Dólar Comercial compra R$ 5,3552 venda R$ 5,356 máxima 5,3556
Euro compra R$ 6,5103 venda R$ 6,5124 máxima 6,5175
27 Jan - 00h50
quarta, 27 de janeiro de 2021
MAGAZAN CAFÉ - DESK - 19/01
MAGAZAN CAFÉ - MOB - 19/01
PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Bolsonaro diz que fechamento não é política correta contra a covid-19

Presidente participou da comemoração de 160 anos da Caixa

12 Jan 2021 - 15h45Atualizado 12 Jan 2021 - 16h17
Bolsonaro diz que fechamento não é política correta contra a covid-19 - Crédito: © Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Crédito: © Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro reiterou nesta terça-feira, 12, sua contrariedade ao fechamento total de comércios em função da pandemia. Durante cerimônia de comemoraão dos 160 anos de fundação da Caixa – e da caderneta de poupança no Brasil –, Bolsonaro disse que não se pode falar em saúde sem emprego, e que vida e economia “andam de braços dados”.

“Eu peço a Deus que ilumine governadores e prefeitos para que não fechem tudo. Essa não é a política correta. Vida e economia andam de braços dados. Não podemos falar em saúde sem emprego”, disse o presidente na cerimônia, que ocorreu no Palácio do Planalto. De acordo com balanço divulgado de ontem do Ministério da Saúde, o Brasil acumula 8,1 milhões de casos confirmados e 203 mil mortes. 

Dirigindo-se à imprensa, Bolsonaro voltou a defender a liberdade das manifestações via redes sociais e afirmou que a liberdade de imprensa é plena em seu governo. “Lamento, no entanto, o fechamento e a censura às mídias sociais. Elas não concorrem com vocês [imprensa]. Uma estimula a outra, e a liberdade não tem preço”, acrescentou.

Caderneta de Poupança comemora 160 anos

Sobre a comemoração de 160 anos da Caixa Econômica Federal e da caderneta de poupança no Brasil, Bolsonaro destacou que o banco público levou paz à população ao ajudá-la a receber o auxílio emergencial. “Em momentos difíceis como a pandemia, [a Caixa] criou, em poucos dias, mais de 60 milhões de contas. Trabalhamos para levar paz aos homens e mulheres do Brasil”, disse ao destacar, também, a contratação de 3 mil pessoas com deficiência, pelo banco.

Em seu discurso, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que o banco bateu recorde de lucro em 2020, com os créditos imobiliários concedidos à população . “Em 20 dias, 50 milhões de brasileiros receberam o auxílio emergencial. E, em meio à pandemia, batemos o recorde de crédito imobiliário. Em consequência, a caixa nunca ganhou tanto dinheiro com o crédito imobiliário”.

Segundo ele, o banco terá, também, a menor taxa de inadimplência de todos seus 160 anos de existência. “Nunca emprestamos tanto e tivemos tão pouca inadimplência. Teremos um lucro que, não posso ainda informar [o valor], mas será recorde”.

Fonte: Agência Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Médica faz 'brincadeira' com intubação de pacientes e população se revolta
INDIGNAÇÃO

Médica faz 'brincadeira' com intubação de pacientes e população se revolta

26/01/2021 23:29
Médica faz 'brincadeira' com intubação de pacientes e população se revolta
Bolsonaro participa de celebração nacional da Índia na embaixada
EVENTO

Bolsonaro participa de celebração nacional da Índia na embaixada

26/01/2021 22:37
Bolsonaro participa de celebração nacional da Índia na embaixada
Variante do coronavírus do Amazonas é identificada em São Paulo
COVID-19

Variante do coronavírus do Amazonas é identificada em São Paulo

26/01/2021 21:02
Variante do coronavírus do Amazonas é identificada em São Paulo
Ministério faz consulta pública sobre política de promoção da saúde
Notícias

Ministério faz consulta pública sobre política de promoção da saúde

26/01/2021 20:58
Ministério faz consulta pública sobre política de promoção da saúde
Brasil tem 1,2 mil mortes e 61,9 mil infectados por covid-19 em 24 horas
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Brasil tem 1,2 mil mortes e 61,9 mil infectados por covid-19 em 24 horas

26/01/2021 20:38
Brasil tem 1,2 mil mortes e 61,9 mil infectados por covid-19 em 24 horas
Últimas Notícias