Dólar Comercial compra R$ 5,3438 venda R$ 5,3444 máxima 5,3789
Euro compra R$ 6,4029 venda R$ 6,4058 máxima 6,4051
30 Nov - 07h41
segunda, 30 de novembro de 2020
VALE - PROTETORES DA FLORESTA - DESK - 24.11 a 24.12
VALE - PROTETORES DA FLORESTA - MOB - 24.11 a 24.12
APAGÃO

Bolsonaro anuncia no Amapá pagamento de energia retroativo a 30 dias

Presidente visitou o estado para acompanhar a situação

21 Nov 2020 - 19h30Atualizado 21 Nov 2020 - 19h34
Bolsonaro anuncia no Amapá pagamento de energia retroativo a 30 dias - Crédito: © Divulgação/Ministério de Minas e Energia Crédito: © Divulgação/Ministério de Minas e Energia

Em visita ao estado do Amapá a convite do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, o presidente Jair Bolsonaro disse hoje, 21, durante inspeção de usinas termelétricas, que já consultou todos os órgãos responsáveis e que está prestes a assinar uma medida provisória para isentar o estado do pagamento de energia retroativo a 30 dias. 

O presidente fez a afirmação durante entrevista coletiva transmitida pela TV Brasil. “Já ouvimos todos os órgãos responsáveis. Estamos na iminência de assinar uma medida provisória para garantir regras compensatórias a todos os prejudicados com a falta de energia. Estamos prontos para atender o estado do Amapá.”

O presidente afirmou ainda que há discussões com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, sobre outras medidas emergenciais para contornar a crise de energia no estado. O Ministério das Comunicações divulgou ontem, 21, uma lista de órgãos e de ações coordenadas pelo governo federal para a retomada do abastecimento elétrico na região. O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, também está no Amapá e acompanha os trabalhos.

“Mesmo não sendo uma atribuição federal, nós mergulhamos - em especial pelo pedido do presidente do Senado, Davi Alcolumbre. Podemos dizer que estamos nos aproximando dos 100% [de suprimento de energia elétrica]. Brevemente chegaremos à plena suficiência”, afirmou Bolsonaro.

Além da medida provisória,o Amapá deverá decretar estado de calamidade pública, o que viabiliza verbas federais para antecipação de pagamentos de seguro desemprego, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e demais verbas previdenciárias para a população.

Fonte: Agência Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Funcionária de IML que denunciou casos de necrofilia no RS é ameaçada de morte
ATERRORIZANTE

Funcionária de IML que denunciou casos de necrofilia no RS é ameaçada de morte

há 47 minutos atrás
Funcionária de IML que denunciou casos de necrofilia no RS é ameaçada de morte
Ministério da Justiça contabiliza 361 ocorrências no segundo turno
ELEIÇÕES 2020

Ministério da Justiça contabiliza 361 ocorrências no segundo turno

29/11/2020 20:30
Ministério da Justiça contabiliza 361 ocorrências no segundo turno
Alagamento em colégio eleitoral interrompe votação em Manaus
FORTE CHUVA

Alagamento em colégio eleitoral interrompe votação em Manaus

29/11/2020 16:46
Alagamento em colégio eleitoral interrompe votação em Manaus
Reino Unido começa a vacinar contra a covid-19 nos próximos dias
CORONAVÍRUS

Reino Unido começa a vacinar contra a covid-19 nos próximos dias

29/11/2020 16:42
Reino Unido começa a vacinar contra a covid-19 nos próximos dias
Ibope informa que não vai fazer pesquisa de boca de urna neste segundo turno
ELEIÇÕES 2020

Ibope informa que não vai fazer pesquisa de boca de urna neste segundo turno

29/11/2020 16:35
Ibope informa que não vai fazer pesquisa de boca de urna neste segundo turno
Últimas Notícias