Carrefour anuncia demissões em massa e fechamento de 15 lojas em junho

No início deste mês, um anúncio envolvendo o grupo Carrefour e a rede Supernosso agitou o mercado e os consumidores de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. O comunicado é a decisão de fechar 15 lojas na região e a revisão de diversos termos sobre planos de saúde e auxílio alimentação dos trabalhadores. A medida...

Publicado em 18 de junho de 2024 às 22:56

No início deste mês, um anúncio envolvendo o grupo Carrefour e a rede Supernosso agitou o mercado e os consumidores de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. O comunicado é a decisão de fechar 15 lojas na região e a revisão de diversos termos sobre planos de saúde e auxílio alimentação dos trabalhadores. A medida provocou protestos dos funcionários desligados das 15 lojas.

Entenda

As 15 lojas do Supernosso em Belo Horizonte estavam com contratos de aluguel com a marca francesa até agosto, mas o Carrefour decidiu encerrá-los. Entre 2019 e 2021, as lojas com a marca Carrefour na capital foram transformadas em Supernosso, a partir de uma parceria entre a multinacional e a rede de supermercados mineira. Mas no ano passado, a empresa francesa decidiu rescindir o contrato com os proprietários dos imóveis e devolver as lojas - fazendo com que o Supernosso deixasse de administrar essas unidades.

Iniciada em 19 de outubro de 2019, com o objetivo de criar uma operação de varejo conjunta com foco na regionalização, a parceria entre as empresas, em Minas Gerais, tem um modelo inédito de negócio, no qual as unidades da bandeira Carrefour Bairro passaram a operar com a bandeira Supernosso. Porém, segundo o Supernosso, ainda no processo de maturação da parceria, o Carrefour Brasil resolveu finalizar sua atividade no segmento de supermercados em Belo Horizonte e devolver os imóveis aos respectivos proprietários.

Com informações de O Tempo