Dólar Comercial compra R$ 5,3158 venda R$ 5,3163 máxima 5,3792
Euro compra R$ 5,9766 venda R$ 5,9782 máxima 6,0392
05 Jul - 09h27
domingo, 05 de julho de 2020
Basa Sua Conta
Basa Sua Conta
PENA DE PRISÃO

Ex-primeiro-ministro da França é condenado por manter a mulher em emprego fantasma

29 Jun 2020 - 15h00Atualizado 29 Jun 2020 - 14h54
Ex-primeiro-ministro da França é condenado por manter a mulher em emprego fantasma - Crédito: Reprodução Crédito: Reprodução
O ex-primeiro-ministro francês, François Fillon, foi condenado nesta segunda-feira, 29, a cinco anos de prisão, sendo dois em regime fechado, por um caso de emprego fantasma para a mulher, Penelope Fillon.
 
Além da sentença, François foi condenado a pagar uma multa de 375 mil euros e perdeu o direito de exercer cargos públicos por 10 anos.
 
Sua mulher, Penelope, que também foi declarada culpada pelo Tribunal Correcional de Paris, foi condenada a três anos de liberdade condicional, uma multa de 375 mil euros e dois anos de inabilitação para cargos públicos.
 
O casal e o terceiro acusado, Marc Joulaud, que foi suplente de Fillon como deputado por Sarthe (oeste), também terão que reembolsar mais de um milhão de euros à Assembleia Nacional. O advogado do casal anunciou que vai recorrer da sentença.
 
Fillon, que era o grande favorito da direita para as eleições presidenciais há três anos, foi derrotado no primeiro turno, depois que a revista Canard Enchaîné revelou o caso.
 
Entre 1998 e 2013, Penelope Fillon, de 64 anos, recebeu o total de 613 mil euros pelo cargo de assistente parlamentar de seu marido, quando ele era deputado, e posteriormente de seu suplente, cargo que, segundo a acusação, ela nunca exerceu.
 
Segundo os investigadores, entre 1998 e 2013 o casal desviou mais de um milhão de euros. O ex-primeiro-ministro, 66 anos, se afastou da política e atualmente trabalha no setor de finanças.
 
Fonte: Globo.com

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ministério da Economia reconhece dificudade das empresas no acesso às linhas de crédito, que até o momento só liberaram 17% dos recursos
AINDA É POUCO

Ministério da Economia reconhece dificudade das empresas no acesso às linhas de crédito, que até o momento só liberaram 17% dos recursos

há 23 minutos atrás
Ministério da Economia reconhece dificudade das empresas no acesso às linhas de crédito, que até o momento só liberaram 17% dos recursos
Manaus e Tocantins estão abaixo da média nacional em saneamento básico
PRIVATIZAÇÃO

Manaus e Tocantins estão abaixo da média nacional em saneamento básico

há 58 minutos atrás
Manaus e Tocantins estão abaixo da média nacional em saneamento básico
Mega-Sena: Prêmio vai a R$33 milhões no próximo sorteio
Loteria

Mega-Sena: Prêmio vai a R$33 milhões no próximo sorteio

05/07/2020 08:26
Mega-Sena: Prêmio vai a R$33 milhões no próximo sorteio
Empresas boicotam publicidade no Facebook por discurso de ódio, incitação à violência e desinformação
REDE SOCIAL

Empresas boicotam publicidade no Facebook por discurso de ódio, incitação à violência e desinformação

04/07/2020 23:00
Empresas boicotam publicidade no Facebook por discurso de ódio, incitação à violência e desinformação
Governo da Bahia decreta toque de recolher em 11 cidades
MEDIDA

Governo da Bahia decreta toque de recolher em 11 cidades

04/07/2020 22:00
Governo da Bahia decreta toque de recolher em 11 cidades
Últimas Notícias