Dólar Comercial compra R$ 3,9530 venda R$ 3,9554 máxima 3,9542
Euro compra R$ 4,4005 venda R$ 4,4047 máxima 4,4059
25 Abr - 21h34
quinta, 25 de abril de 2019
chinthya charone
chinthya_mobile
SEGUNDO A ANAC

Empresa dona de helicóptero que transportava Boechat não podia fazer táxi aéreo

Agência diz que aeronave só podia prestar serviços de reportagem aérea e qualquer outra atividade não poderia ser realizada

11 Fev 2019 - 17h43
Empresa dona de helicóptero que transportava Boechat não podia fazer táxi aéreo -

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) afirmou que o helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera no início da tarde desta segunda-feira (11), em que o jornalista Ricardo Boechat e o piloto morreram, não podia fazer táxi aéreo, mas sim prestar serviços de reportagem aérea.

A agência abriu procedimento administrativo para apurar o tipo de transporte que estava sendo feito.

"A aeronave de matrícula PT-HPG, acidentada hoje, em São Paulo, era operada e pertencia à empresa RQ Serviços Aéreos Especializados LTDA. A empresa possui autorização da ANAC para prestar Serviços Aéreos Especializados (SAE), que incluem aerofotografia, aeroreportagem, aerofilmagem, entre outros do mesmo ramo. A aeronave acidentada também estava certificada na categoria SAE. Qualquer outra atividade remunerada fora das mencionadas não poderia ser prestada. Tendo em vista essas informações, a ANAC abriu procedimento administrativo para apurar o tipo de transporte que estava sendo realizado no momento do acidente", diz a nota.

Investigadores do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Aeronáutica, também abriram investigação sobre a queda.

O helicóptero saiu de Campinas às 11h45, no interior do estado, onde Boechat participou nesta manhã de um evento, e seguia em direção à sede do Grupo Bandeirantes, no Morumbi, Zona Sul. A queda ocorreu na rodovia Anhanguera, próximo ao Rodoanel: a aeronave bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via.

"De acordo com o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), a aeronave estava com o Certificado de Aeronavegabilidade válido, bem como a Inspeção Anual de Manutenção, ou seja, em situação regular", diz nota da Anac.

A RQ Serviços Aéreos foi contratada pela Zum Brasil, que por sua vez foi contratada pela farmacêutica Libbs para organizar o evento em Campinas.

Em nota, a Libbs fala sobre o convite ao jornalista.

"Todos nós da empresa estamos profundamente consternados com o falecimento do querido Ricardo Boechat, ícone e referência internacional do jornalismo. Ele foi convidado para participar de nossa convenção, em Campinas, neste dia 11, e, como é comum em suas aparições, abrilhantou e fortaleceu a relevância do nosso encontro. Durante 40 minutos ele esteve conosco em um bate-papo no qual imprimiu seu estilo, sempre autêntico e verdadeiro. Lamentamos igualmente o falecimento do piloto Ronaldo Quattrucci e estamos inteiramente solidários à dor das famílias. Todas as atividades do dia foram canceladas. Estamos aguardando informações oficiais sobre o ocorrido e seguimos à disposição para cooperar com mais informações", diz a nota.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bolsonaro veta campanha do BB sobre diversidade. Assista!
NÃO CURTIU

Bolsonaro veta campanha do BB sobre diversidade. Assista!

25/04/2019 20:17
Bolsonaro veta campanha do BB sobre diversidade. Assista!
Sobrinho de Jair Bolsonaro ganha cargo de confiança no Senado
POLÍTICA

Sobrinho de Jair Bolsonaro ganha cargo de confiança no Senado

25/04/2019 18:56
Sobrinho de Jair Bolsonaro ganha cargo de confiança no Senado
Cerco de Trump dá forma à arte na Bienal de Havana
ARTE POLÍTICA

Cerco de Trump dá forma à arte na Bienal de Havana

25/04/2019 18:20
Cerco de Trump dá forma à arte na Bienal de Havana
Raquel Dodge pede condenação do senador Fernando Collor e cassação de seu mandato
DEU RUIM

Raquel Dodge pede condenação do senador Fernando Collor e cassação de seu mandato

25/04/2019 18:17
Raquel Dodge pede condenação do senador Fernando Collor e cassação de seu mandato
Menina de 6 anos pode ter sido estuprada antes de ser morta em Mongaguá
ASSASSINATO

Menina de 6 anos pode ter sido estuprada antes de ser morta em Mongaguá

25/04/2019 17:57
Menina de 6 anos pode ter sido estuprada antes de ser morta em Mongaguá
Últimas Notícias