Dólar Comercial compra R$ 4,6425 venda R$ 4,6443 máxima 4,7246
Euro compra R$ 5,2456 venda R$ 5,2497 máxima 5,249
30 Mai - 10h50
sábado, 30 de maio de 2020
Basa - Amazônia Vida
XP Invest mobile
ENERGIA

Governo federal aplicará R$ 1,1 bilhão no Programa Luz para Todos em 2020

O Pará receberá R$ 105 milhões para implantar energia elétrica nas comunidades rurais ainda sem luz elétrica

22 Set 2019 - 18h21Atualizado 22 Set 2019 - 18h21Por Da Redação
Ainda há diversas comunidades rurais sem energia no Brasil - Crédito: Reprodução - MMEAinda há diversas comunidades rurais sem energia no Brasil - Crédito: Reprodução - MME

O Programa Luz Para Todos será reativado em onze estados em 2020, dentre eles, o Pará, de acordo com informações da Federação dos Municípios do Pará (Famep), que mantém dois representantes no Comitê Gestor do Programa, um deles o presidente da entidade, Nélio Aguiar, prefeito de Santarém.

A portaria do Ministério de Minas e Energia (MME), assinada pelo ministro Bento Albuquerque, que aprova a proposta de orçamento da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) foi publicada no Diário Oficial da União dia 13.

A meta do MME é realizar 95.052 ligações do Luz para Todos, com investimentos de mais de R$ 1,1 bilhão para levar energia elétrica às comunidades rurais, que ainda não têm acesso ao serviço. 

O Estado do Pará receberá R$ 105 milhões para a continuação do Programa Luz para Todos, em 2020. O Comitê Gestor aponta que o Pará foá foi beneficiado com 429 mil ligações, sendo mais de 96 km de rede e mais de R$ 2.6 bi em investimentos.

Em 2014 e 2015 o Estado do Pará foi campeão brasileiro em novas ligações e em 2016 e 2017 o Pará ficou em 2º lugar.

O Programa Luz Para Todos foi implantado em novembro de 2003, com o desafio de acabar com a exclusão elétrica no país e a meta de levar o acesso à energia elétrica, gratuitamente, para cerca de dois milhões de pessoas do meio rural até o ano de 2008. Mas, a meta total não foi cumprida e ainda faltam muitas áreas alcançarem o benefício, que atua no desenvolvimento econômico e social, contribuindo para a redução da pobreza e da fome nas comunidades atendidas.

Em 15 anos de existência, o programa atendeu mais de 16 milhões de brasileiros, beneficiados com 3,5 milhões de ligações realizadas. Apenas em 2018, foram realizadas mais de 53 mil novas ligações, beneficiando mais de 212 mil pessoas.

O presidente da Famep afirma que essa é uma importante noticia para o avanço do LPT no Pará “Com o acesso à energia elétrica, as melhorias trazidas para a vida das pessoas das comunidades mais longínquas são inúmeras. O programa tem proporcionado o aumento da renda familiar, melhores condições na saúde, oportunidades de trabalho, segurança nas comunidades e retorno aos estudos”, ressalta Nélio Aguiar.

Atualmente 15 estados conseguiram universalizar a energia elétrica em todo seu território: Alagoas, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins. A meta agora é de concluir a universalização em todo o país até 2022, atendendo a toda a demanda passível de ligação com extensão de rede. 

Fonte: Famep/MME

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

País abriu 846,9 mil empresas no primeiro trimestre
ECONOMIA

País abriu 846,9 mil empresas no primeiro trimestre

há 43 minutos atrás
País abriu 846,9 mil empresas no primeiro trimestre
Nasa e SpaceX fazem hoje nova tentativa de lançamento espacial
CREW DRAGON

Nasa e SpaceX fazem hoje nova tentativa de lançamento espacial

há 50 minutos atrás
Nasa e SpaceX fazem hoje nova tentativa de lançamento espacial
Protestos pelo assassinato de homem negro por policial chegam até a Casa Branca
MANIFESTAÇÕES

Protestos pelo assassinato de homem negro por policial chegam até a Casa Branca

30/05/2020 09:00
Protestos pelo assassinato de homem negro por policial chegam até a Casa Branca
China deixa de classificar cachorros como animais para consumo
MUDANÇA

China deixa de classificar cachorros como animais para consumo

30/05/2020 08:56
China deixa de classificar cachorros como animais para consumo
Aposentados do INSS que ganham acima de R$ 1.045 começam a receber 2ª parcela do 13º salário nesta segunda
INVESTIMENTO

Aposentados do INSS que ganham acima de R$ 1.045 começam a receber 2ª parcela do 13º salário nesta segunda

30/05/2020 08:45
Aposentados do INSS que ganham acima de R$ 1.045 começam a receber 2ª parcela do 13º salário nesta segunda
Últimas Notícias