Euro compra R$ 4,2983 venda R$ 4,3013 máxima 4,3326
Dólar Comercial compra R$ 3,7112 venda R$ 3,7135 máxima 3,7196
16 Out - 14h05
terça, 16 de outubro de 2018
Maxima
Maxima
INTOLERÂNCIA POLÍTICA

Assassino confessa que matou capoeirista por ele ser contra Bolsonaro

09 Out 2018 - 11h07Por Da Redação
Assassino confessa que matou capoeirista por ele ser contra Bolsonaro - Crédito: Alberto Maraux / SSP Crédito: Alberto Maraux / SSP

O barbeiro, Paulo Sérgio Ferreira de Santana, de 36 anos, confessou ser o autor das 12 facadas que mataram o mestre de capoeira e ativista cultural negro Romualdo Rosário da Costa, 63, conhecido como Moa do Katendê. Paulo admitiu que uma discussão política foi a motivação do crime. 

De acordo com depoimentos, Paulo Sérgio começou uma discussão com o dono de um bar, na Av. Vasco da Gama próximo ao Dique do Tororó, em Salvador. Paulo que votou e defendeu o candidato do PSL Jair Bolsonaro à Presidência, fez críticas ao dono do bar por ele ser apoiador de Fernando Haddad (PT). 

Moa teria entrado na discussão em defesa do dono do bar que era seu irmão. O mestre de capoeira, também defendia o petista nas eleições, e fez críticas a Bolsonaro.

Paulo Sérgio afirmou à polícia que estava alterado e foi xingado pelo mestre de capoeira. Após a discussão, ele foi em casa e voltou com uma peixeira, que usaria para golpear a vítima.
 
No depoimento, Paulo Sérgio confessou ter atingido as costas e o pescoço do capoeirista. Minutos depois, ao falar com a imprensa, ele se contradisse ao afirmar que a discussão teve a ver com uma divergência sobre futebol e não com política.
 

Testemunhas afirmaram, em depoimento, que paulo chegou ao bar declarando voto no capitão da reserva e disse que "o Brasil precisa se livrar do PT".  

O barbeiro, que foi preso em casa quando se preparava para fugir, vai ser indiciado por homicídio e tentativa de homicídio, poís um primo da vitíma também foi ferido por Paulo no momento da confusão.

O assassino confesso já tinha outras duas passagens pela polícia, segundo a SSP. Em 2009, ameaçou uma criança de 14 anos com uma tesoura após ser abordado pelo garoto, que pedia esmola. Em 2014, ele se envolveu em uma briga de rua.

 

 

Com informações de Terra.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mulher é condenada por fingir ser vítima de atentados em Paris
NA FRANÇA

Mulher é condenada por fingir ser vítima de atentados em Paris

16/10/2018 12:28
Mulher é condenada por fingir ser vítima de atentados em Paris
Hospital afasta equipe investigada por aplicar leite na veia de bebê
IRRESPONSABILIDADE

Hospital afasta equipe investigada por aplicar leite na veia de bebê

16/10/2018 12:08
Hospital afasta equipe investigada por aplicar leite na veia de bebê
Verba para ciência em 2019 deve sofrer com "falso crescimento"
PREOCUPAÇÃO

Verba para ciência em 2019 deve sofrer com "falso crescimento"

16/10/2018 12:00
Verba para ciência em 2019 deve sofrer com "falso crescimento"
Modelos negras são comparadas a escravas em rede social
ABSURDO

Modelos negras são comparadas a escravas em rede social

há 4 horas atrás
Modelos negras são comparadas a escravas em rede social
Filhos de jornalista exigem investigação sobre seu desaparecimento
COMOÇÃO

Filhos de jornalista exigem investigação sobre seu desaparecimento

16/10/2018 08:30
Filhos de jornalista exigem investigação sobre seu desaparecimento
Últimas Notícias