Dólar Comercial compra R$ 5,4378 venda R$ 5,4391 máxima 5,4386
Euro compra R$ 6,4086 venda R$ 6,4114 máxima 6,4113
08 Ago - 11h42
sábado, 08 de agosto de 2020
PMB ICOAR E OUT 27.7
PMB ICOAR E OUT - MOB 27.7
POLÊMICA

Gilmar Mendes critica a manutenção do Ministério da Saúde nas mãos do Exército

Ministério da Defesa rebate e diz que há mais de 34 mil militares atuando para conter a pandemia da covid-19

12 Jul 2020 - 15h53Atualizado 12 Jul 2020 - 16h06Por Da Redação
Ministro Gilmar Mendes critica o Exército e governo federal - Crédito: Reprodução - Agência BrasilMinistro Gilmar Mendes critica o Exército e governo federal - Crédito: Reprodução - Agência Brasil

Após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes fazer uma série de críticas sobre a atuação do governo federal na pandemia do novo coronavírus, especialmente, em manter um militar à frente do Ministério da Saúde, o Ministério da Defesa reagiu, alegando que que desde o início da pandemia os militares atuam diariamente no combate à doença, com "efetivo maior do que o da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Segunda Guerra Mundial".

Neste sábado, 11, Gilmar Mendes participou de um debate online organizado pela revista IstoÉ e pelo Instituto Brasiliense de Direito Público, quando criticou a ocupação de postos-chaves ocupados por militares no Ministério da Saúde. A pasta é ocupada há mais de 50 dias pelo general do Exército Eduardo Pazuello, após a saída do médico Nelson Teich, que ficou no cargo 28 dias, após a saída de Luiz Henriqueta Mandetta, por divergências com o presidente Jair Bolsonaro, que sempre se mostrou contrário aoisolamento social, com a finalidade de conter o avanço do coronavírus no país.

Mendes foi mais além e e afirmou que o Exército brasileiro está se associando a um genocídio, referindo-se às mais de 71 mil pessoas mortas no Brasil pela covid-19.

"Não podemos mais tolerar essa situação que se passa no Ministério da Saúde. Não é aceitável que se tenha esse vazio. Pode até se dizer: a estratégia é tirar o protagonismo do governo federal, ao atribuir a responsabilidade a estados e municípios. Se for essa a intensão, é preciso se fazer alguma coisa. Isso é péssimo para a imagem das Forçass Armadas. É preciso dizer isso de maneira muito clara: o Exército está se associando a esse genocídio, não é razoável. É preciso por fim a isso", declarou Gilmar Mendes.

O Ministério da Defesa divulgou nota neste domingo, 12, em que rebate as afirmações do ministro do STF. "O Ministério da Defesa informa que as Forças Armadas atuam diretamente no combate ao novo coronavírus, por meio da Operação Covid-19. Desde o início da pandemia, vem atuando sempre para o bem-estar de todos os brasileiros. São empregados, diariamente, 34 mil militares, efetivo maior do que o da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial, com 25.800 homens. O Ministério da Defesa tem o compromisso com a saúde e com o bem estar de todos o brasileiros de norte ao sul do País", afirma a nota.

A nota segue, afirmando que a Operação Covid-19, criada em março, mobilizou dez comandos conjuntos e o Comando Aeroespacial. "Os resultados mostram que a operação está atingindo os objetivos a que se propõe. De lá para cá, foram descontaminados 3.348 locais públicos; realizadas 2.139 campanhas de conscientização junto à população, 3.249 ações em barreiras sanitárias e 21.026 doações de sangue; distribuídas 728.842 cestas báscias; produzidos 20.315 litros de álcool em gel e capacitadas 9.945 pessoas para realizar ações de descontaminação", ressalta o Ministério da Defesa.

O Ministério também assegura que os povos indígenas estão recebendo atenção durante a pandemia. "As mais de 200 missões em aldeias indígenas somente na Amazônia Ocidental realizam atendimentos de saúde, promovem cuidados básicos de saúde e orientam sobre a prevenção de doenças, sempre respeitando os aspectos socioculturais, condizentes com a realidade de cada etnia", conclui.

 

 

 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 6,5 milhões
SORTE GRANDE

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 6,5 milhões

08/08/2020 10:40
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 6,5 milhões
Republicanos lança pré-candidatura de Russomanno em SP
PREFEITURA

Republicanos lança pré-candidatura de Russomanno em SP

08/08/2020 10:30
Republicanos lança pré-candidatura de Russomanno em SP
Bolsonaro se manifesta sobre ofensas racistas sofridas por entregador de aplicativo: ‘Todos somos iguais!’
NAS REDES SOCIAIS

Bolsonaro se manifesta sobre ofensas racistas sofridas por entregador de aplicativo: ‘Todos somos iguais!’

08/08/2020 09:38
Bolsonaro se manifesta sobre ofensas racistas sofridas por entregador de aplicativo: ‘Todos somos iguais!’
Avó de Michelle Bolsonaro deixa UTI após mais de um mês
COM COVID-19

Avó de Michelle Bolsonaro deixa UTI após mais de um mês

08/08/2020 09:00
Avó de Michelle Bolsonaro deixa UTI após mais de um mês
Caixa libera saque da ajuda de R$ 600 para mais um grupo. Saiba quem recebe!
AUXÍLIO EMERGENCIAL

Caixa libera saque da ajuda de R$ 600 para mais um grupo. Saiba quem recebe!

08/08/2020 08:40
Caixa libera saque da ajuda de R$ 600 para mais um grupo. Saiba quem recebe!
Últimas Notícias