube do Remo abre redes sociais para divulgação de pequenos empreendedores e ações sociais

23/03/2020 22:00
Clube do Remo abre redes sociais para divulgação de pequenos empreendedores e ações sociais
Remo libera elenco e marca 'reapresentação' para dia 20 de abril
SÓ EM ABRIL

Remo libera elenco e marca 'reapresentação' para dia 20 de abril

23/03/2020 18:32
Remo libera elenco e marca 'reapresentação' para dia 20 de abril
Remo coloca Baenão à disposição das autoridades para combate ao coronavírus
PORTAS ABERTAS

Remo coloca Baenão à disposição das autoridades para combate ao coronavírus

20/03/2020 12:15
Remo coloca Baenão à disposição das autoridades para combate ao coronavírus
Médico do Remo fala sobre situação de Carlos Alberto: 'Os cuidados são redobrados'
PANDEMIA DE CORONAVÍRUS

Médico do Remo fala sobre situação de Carlos Alberto: 'Os cuidados são redobrados'

18/03/2020 16:50
Médico do Remo fala sobre situação de Carlos Alberto: 'Os cuidados são redobrados'
'Sabemos que tem muita coisa para corrigir', avalia Eduardo Ramos
CONSCIENTE

'Sabemos que tem muita coisa para corrigir', avalia Eduardo Ramos

18/03/2020 15:20
'Sabemos que tem muita coisa para corrigir', avalia Eduardo Ramos
Últimas Notícias