Dólar Comercial compra R$ 5,3158 venda R$ 5,3163 máxima 5,3792
Euro compra R$ 5,9766 venda R$ 5,9782 máxima 6,0392
05 Jul - 06h56
domingo, 05 de julho de 2020
Basa Sua Conta
Basa Sua Conta
PRIORIDADE

Embaixada dos Estados Unidos confirma apoio ao ingresso do Brasil na OCDE

15 Jan 2020 - 17h04Atualizado 15 Jan 2020 - 17h03Por Da Redação
Embaixada dos Estados Unidos confirma apoio ao ingresso do Brasil na OCDE - Crédito: Reprodução - Reuters Crédito: Reprodução - Reuters
A embaixada dos Estados Unidos em Brasília divulgou uma nota, em que afirma o apoio à entrada do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), uma espécie de "clube dos países ricos". Os Estados Unidos devem formalizar essa posição em uma reunião do conselho da organização, ainda nesta quarta-feira, 15, em Paris.
 
Aqui no Brasil o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira, 15, que o país está "bastante adiantado" nos critérios para entrar na OCDE, "inclusive na frente do país vizinho Argentina".
 
Em comentário à  nota da embaixada, na saída do Palácio da Alvorada, o presidente afirmou que a notícia era bem-vinda.  "São mais de cem requisitos para você ser aceito. Estamos bastante adiantados, inclusive na frente da Argentina. E as vantagens para o Brasil são muitas. Equivale ao país entrar na primeira divisão. Estávamos trabalhando há meses em cima disso, de forma reservada, obviamente”, disse ele aos jornalistas.
 
De acordo a assessoria do ministro da Economia, Paulo Guedes, o Brasil passa a ser a prioridade dos Estados Unidos. Em outubro do ano passado, o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, enviou uma carta à OCDE manifestando apoio à entrada da Argentina e da Romênia na organização. Mas a Argentina acabou perdendo prioridade do apoio americano em razão da mudança do governo. O novo presidente, Alberto Fernández, é menos alinhado com ideias do que o seu antecessor, Maurício Macri.
 
Bolsonaro contou ainda que se a decisão dependesse apenas do presidente Donald Trump, o Brasil já estaria na OCDE. "Eu não posso falar em prazo. Isso depende. Não é apenas do Trump. Se fosse do Trump, já estavamos lá. Depende de outros países também. E nós estamos vencendo resistências e mostrando que o Brasil é um país viável", concluiu Bolsonaro.
 
 
A OCDE atua como uma organização para cooperação e discussão de políticas públicas e econômicas, atualmente 31 países compõem a Organização. Para entrar no acordo, é necessária a implementação de uma série de medidas econômicas liberais, como o controle inflacionário e fiscal. Em troca, o país ganha um "selo" de investimento que pode atrair investidores ao redor do globo.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Empresas boicotam publicidade no Facebook por discurso de ódio, incitação à violência e desinformação
REDE SOCIAL

Empresas boicotam publicidade no Facebook por discurso de ódio, incitação à violência e desinformação

04/07/2020 23:00
Empresas boicotam publicidade no Facebook por discurso de ódio, incitação à violência e desinformação
Governo da Bahia decreta toque de recolher em 11 cidades
MEDIDA

Governo da Bahia decreta toque de recolher em 11 cidades

04/07/2020 22:00
Governo da Bahia decreta toque de recolher em 11 cidades
Carlos Decotelli inclui cargo de ministro da Educação em currículo
NÃO TOMOU POSSE

Carlos Decotelli inclui cargo de ministro da Educação em currículo

04/07/2020 20:30
Carlos Decotelli inclui cargo de ministro da Educação em currículo
Bolsonaro parabeniza Trump e os EUA pelo dia da independência
4 DE JULHO

Bolsonaro parabeniza Trump e os EUA pelo dia da independência

04/07/2020 20:10
Bolsonaro parabeniza Trump e os EUA pelo dia da independência
‘É correto, sim, dar marmitas’, diz Damares sobre declaração de Bia Dória
REBATEU

‘É correto, sim, dar marmitas’, diz Damares sobre declaração de Bia Dória

04/07/2020 18:21
‘É correto, sim, dar marmitas’, diz Damares sobre declaração de Bia Dória
Últimas Notícias