Dólar Comercial compra R$ 5,5613 venda R$ 5,5638 máxima 5,588
Euro compra R$ 6,4691 venda R$ 6,4742 máxima 6,4921
26 Set - 17h55
sábado, 26 de setembro de 2020
LIDER MAGAZ - ESTILO - 25 E 26.9 - DESK
BASA - EM CADA ORAÇÃO... - MOB 18.9 A 18.10
SAÚDE

Diabetes gestacional aumenta o risco de desenvolver diabetes tipo 2

Endocrinologista faz alerta para as futuras mamães e dá dicas de como evitar a doença

11 Ago 2020 - 20h00Atualizado 11 Ago 2020 - 19h45
Diabetes gestacional aumenta o risco de desenvolver diabetes tipo 2 - Crédito: Imagem de <a href="https://pixabay.com/photos/?utm_source=link-attribution&amp;utm_medium=referral&amp;utm_campaign=image&amp;utm_content=1245703">Free-Photos</a> por <a href="https://pixabay.com/pt/?utm_source=link-attribution&amp;utm_medium=referral&amp Crédito: Imagem de Free-Photos por


A gravidez é um momento delicado na vida de uma mulher e é natural que o corpo passe por várias transformações ao longo da gestação. Essas mudanças são tanto biológicas quanto metabólicas. Afinal, os hormônios femininos trabalham para garantir que o bebê possa se desenvolver corretamente. Muitas transformações são consequências tradicionais, como náuseas, inchaço e fadiga. Já outras podem nem apresentar sintomas, mas trazem grandes riscos, como o diabetes gestacional.

Na gravidez, há aumento dos níveis de glicose no sangue, o corpo passa a produzir maiores quantidades de insulina. Outros hormônios são liberados pela placenta e o pâncreas é obrigado a trabalhar dobrado para manter os níveis em ordem. Porém, algumas vezes, todo esse esforço não é suficiente e sobra açúcar na corrente sanguínea. Aí está o diabetes gestacional.

O diabetes gestacional pode acontecer com qualquer mulher, e chega a ser comum, atingindo entre 3% e 25% das gestantes. No geral, a doença se cura logo após o parto. Mas, segundo a endocrinologista do Hapvida, Natasha Vilanova, “as mulheres que desenvolvem diabetes gestacional correm o risco maior de desenvolver diabetes tipo 2. Por isso, é importante o controle tanto durante, como após a gestação.”

De acordo com a especialista, a causa para o diabetes gestacional é multifatorial, pode envolver tanto alterações fisiológicas da gestação, como fatores genéticos e ambientais. “A doença, se não for controlada, pode colocar em risco a saúde da mãe e do bebê. Existem períodos de critérios para diagnóstico de acordo com o trimestre, sendo recomendável a avaliação na primeira consulta pré-natal para avaliar a possibilidade de diabetes prévio e o rastreamento na 24ª semana, ou seja, no início do 6º mês, através do teste oral de tolerância à glicose. O diagnóstico é feito caso a glicose no sangue venha com valores iguais ou maiores a 92 mg/dl no jejum ou 180 mg/dl e 153 mg/dl respectivamente 1 hora e 2 horas após a ingestão do açúcar”, comenta.

Natasha Vilanova ainda faz um alerta para quem está pensando em engravidar, “hoje, enfatizamos a importância do cuidado pré-gestacional. Para aquelas mulheres que já estão pensando em engravidar, deve-se avaliar como está a alimentação, o perfil hormonal e metabólico para garantir uma gravidez saudável. O importante é não deixar de manter, ao longo da gestação, o acompanhamento com a nutricionista e manter regular a atividade física.”

Apesar de não ser garantia, alguns hábitos podem prevenir as futuras mamães do diabetes tipo 2. Atividade física e alimentação balanceada são importantes aliadas, assim como beber bastante água e o aleitamento materno pode reduzir o risco de desenvolvimento de diabetes permanente após o parto.

Fonte: Ascom/Hapvida
 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil quebra recorde em candidatos inscritos às Eleições 2020
POLÍTICA

Brasil quebra recorde em candidatos inscritos às Eleições 2020

há 21 minutos atrás
Brasil quebra recorde em candidatos inscritos às Eleições 2020
Pandemia faz shoppings perderem 11 mil lojas
DE ABRIL A AGOSTO

Pandemia faz shoppings perderem 11 mil lojas

há 35 minutos atrás
Pandemia faz shoppings perderem 11 mil lojas
Ex-premier italiano Silvio Berlusconi testa positivo novamente para covid-19
MUNDO

Ex-premier italiano Silvio Berlusconi testa positivo novamente para covid-19

26/09/2020 15:05
Ex-premier italiano Silvio Berlusconi testa positivo novamente para covid-19
INSS deve realizar perícias à distância, diz TCU
DETERMINAÇÃO

INSS deve realizar perícias à distância, diz TCU

26/09/2020 14:40
INSS deve realizar perícias à distância, diz TCU
Bolsonaro recebe alta após retirar cálculo da bexiga
PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Bolsonaro recebe alta após retirar cálculo da bexiga

26/09/2020 14:17
Bolsonaro recebe alta após retirar cálculo da bexiga
Últimas Notícias