Dólar Comercial compra R$ 5,3315 venda R$ 5,334 máxima 5,3327
Euro compra R$ 6,3066 venda R$ 6,3112 máxima 6,3372
07 Ago - 01h11
sexta, 07 de agosto de 2020
PMB ICOAR E OUT 27.7
PMB ICOAR E OUT - MOB 27.7
ELE FICA

Bolsonaro afirma que se a situação do seu chefe de comunicação for ilegal, 'a gente vê lá na frente'

16 Jan 2020 - 11h05Atualizado 16 Jan 2020 - 11h08
Bolsonaro afirma que se a situação do seu chefe de comunicação for ilegal, 'a gente vê lá na frente' - Crédito: Agência Brasil Crédito: Agência Brasil

Fabio Wajngarten, chefe da Secretaria Especial da Comunicação Social (Secom) da Presidência de República, continua no cargo. A afirmação foi do presidente Jair Bolsonaro. Nesta quinta-feira, 16, Bolsonaro disse que “está tudo legal com Fabio”, afirmou o presidente, ao sair do Palácio da Alvorada.

Disse ainda que qualquer ilegalidade, só se for vista “La na frente”. “Se foi ilegal, a gente vê lá na frente, mas pelo que eu vi, até agora, tá tudo legal com o Fabio. Vai continuar. É excelente profissional. Se fosse um porcaria, como têm muitos por aí, ninguém tava falando”, disse Bolsonaro.

Uma reportagem do jornal “Folha de São Paulo” publicada na última quarta-feira, 15, revelou a existência de conflito de interesse envolvendo o assessor. Ele comanda o órgão que define gastos publicitárias do governo e, ao mesmo tempo, mantém-se como sócio principal de uma empresa que recebe de emissoras e agências de publicidade beneficiadas pela Secom.

Segundo a “Folha”, Wajngarten permanece como sócio da FW Comunicação e Marketing. Ele tem agências e TV’s como clientes, entre eles a Band e a Record, que também recebem do governo, e cuja participação na verba publicitária da Secom vem crescendo nos últimos anos.

Para o jornal, a prática implica conflito de interesses e pode configurar improbidade administrativa, já que a lei “proíbe integrantes da cúpula do governo de manter negócios com pessoas físicas ou jurídicas que possam ser afetadas por suas decisões”.

Na última quarta-feira, Wajngarten fez um pronunciamento à imprensa. Na fala, ele contou sua história como empresário do ramo de medição de audiência e se recusou a responder às perguntas dos repórteres.

Tom de retaliação - Ele afirmou que a matéria da "Folha" não foi justa, equilibrada nem imparcial. “A matéria tem nome e sobrenome. E, se determinados grupos de comunicação ou institutos de pesquisa tinham em mim a tentativa de construção de uma ponte de diálogo, essa ponte foi explodida agora”, disse, em claro tom retaliador à reportagem.

 

Fonte: Valor Econômica

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dólar fecha no maior valor em 20 dias após queda nos juros
ECONOMIA

Dólar fecha no maior valor em 20 dias após queda nos juros

06/08/2020 21:00
Dólar fecha no maior valor em 20 dias após queda nos juros
PIB do agronegócio cresce 4,62% nos primeiros cinco meses de 2020
JANEIRO A MAIO

PIB do agronegócio cresce 4,62% nos primeiros cinco meses de 2020

06/08/2020 18:51
PIB do agronegócio cresce 4,62% nos primeiros cinco meses de 2020
Vídeo: Mulher estava em trabalho de parto quando explosão atingiu hospital em Beirute
DESESPERO

Vídeo: Mulher estava em trabalho de parto quando explosão atingiu hospital em Beirute

06/08/2020 16:15
Vídeo: Mulher estava em trabalho de parto quando explosão atingiu hospital em Beirute
Menino de 11 anos morre ao tentar tirar foto com ursos na Rússia
TRAGÉDIA

Menino de 11 anos morre ao tentar tirar foto com ursos na Rússia

06/08/2020 15:01
Menino de 11 anos morre ao tentar tirar foto com ursos na Rússia
Doria afasta secretário de Transporte após prisão e novo nome deve sair ainda hoje
DESDOBRAMENTO LAVA JATO

Doria afasta secretário de Transporte após prisão e novo nome deve sair ainda hoje

06/08/2020 15:00
Doria afasta secretário de Transporte após prisão e novo nome deve sair ainda hoje
Últimas Notícias