Dólar Comercial compra R$ 5,1007 venda R$ 5,1013 máxima 5,1279
Euro compra R$ 5,6822 venda R$ 5,6849 máxima 5,7004
29 Mar - 00h51
domingo, 29 de março de 2020
Unique
Basa Suspende Parcela - mobile
SUSTENTABILIDADE

Fundação Vale apoia Cooperativa de Catadores para coleta regular de resíduos em Canaã

07 Fev 2020 - 20h25Atualizado 07 Fev 2020 - 20h58
Contrato irá favorecer proteção ao meio ambiente e incremento de renda para catadores - Contrato irá favorecer proteção ao meio ambiente e incremento de renda para catadores -

A Cooperativa de Catadores de Material Reciclado (Coolettar) e a prefeitura municipal de Canaã dos Carajás assinaram nesta sexta feira, 7/2, contrato para coleta seletiva diária de resíduos sólidos no município. Implantada em 2014, a cooperativa, que reúne ex-trabalhadores do extinto lixão da cidade tem crescido sua atuação, profissionalização das atividades e forma de gestão.  A consolidação do contrato contou também com o apoio de parceiros, entre eles, a Vale e a Fundação Vale, que tem assegurado consultoria técnica ao longo dos últimos anos para o fortalecimento do negócio social.

A presidente da Coolettar, Valeria Pereira da Silva vê a assinatura do contrato como algo que pode ser ainda maior. "Eu vejo que a gente pode fazer uma transformação não só na cidade, mas no Estado, isso pode abrir possibilidades e prática em outras cidades e pode ser um grande exemplo para todo o Pará, que as pessoas abracem a ideia e os catadores que matam um leão por um dia poderão ter mais qualidade de vida", diz Valeria emocionada e entusiasmada. Hoje, a Cooletar já retira do meio ambiente e dá destinação correta para cerca de 50 toneladas de resíduos por mês em Canaã.

Para o prefeito Jeová Andrade, o município avança muito com o fortalecimento da cooperativa. "Esse contrato é a formalização do apoio a essa classe tão trabalhadora. Toneladas de lixo são reaproveitadas todos os dias, o que é muito importante para toda a sociedade. O trabalho é grandioso. Esperamos que todos tenham muito sucesso."

Além do benefício ambiental com a formalização da coleta seletiva no município, o contrato promoverá a geração de  trabalho e renda aos cooperados. Ao longo do ano de vigência do contrato, a Cooperativa receberá pela prestação dos serviços, um aporte financeiro mensal de R$ 35 mil.

Por meio do apoio da Vale, a Cooletar foi um dos empreendimentos sociais beneficiados pelo programa AGIR S11D, iniciativa da Fundação Vale que visa o apoio na gestão, produção, comercialização e governança de empreendimentos sociais. A Cooperativa contou com assessoria técnica para o desenvolvimento e elaboração do plano de negócios, recursos para aquisição de equipamentos e a doação de veículo de transporte de carga, além da consultoria especializada para a formação do contrato assinado hoje com a prefeitura. A cooperativa cresceu, passou de dez para quatorze empreendedores, e a renda mensal dos cooperados aumentou em cerca de 540%, para atuais R$ 950,00 por empreendedor.

"Temos acompanhado o engajamento e evolução dos empreendedores da Coolettar e de seus cooperados ao longo destes últimos anos. Esse contrato é um passo de extrema importância para a alavancagem do negócio, bem como para efeitos multiplicadores, que promovam o desenvolvimento de Canaã como cidade sustentável", destacou o gerente de negócios sociais da Fundação Vale, Marcus Finco.
 
O resultado é fruto também das parcerias com demais órgãos, moradores e empresas que hoje fazem a segregação do lixo para coleta dos resíduos pela Coolettar. Mas a consolidação do município como referência em coleta seletiva irá depender também da adesão da população. Atualmente, a Cooletar já faz ronda periódica em bairros da cidade. Abaixo confira dicas para realizar a coleta seletiva.

Veja quais materiais você pode segregar para fazer a destinação correta:

- Papel, papelão, livros paradidáticos com ou sem espiral, revistas, jornal, entre outros;
- Sacolas plásticas, garrafas PET, embalagens de detergente, amaciante, desinfetante, água sanitária, shampoo, condicionador ou álcool em gel (não precisa lavar);
- Mangueiras, balde, bacias, galões de água mineral;
- Pacotes de salgadinhos, saquinhos de açúcar, feijão, arroz, entre outros;
- Isopor que protege móveis ou eletrodomésticos ou isopor de embalagem sem adesivos; e
- Embalagens longa vida de leite e suco, vidros, latas e latinhas

Fonte: Ascom/Vale

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vale anuncia pacote de ajuda temporária para fornecedores
ANTECIPAÇÃO

Vale anuncia pacote de ajuda temporária para fornecedores

24/03/2020 21:24
Vale anuncia pacote de ajuda temporária para fornecedores
Vale traz ao Brasil cinco milhões de kits de testes em ajuda humanitária no combate ao novo coronavírus
PANDEMIA

Vale traz ao Brasil cinco milhões de kits de testes em ajuda humanitária no combate ao novo coronavírus

22/03/2020 21:40
Vale traz ao Brasil cinco milhões de kits de testes em ajuda humanitária no combate ao novo coronavírus
Estácio concede até 70% de desconto para calouros
NOVOS ALUNOS

Estácio concede até 70% de desconto para calouros

06/03/2020 17:29
Estácio concede até 70% de desconto para calouros
Com um milhão de acessos em quatro dias, presidente do Grupo Roma agradece audiência do Portal Roma News
CRESCIMENTO

Com um milhão de acessos em quatro dias, presidente do Grupo Roma agradece audiência do Portal Roma News

04/03/2020 20:40
Com um milhão de acessos em quatro dias, presidente do Grupo Roma agradece audiência do Portal Roma News
Vale e Prefeitura de Marabá celebram convênio de R$ 3 milhões para educação e preservação da cultura
INFORME

Vale e Prefeitura de Marabá celebram convênio de R$ 3 milhões para educação e preservação da cultura

02/03/2020 17:46
Vale e Prefeitura de Marabá celebram convênio de R$ 3 milhões para educação e preservação da cultura
Últimas Notícias