Dólar Comercial compra R$ 4,1814 venda R$ 4,1819 máxima 4,1913
Euro compra R$ 4,6092 venda R$ 4,6114 máxima 4,6209
26 Jan - 15h23
domingo, 26 de janeiro de 2020
Unique
Unique_mobile
ELE FICA

Bolsonaro afirma que se a situação do seu chefe de comunicação for ilegal, 'a gente vê lá na frente'

16 Jan 2020 - 11h05Atualizado 16 Jan 2020 - 11h08
Bolsonaro afirma que se a situação do seu chefe de comunicação for ilegal, 'a gente vê lá na frente' - Crédito: Agência Brasil Crédito: Agência Brasil

Fabio Wajngarten, chefe da Secretaria Especial da Comunicação Social (Secom) da Presidência de República, continua no cargo. A afirmação foi do presidente Jair Bolsonaro. Nesta quinta-feira, 16, Bolsonaro disse que “está tudo legal com Fabio”, afirmou o presidente, ao sair do Palácio da Alvorada.

Disse ainda que qualquer ilegalidade, só se for vista “La na frente”. “Se foi ilegal, a gente vê lá na frente, mas pelo que eu vi, até agora, tá tudo legal com o Fabio. Vai continuar. É excelente profissional. Se fosse um porcaria, como têm muitos por aí, ninguém tava falando”, disse Bolsonaro.

Uma reportagem do jornal “Folha de São Paulo” publicada na última quarta-feira, 15, revelou a existência de conflito de interesse envolvendo o assessor. Ele comanda o órgão que define gastos publicitárias do governo e, ao mesmo tempo, mantém-se como sócio principal de uma empresa que recebe de emissoras e agências de publicidade beneficiadas pela Secom.

Segundo a “Folha”, Wajngarten permanece como sócio da FW Comunicação e Marketing. Ele tem agências e TV’s como clientes, entre eles a Band e a Record, que também recebem do governo, e cuja participação na verba publicitária da Secom vem crescendo nos últimos anos.

Para o jornal, a prática implica conflito de interesses e pode configurar improbidade administrativa, já que a lei “proíbe integrantes da cúpula do governo de manter negócios com pessoas físicas ou jurídicas que possam ser afetadas por suas decisões”.

Na última quarta-feira, Wajngarten fez um pronunciamento à imprensa. Na fala, ele contou sua história como empresário do ramo de medição de audiência e se recusou a responder às perguntas dos repórteres.

Tom de retaliação - Ele afirmou que a matéria da "Folha" não foi justa, equilibrada nem imparcial. “A matéria tem nome e sobrenome. E, se determinados grupos de comunicação ou institutos de pesquisa tinham em mim a tentativa de construção de uma ponte de diálogo, essa ponte foi explodida agora”, disse, em claro tom retaliador à reportagem.

 

Fonte: Valor Econômica

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Família de brasileiros tem suspeita de estar com coronavírus
INFECTADOS

Família de brasileiros tem suspeita de estar com coronavírus

26/01/2020 13:54
Família de brasileiros tem suspeita de estar com coronavírus
Brasil e Índia fecham parceria para fomento da produção animal
COOPERAÇÃO

Brasil e Índia fecham parceria para fomento da produção animal

26/01/2020 11:21
Brasil e Índia fecham parceria para fomento da produção animal
Canadá registra o primeiro caso de coronavírus confirmado por laboratório
AVANÇO

Canadá registra o primeiro caso de coronavírus confirmado por laboratório

26/01/2020 11:18
Canadá registra o primeiro caso de coronavírus confirmado por laboratório
Inscrições para o Sisu encerram hoje
ÚLTIMO DIA

Inscrições para o Sisu encerram hoje

26/01/2020 09:29
Inscrições para o Sisu encerram hoje
China reconhece que a transmissão do coronavírus está se fortalecendo
ALERTA MÁXIMO

China reconhece que a transmissão do coronavírus está se fortalecendo

26/01/2020 08:51
China reconhece que a transmissão do coronavírus está se fortalecendo
Últimas Notícias