Dólar Americano/Real Brasileiro compra R$ 4,9137 venda R$ 4,9157 máxima 4,9147
Euro/Real Brasileiro compra R$ 5,866 venda R$ 5,8689 máxima 5,8731
25 Jun - 04h29
sexta, 25 de junho de 2021
DO IT - GERVASIO - SUP BANNER - 25.05 A 25.06 prorrog até 15.07
VALE 9532 - 500MIL HECT RECUP - Rec B - 11 à 26/06
COVID-19

Anvisa autoriza testes da ButanVac em humanos

09 Jun 2021 - 19h23Atualizado 09 Jun 2021 - 19h33
Anvisa autoriza testes da ButanVac em humanos - Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu a autorização para que a pesquisa clínica da vacina contra o coronavírus ButanVac, do Instituto Butantan, seja realizada em humanos. A permissão foi concedida nesta quarta-feira, 9.

"Esta será a primeira vez que a ButanVac será aplicada em humanos e por isso serão conduzidas as fases clínicas 1 e 2. Para a autorização do estudo clínico a Anvisa e Butantan realizaram ao longo dos últimos dois meses uma intensa troca de informações e de reuniões com objetivo de que todos aspectos do estudo estivessem claros e com garantias de segurança aos voluntários", informou a Anvisa.

Como serão os estudos

Segundo a Anvisa, os testes de fase 1 e 2 estarão divididos em três etapas. "Neste momento, está autorizada a etapa A do estudo que vai envolver 400 voluntários. Ao todo, a fase clínica 1 e 2 tem previsão de 6 mil voluntários com 18 anos ou mais", explicou a Agência.

A Anvisa explicou ainda que a vacina será aplicada em duas doses durante um intervalo de 28 dias entre a primeira e a segunda dose do imunizante. O estudo será realizado no Hospital das Clínicas (FMUSP) e no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Testes em animais e produção

A ButanVac é a primeira vacina contra a covid-19 produzida no Brasil e não necessita da importação de matéria-prima. O imunizante já foi testado em animais e estava aguardando a autorização para a realização dos testes em humanos.

Espera-se que um total de 18 milhões de doses estejam prontas ainda neste mês, e mais 40 milhões até o fim do ano.

Como é feita a ButanVac 

De acordo com o Butantan, os insumos básicos da vacina são ovos de galinha, frascos e embalagens, os mesmos que são utilizados para fazer a vacina da gripe. Acredita-se que cada ovo tenha o material necessário para produzir duas doses de vacina.

Ainda de acordo com o Butantan, em cada ovo é introduzida uma pequena quantidade do vírus da "doença de Newcastle", que é um mal aviário inofensivo para humanos. Esse vírus foi geneticamente modificado para receber a estrutura do coronavírus o que irá consequentemente estimular a produção de anticorpos contra a doença no organismo humano.

Em teses, esta técnica, irá permitir a produção de vacinas ainda mais eficazes contra as novas variantes do coronavírus..

 

Com informações do G1

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

BC adia para setembro de 2022 funcionamento completo do open banking
ECONOMIA

BC adia para setembro de 2022 funcionamento completo do open banking

24/06/2021 23:59
BC adia para setembro de 2022 funcionamento completo do open banking
Vídeo: polícia prende dois suspeitos de ajudar Lázaro Barbosa a fugir
SERIAL KILLER

Vídeo: polícia prende dois suspeitos de ajudar Lázaro Barbosa a fugir

24/06/2021 22:06
Vídeo: polícia prende dois suspeitos de ajudar Lázaro Barbosa a fugir
Polícia bloqueia estrada e coloca mais cães farejadores à procura de Lázaro
SERIAL KILLER

Polícia bloqueia estrada e coloca mais cães farejadores à procura de Lázaro

24/06/2021 20:54
Polícia bloqueia estrada e coloca mais cães farejadores à procura de Lázaro
Brasil tem 18,2 milhões de casos acumulados de covid-19
SAÚDE

Brasil tem 18,2 milhões de casos acumulados de covid-19

24/06/2021 20:25
Brasil tem 18,2 milhões de casos acumulados de covid-19
CMN fixa em 3% a meta de inflação para 2024
ECONOMIA

CMN fixa em 3% a meta de inflação para 2024

24/06/2021 20:00
CMN fixa em 3% a meta de inflação para 2024
Últimas Notícias