Dólar Comercial compra R$ 3,7329 venda R$ 3,7334 máxima 3,7490
Euro compra R$ 4,1864 venda R$ 4,1885 máxima 4,2058
22 Jul - 15h25
segunda, 22 de julho de 2019
Inscrições até sexta Aslan
Inscrições até sexta mobile
LIMEIRA

Bispo investigado por extorsão, enriquecimento e abusos pede renúncia de cargo

17 Mai 2019 - 12h09Atualizado 17 Mai 2019 - 12h29
Bispo investigado por extorsão, enriquecimento e abusos pede renúncia de cargo - Crédito: Reprodução/EPTV Crédito: Reprodução/EPTV

O Vaticano anunciou a renuncia do bispo da Diocese de Limeira (SP), dom Vilson Dias de Oliveira, nesta sexta-feira (17). Dom Vilson é investigado por acobertamento de abusos sexuais e envolvimento e crime de extorsão e enriquecimento ilícito.

Em carta de despedida, o bispo reconheceu suas "limitações", apontando que "nesses últimos meses enfrentamos todo tipo de cruzes, por meio de ataques à nossa Igreja Particular de Limeira, a mim e a vários presbíteros".

"Hoje me despeço de vocês como Bispo Diocesano e peço minha renúncia por amor à Igreja de Cristo e pelo bem desta Diocese", escreveu. O pedido de renúncia de dom Vilson foi aceito pelo Papa Francisco.

 

O Vaticano anunciou que dom Orlando Brandes, arcebispo de Aparecida, será o administrador apostólico "sede vacante" da diocese.

Dois inquéritos policiais investigam dom Vilson, um na Delegacia Seccional de Piracicaba (SP) e outro na seccional de Limeira.

 

Em uma denúncia de extorsão, em 2015, o bispo dom Vilson teria pedido R$ 4 mil a um padre de uma paróquia em Artur Nogueira (SP). O padre disse, em depoimento, que o dinheiro era para construir um poço artesiano na casa de praia de dom Vilson, em Itanhaém (SP), na baixada santista.

Dom Vilson entregou documentos para o inquérito da polícia que confirmam que ele comprou dois imóveis no litoral sul de São Paulo nos últimos quatro anos no valor de mais de R$ 1 milhão. O religioso afirmou que que o dinheiro da compra era da família dele e de seus serviços na arquidiocese.

Já o segundo inquérito, da Seccional de Piracicaba, também segue em andamento e teve o prazo prorrogado por mais 30 dias. Nesta apuração, dom Vilson também é investigado por acobertar os supostos abusos do padre Pedro Leandro Ricardo, de Americana.

 

 

 

Com informações de G1 Piracicaba

 

 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

PM e professor são presos suspeitos de estuprarem irmãs em Manaus
CRIME

PM e professor são presos suspeitos de estuprarem irmãs em Manaus

há 5 minutos atrás
PM e professor são presos suspeitos de estuprarem irmãs em Manaus
Nova tabela de frete rodoviário será suspensa após pressão de caminhoneiros
VOLTOU ATRÁS

Nova tabela de frete rodoviário será suspensa após pressão de caminhoneiros

há 9 minutos atrás
Nova tabela de frete rodoviário será suspensa após pressão de caminhoneiros
Turistas são hospitalizados após nadarem em falso balneário conhecido como 'Chernobyl da Galícia'
ALERTA!

Turistas são hospitalizados após nadarem em falso balneário conhecido como 'Chernobyl da Galícia'

22/07/2019 14:01
Turistas são hospitalizados após nadarem em falso balneário conhecido como 'Chernobyl da Galícia'
Marinha proíbe uso de celular em suas instalações
SEGURANÇA

Marinha proíbe uso de celular em suas instalações

22/07/2019 13:19
Marinha proíbe uso de celular em suas instalações
Antioxidante presente no vinho tinto pode ajudar a fortalecer exploradores de Marte
ESTUDO DA NASA

Antioxidante presente no vinho tinto pode ajudar a fortalecer exploradores de Marte

22/07/2019 12:10
Antioxidante presente no vinho tinto pode ajudar a fortalecer exploradores de Marte
Últimas Notícias