Dólar Comercial compra R$ 5,2913 venda R$ 5,2943 máxima 5,359
Euro compra R$ 5,8225 venda R$ 5,828 máxima 5,9029
27 Mai - 11h35
quarta, 27 de maio de 2020
XP Invest
Natura mobile
COVID-19

Eleição municipal pode ser dividida em dois dias para reduzir exposição de eleitores ao novo coronavírus

22 Mai 2020 - 16h50Atualizado 22 Mai 2020 - 16h53Por Redação
Eleição municipal pode ser dividida em dois dias para reduzir exposição de eleitores ao novo coronavírus - Crédito: Agência Brasil Crédito: Agência Brasil

Para reduzir aglomerações e a exposição de eleitores ao novo coronavírus, uma das hipóteses em discussão é que as eleições municipais deste ano tenham dois dias de votação, disse hoje, 22, em Brasília, o ministro Luís Roberto Barroso, que assume a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na próxima semana.

Para isso, seria preciso um gasto adicional de R$ 180 milhões, que é o custo estimado pelo TSE de um dia adicional de eleição. Diante do quadro de crise fiscal, porém, outra possibilidade seria expandir o horário de votação, para que dure 12 horas, o que teria um custo menor.

“Em vez de irmos até as 17h, irmos talvez até as 20h, e começar às 8h. Portanto, iríamos de 8h às 20h, 12 horas de votação. Esta é uma ideia, é uma possibilidade. Essa não depende de lei, podemos nós mesmos regulamentar no TSE”, disse o ministro, durante uma live promovida pelo jornal Valor Econômico.

Votação por idade

A Justiça Eleitoral estuda ainda fazer a votação dividida por faixa etária, nos diferentes turnos do dia de votação. Para isso, é preciso “ouvir sanitaristas [para saber] se colocaríamos os mais idosos votando mais cedo, depois os mais jovens na hora do almoço. A gente tentar fazer uma divisão dessa natureza”, disse Barroso, ministro do Supremo Tribunal Federal - STF.

O ministro disse, ainda, que mantém diálogo constante com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), sobre o eventual adiamento do calendário eleitoral. Para a alteração do calendário, é necessária que o Congresso aprove uma proposta de emenda constitucional (PEC).

A definição sobre o adiamento das eleições depende ainda da trajetória da curva de contaminação do novo coronavírus, afirmou Barroso. “Em meados de junho será o momento de se bater o martelo”, finalizou ele.

*Fonte: Agência Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dólar perde patamar de R$ 5,30 pela primeira vez em um mês
ECONOMIA

Dólar perde patamar de R$ 5,30 pela primeira vez em um mês

há 35 minutos atrás
Dólar perde patamar de R$ 5,30 pela primeira vez em um mês
Conta de luz não terá tarifas extras até dezembro devido à Covid-19
CONTA MAIS BARATA

Conta de luz não terá tarifas extras até dezembro devido à Covid-19

27/05/2020 10:30
Conta de luz não terá tarifas extras até dezembro devido à Covid-19
Economista brasileiro é eleito presidente do Banco do Brics
EXPERIENTE

Economista brasileiro é eleito presidente do Banco do Brics

27/05/2020 10:25
Economista brasileiro é eleito presidente do Banco do Brics
'Enquanto eu for presidente, vai ter mais', responde Bolsonaro sobre operação da PF
INVESTIGAÇÕES

'Enquanto eu for presidente, vai ter mais', responde Bolsonaro sobre operação da PF

27/05/2020 10:15
'Enquanto eu for presidente, vai ter mais', responde Bolsonaro sobre operação da PF
Polícia Federal cumpre 29 mandados judiciais em investigação sobre fake news
OPERAÇÃO

Polícia Federal cumpre 29 mandados judiciais em investigação sobre fake news

27/05/2020 09:30
Polícia Federal cumpre 29 mandados judiciais em investigação sobre fake news
Últimas Notícias