Dólar Comercial compra R$ 5,4378 venda R$ 5,4391 máxima 5,4386
Euro compra R$ 6,4157 venda R$ 6,4168 máxima 6,4173
09 Ago - 23h57
domingo, 09 de agosto de 2020
PMB ICOAR E OUT 27.7
PMB ICOAR E OUT - MOB 27.7
ECONOMIA

BNDES contrata R$ 3,3 bilhões em créditos para empresas

31 Jul 2020 - 13h36Atualizado 31 Jul 2020 - 13h38
BNDES contrata R$ 3,3 bilhões em créditos para empresas -

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) contratou R$ 3,3 bilhões em créditos para 2.374 pequenas e médias empresas – 80% do valor foi garantido pelo Programa Emergencial de Acesso ao Crédito (PEAC), cuja medida provisória foi aprovada pelo Congresso Nacional, na quarta-feira, 29. Agora, o projeto de lei de conversão aprovado no Senado, baseado na medida provisória, segue para sanção presidencial.

A estimativa do BNDES é que o crédito garantido permita a manutenção de cerca de 193 mil postos de trabalho. A intenção com o programa é destravar o crédito para essas empresas com a concessão de garantias e reduzir os impactos econômicos da pandemia da covid-19.

De acordo com a instituição, o PEAC começou a ser operacionalizado em 30 de junho e já tem 28 agentes financeiros habilitados para oferecerem empréstimos. “Cabe a esses agentes financeiros a decisão final de utilizar a garantia do programa e aprovar ou não o pedido de crédito, no momento em que estruturarem cada uma de suas operações”, informou o BNDES.

O texto original da MP permitiu que o Ministério da Economia, por meio da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (SEPEC), aportasse, inicialmente, R$ 5 bilhões do Tesouro Nacional. “O aporte permite a alavancagem dos recursos em até cinco vezes, podendo o valor total dos créditos chegar a R$ 25 bilhões. Ao todo, o Tesouro poderá colocar até R$ 20 bilhões no programa, de acordo com a demanda”, indicou.

No PEAC, pequenas e médias empresas (PMEs) que faturaram entre R$ 360 mil e R$ 300 milhões em 2019, poderão ter garantias em operações de crédito concedidas até 31 de dezembro de 2020. As empresas que utilizarem essa garantia do fundo podem tomar empréstimos de R$ 5 mil até R$ 10 milhões cada, por agente financeiro. “O prazo de carência das operações deve ser de no mínimo 6 e no máximo 12 meses, e o total para pagamento do empréstimo deve ficar entre 12 e 60 meses”, revelou o banco.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Estado do Rio registra quase 179 mil casos de covid-19
SAÚDE

Estado do Rio registra quase 179 mil casos de covid-19

09/08/2020 22:00
Estado do Rio registra quase 179 mil casos de covid-19
Polícia entra em confronto com manifestantes em Beirute
INTERNACIONAL

Polícia entra em confronto com manifestantes em Beirute

09/08/2020 20:30
Polícia entra em confronto com manifestantes em Beirute
Publicitário Enio Mainardi morre de covid-19, em São Paulo
PANDEMIA

Publicitário Enio Mainardi morre de covid-19, em São Paulo

09/08/2020 16:17
Publicitário Enio Mainardi morre de covid-19, em São Paulo
Vira-lata que carrega compras da dona faz sucesso nas redes sociais
FOFURA

Vira-lata que carrega compras da dona faz sucesso nas redes sociais

09/08/2020 15:51
Vira-lata que carrega compras da dona faz sucesso nas redes sociais
Michel Temer aceita chefiar missão brasileira de ajuda humanitária ao Líbano e se diz 'honrado'
SOLIDARIEDADE

Michel Temer aceita chefiar missão brasileira de ajuda humanitária ao Líbano e se diz 'honrado'

09/08/2020 15:36
Michel Temer aceita chefiar missão brasileira de ajuda humanitária ao Líbano e se diz 'honrado'
Últimas Notícias