Dólar Comercial compra R$ 5,5931 venda R$ 5,5937 máxima 5,5953
Euro compra R$ 6,5221 venda R$ 6,5234 máxima 6,5339
24 Set - 00h48
quinta, 24 de setembro de 2020
VLAE - DIA DA AMAZ - DESK - 15.9
LIDER MAGAZAN - BIJU MOB - 23.9
SAÚDE COLETIVA

Cobertura vacinal na pandemia está abaixo de 60%

15 Set 2020 - 16h47Atualizado 15 Set 2020 - 16h48Por redação
Cobertura vacinal na pandemia está abaixo de 60% - Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Com o isolamento social e o medo de comparecer aos serviços de saúde durante a pandemia de covid-19, a cobertura vacinal no Brasil este ano está muito abaixo da meta, com algumas vacinas do calendário básico do Programa Nacional de Imunização (PNI) não atingindo metade do público-alvo esperado.

O alerta foi feito hoje, 15, pela Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm), durante o lançamento da campanha #CRIE+proteção, para divulgação dos serviços gratuitos dos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (Cries).

O presidente da SBIm, Juarez Cunha, apresentou dados do Data SUS referentes a agosto, segundo os quais nenhuma cobertura para crianças até 2 anos atingiu 60% do público-alvo no período. No caso da hepatite B, estava em 45,35%, da poliomielite, em 51,75% na primeira dose e 45,23% no primeiro reforço e, no reforço da tríplice viral, em 44,34%. E apenas 10% das gestantes tomaram a dTpa no mês passado. Essa vacina protege contra difteria, tétano e coqueluche.

Cunha alertou que a falta de vacina pode trazer complicações importantes para a saúde coletiva, no momento em que se discute a reabertura das escolas e o retorno às aulas presenciais para crianças e adolescentes. “Temos vacinas seguras, eficazes e gratuitas, e o risco é muito grande se continuarmos com cobertura vacinal tão baixa”, disse o médico. Ele enfatizou que os dados são de agosto são preliminares, mas que os números atuais estão na faixa de 60%, o que é muito baixo.

Segundo Cunha, o risco é que todas essas doenças, que estão eliminadas ou controladas, podem retornar, principalmente com o retorno da mobilidade de toda a população e o retorno às aulas. “É muito importante que todas as crianças estejam com a vacinação em dia”, afirmou.

Ele lembrou que, no ano passado, não se atingiu a meta em nenhuma vacina para até dois anos, com praticamente todas ficando abaixo dos 85%.

*Fonte: Agência Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Médicos creem em revolução no tratamento de câncer em menos de 30 anos
SAÚDE

Médicos creem em revolução no tratamento de câncer em menos de 30 anos

23/09/2020 22:00
Médicos creem em revolução no tratamento de câncer em menos de 30 anos
Celebração do ano-novo na Times Square, em Nova York, será virtual
EUA

Celebração do ano-novo na Times Square, em Nova York, será virtual

23/09/2020 21:30
Celebração do ano-novo na Times Square, em Nova York, será virtual
Dólar fecha acima de R$ 5,50 pela primeira vez em um mês
COMERCIAL

Dólar fecha acima de R$ 5,50 pela primeira vez em um mês

23/09/2020 19:30
Dólar fecha acima de R$ 5,50 pela primeira vez em um mês
Pai de adolescente que matou amiga tem registros de armas cancelados
TIRO NO ROSTO

Pai de adolescente que matou amiga tem registros de armas cancelados

23/09/2020 18:16
Pai de adolescente que matou amiga tem registros de armas cancelados
Polícia Federal cumpre mandados na 75ª fase da Operação Lava Jato
LAVAGEM DE DINHEIRO

Polícia Federal cumpre mandados na 75ª fase da Operação Lava Jato

23/09/2020 17:23
Polícia Federal cumpre mandados na 75ª fase da Operação Lava Jato
Últimas Notícias