Dólar Comercial compra R$ 4,0341 venda R$ 4,0346 máxima 4,0363
Euro compra R$ 4,4900 venda R$ 4,4917 máxima 4,4934
23 Out - 18h33
quarta, 23 de outubro de 2019
Vestibular Fibra
Vestibular Fibra Mobile
CLIMA TRANQUILO

Deputados debatem pelo segundo dia a reforma da Previdência

19 Jun 2019 - 12h07Atualizado 19 Jun 2019 - 11h58
Deputados debatem pelo segundo dia a reforma da Previdência - Crédito: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados Crédito: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Com 98 deputados ainda inscritos para se manifestar, a Comissão Especial da Reforma da Previdência começou o segundo dia de debates do relatório da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/19 nesta quarta-feira (19) com quase uma hora de atraso, pouco antes das 10h.

A expectativa do presidente e do relator do colegiado, respectivamente, deputados Marcelo Ramos (PL-AM) e Samuel Moreira (PSDB-SP) é que, com o acordo feito com líderes de oposição para essa fase de discussão, hoje seja mais um dia de debates tranquilos com parlamentares contrários e favoráveis ao texto. Pelo entendimento, todos os inscritos terão a palavra garantida, desde que estejam presentes na hora em que forem chamados.

Após essa fase, que deve ser encerrada na próxima segunda-feira (24) ou na terça-feira (25), o relator poderá apresentar um parecer complementar, que pode ter ajustes na redação, para deixar alguns pontos mais claros, e também no mérito, caso ele, nos debates, seja convencido a fazer alguma mudança mais significativa.

Por enquanto, o relator disse que não viu nada para fazer mudanças em seu relatório. “Ontem (18), não vi nada ainda muito forte que tenha muita divisão com relação a uma alteração ou outra no substitutivo que apresentamos. Vamos ainda colher mais opções, sugestões, durante esses dias, para [se for o caso utilizar em] um voto complementar”, disse pouco antes do início da reunião.

Ontem (18), dos 155 inscritos para debater a matéria, 51 falaram, sendo 14 líderes. O PSL e o PT, que têm as maiores bancadas na Casa, foram os que mais se manifestaram, com nove deputados, cada. Nessa fase de discussão, membros da comissão têm 15 minutos para falar e não membros 10 minutos, já os líderes partidários podem pedir a palavra e têm tempo proporcional ao tamanho de suas bancadas.

Feriado

Por causa do feriado de Corpus Christi, amanhã (20), mais uma vez hoje o debate deve ir até a noite, com a retomada dos trabalhos na próxima terça-feira (25), quando o presidente espera que seja encerrada essa fase. Na quarta-feira (26) e na quinta-feira (27) a expectativa é de que o parecer seja votado. A previsão, no entanto, pode ser frustrada pelo calendário de festas juninas, que tradicionalmente esvazia o quórum na Casa pela ausência de parlamentares da Região Nordeste.

Depois de votado na Comissão Especial, a matéria seguirá para o plenário da Câmara onde precisa passar por dois turnos de votação. Para ser aprovado, o texto precisa do apoio de, pelo menos, 308 deputados. O recesso parlamentar está previsto para começar no dia 18 de julho.

Fonte: Agência Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Manchas de óleo atingem mais duas praias pernambucanas
DANOS AMBIENTAIS

Manchas de óleo atingem mais duas praias pernambucanas

há 29 minutos atrás
Manchas de óleo atingem mais duas praias pernambucanas
Trump anuncia a suspensão de sanções contra a Turquia
INTERNACIONAL

Trump anuncia a suspensão de sanções contra a Turquia

23/10/2019 17:11
Trump anuncia a suspensão de sanções contra a Turquia
Bolsonaro pode propor saída da Argentina do Mercosul em caso de vitória kirchnerista
ELEIÇÃO PRESIDENCIAL

Bolsonaro pode propor saída da Argentina do Mercosul em caso de vitória kirchnerista

23/10/2019 16:46
Bolsonaro pode propor saída da Argentina do Mercosul em caso de vitória kirchnerista
Idoso morre após ser amarrado e arrastado em carro por bandido
CRIME BÁRBARO

Idoso morre após ser amarrado e arrastado em carro por bandido

23/10/2019 16:39
Idoso morre após ser amarrado e arrastado em carro por bandido
Registro do canabidiol é questão de bom senso, diz diretor da Anvisa
SAÚDE

Registro do canabidiol é questão de bom senso, diz diretor da Anvisa

23/10/2019 16:08
Registro do canabidiol é questão de bom senso, diz diretor da Anvisa
Últimas Notícias