Dólar Americano/Real Brasileiro compra R$ 5,501 venda R$ 5,5015 máxima 5,5215
Euro/Real Brasileiro compra R$ 6,2007 venda R$ 6,2046 máxima 6,2244
25 Jan - 11h06
terça, 25 de janeiro de 2022
LIDER - MELHOR INFORMATICA - DESK - 07, 16 E 25/01
LIDER - MELHOR INFORMATICA - MOB - 07, 16 E 25/01
BANCO DA AMAZÔNIA

Indústria busca capital de giro para se manter firme em meio à pandemia

30 Dez 2021 - 11h47Atualizado 30 Dez 2021 - 12h45
Capital de giro ajuda os empresários a sair da crise gerada pela pandemia - Crédito: Bruno CecimCapital de giro ajuda os empresários a sair da crise gerada pela pandemia - Crédito: Bruno Cecim

Que a pandemia do novo coronavírus se tornou muito além de uma crise sanitária, ninguém tem dúvida.  Pelo contrário, segmentos das áreas econômicas, educativas e industriais também foram atingidos pela recessão, acompanhada de dias incertos nos setores produtivos. Para ajudar micro, pequenas e médias empresas a enfrentarem as restrições, muitos empresários lançaram mão do chamado Capital de Giro.

Fachada da indústria localizada em São Francisco do Pará / Créditos: Patrícia Lima

O dinheiro representa aquele montante que mantém a empresa em pleno funcionamento. Na prática, seja o estabelecimento votado à indústria, comércio, serviço ou setores não rurais, ele terá capacidade de arcar com custos operacionais. Presente em todos os estados da Região Norte, além do Mato Grosso e Maranhão, o Banco da Amazônia (Basa) é uma das instituições financeiras que oferece aos empreendedores este recurso para melhorar o fluxo de caixa, aumentar o estoque, e adquirir insumos, matéria prima, mercadorias, entre outras necessidades às atividades do dia a dia.

Na cartela de soluções do Basa, o Capital de Giro é uma linha de crédito que oferece ao empresário, entre outros benefícios, baixa taxa de juros, por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) e até cinco meses para começar a pagar.

Sala de Produção foi renovada com apoio do capital de giro l Créditos: Patrícia Lima

Além disso, como explica o superintendente regional do Basa no Pará e Amapá, Edmar Bernaldino, "o recurso pode ser usado em qualquer época. Não existe um vínculo de ser no final ou no início do ano. Estando com limite aprovado e disponível, ele (o empresário) pode tomar esse recurso a qualquer tempo para atender a sua necessidade”.

Entretanto, o gestor do Banco salienta: “é claro que algumas atividades, mais sazonais, concentram uma necessidade maior em determinados períodos do que em outros. É importante também que esse cliente, sabendo que tem um período mais crítico e precisa ter um volume muito maior de recursos para poder tocar suas atividades, já esteja antecipando esse movimento”.

Recurso aquece o mercado da polpa do açaí

Roberto Douglas Mota conhece bem essa realidade voltada aos benefícios do capital de giro. Proprietário de uma indústria de polpa de açaí em São Francisco do Pará, no nordeste do estado, ele recorreu ao recurso para ampliar os negócios que tiveram início em 2013.

Durante os seis primeiros anos de operac?a?o, Roberto dedicou-se exclusivamente à produc?a?o de ac?ai? puro e à comercializac?a?o do produto somente no mercado interno. Com o dinheiro em mãos foi possível realizar o investimento na compra de frutos, insumos, máquinas e equipamentos e, ampliar de vez o negócio. Em 2019, foi iniciada a produc?a?o de mix sorbet, um tipo de sorvete à base de água, açúcar e da própria polpa do açaí.

 Esteiras auxiliam na produção e distribuição da polpa do açaí l Créditos: Patrícia Lima

"Antes do apoio do Banco, estávamos apenas com projetos em papel na parte de produção dos derivados do açaí com objetivo de elaborar novos produtos. O Banco nos permitiu a expansão da empresa, a ampliação no nosso laboratório com mais espaço, sala própria para produção de mix e cremes. Oportunidade que o capital de giro nos permitiu, gerando mais empregos na nossa região", explica Mota, cliente da agência do Basa em Castanhal.

O capital de giro também ajuda a empresa nos períodos que vão entre o fim da colheita até o início do novo plantio dos frutos. "Adquirimos uma Produtora, equipamento para produção dos mix e cremes. Logo permitiu aumento de vendas e fazer com que a fábrica continue na sua produção no período da entressafra", afirma.

São João Indústria e Comércio de Polpas exporta produtos para o Pará e outros sete estados l Créditos: Patrícia Lima

Além do Pará, os principais destinos do negócio administrado por Roberto sa?o os estados do Ceará, Sa?o Paulo, Pernambuco, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás e Sergipe. Com dinheiro no caixa, o administrador da São João Indústria e Comércio de Polpas comemora os bons resultados, de olho nas perspectivas futuras. "Com toda certeza tivemos um bom resultado, benéfico. Com boa compra de fruto conseguimos aumentar nossa capacidade produtiva no período da safra. A empresa está apta a produzir 65 mil toneladas de polpas de açaí por dia", afirma.

 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98547-6589ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Feiras livres e mercados sintetizam cultura alimentar e gastronomia popular de Belém
PUBLIEDITORIAL

Feiras livres e mercados sintetizam cultura alimentar e gastronomia popular de Belém

17/01/2022 11:00
Feiras livres e mercados sintetizam cultura alimentar e gastronomia popular de Belém
Grupo Lotus lança novo serviço
RECEITA GARANTIDA LOTUS

Grupo Lotus lança novo serviço

05/01/2022 16:22
Grupo Lotus lança novo serviço
Em 2022 você pode transformar a sua vida através do sorriso
IMPORTÂNCIA DO SORRISO

Em 2022 você pode transformar a sua vida através do sorriso

03/01/2022 17:38
Em 2022 você pode transformar a sua vida através do sorriso
Autoridade na questão agrária e fundiária Paraguassú Éleres é o novo integrante do Fonseca Brasil Advogados
NOVIDADES

Autoridade na questão agrária e fundiária Paraguassú Éleres é o novo integrante do Fonseca Brasil Advogados

31/12/2021 18:42
Autoridade na questão agrária e fundiária Paraguassú Éleres é o novo integrante do Fonseca Brasil Advogados
Instituto Cultural Vale lança novo episódio de série que fala sobre reconstrução de espaços culturais; veja
CULTURA

Instituto Cultural Vale lança novo episódio de série que fala sobre reconstrução de espaços culturais; veja

30/12/2021 17:45
Instituto Cultural Vale lança novo episódio de série que fala sobre reconstrução de espaços culturais; veja
Últimas Notícias