Dólar Comercial compra R$ 4,3727 venda R$ 4,3734 máxima 4,3921
Euro compra R$ 4,7279 venda R$ 4,7291 máxima 4,7427
20 Fev - 11h11
quinta, 20 de fevereiro de 2020
Unique
Vale ITV mobile
NÃO RESISTIU

Idosa que caiu em desembarque da Gol morre e família cobra indenização

13 Fev 2020 - 12h45Atualizado 13 Fev 2020 - 13h10
Idosa que caiu em desembarque da Gol morre e família cobra indenização - Crédito: Tânia Rego/ Agência Brasil Crédito: Tânia Rego/ Agência Brasil

A aposentada de 87 anos que caiu da escada no momento do desembarque de um voo da Gol no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, morreu no último dia 27 de janeiro. A família de Lucy Abreu Campos, agora pede uma indenização da empresa aérea.

O acidente envolvendo a aposentada aconteceu em junho de 2019, e até antes e de sua morte, a família e a Gol travavam uma batalha judicial para que a companhia arcasse com os custos do tratamento de Lucy.

A empresa foi forçada por decisão liminar (provisória) da Justiça a pagar as despesas médicas, mas recorreu da sentença, alegando que a família da idosa "tenta a todo custo enriquecer-se às custas" da empresa.

A família alega negligência por parte da companhia e pede uma indenização por danos morais no valor de R$ 200 mil.

O processo e o acidente

Segundo o processo, ao comprar os bilhetes, a filha da idosa, Andrea Campos, contratou o serviço de acompanhamento da companhia para a passageira, na ida e na volta.

No último trecho da viagem, o serviço não teria sido prestado. No processo, a Gol afirma que a idosa não aguardou um funcionário para auxiliar no desembarque, o que teria sido a causa do acidente.

Ao sair da aeronave sem acompanhante e descer a escada móvel, Lucy perdeu o equilíbrio e caiu na pista, sofrendo traumatismo cranioencefálico e lesões no rosto e no corpo.

De acordo com os autos, a senhora foi socorrida no ato do acidente pelo atendimento médico da Infraero e, em seguida, encaminhada a um hospital municipal no bairro do Jabaquara (zona sul de São Paulo), onde passou 125 dias internada, incluindo o total de dois meses na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).

Em seguida, foi transferida a um hospital particular, onde ficou até 22 de novembro, data em que foi transferida para outro hospital privado, de alta complexidade.

Segundo a filha de Lucy, o quadro de saúde da mãe era dado como irreversível e a idosa se manteve inconsciente a partir do acidente, até que veio a falecer no dia 27.


Procurada pela imprensa, a Gol não quis comentar o caso.

Fonte: Uol

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Programa Brasil Mais pretende atender 200 mil empresas até 2022
ECONOMIA

Programa Brasil Mais pretende atender 200 mil empresas até 2022

20/02/2020 09:30
Programa Brasil Mais pretende atender 200 mil empresas até 2022
Estudantes com deficiência auditiva vão poder usar a tecnologia do SUS para ouvir
ACESSIBILIDADE

Estudantes com deficiência auditiva vão poder usar a tecnologia do SUS para ouvir

20/02/2020 08:47
Estudantes com deficiência auditiva vão poder usar a tecnologia do SUS para ouvir
Dois passageiros de navio de cruzeiro diagnosticados com coronavírus morrem no Japão
MORTES FORA DA CHINA

Dois passageiros de navio de cruzeiro diagnosticados com coronavírus morrem no Japão

20/02/2020 07:54
Dois passageiros de navio de cruzeiro diagnosticados com coronavírus morrem no Japão
Programa para declarar imposto de renda pode ser baixado a partir de hoje
RECEITA FEDERAL

Programa para declarar imposto de renda pode ser baixado a partir de hoje

20/02/2020 07:39
Programa para declarar imposto de renda pode ser baixado a partir de hoje
Ninguém acerta as dezenas da Mega. Novo sorteio deve pagar R$ 190 milhões
ACUMULOU

Ninguém acerta as dezenas da Mega. Novo sorteio deve pagar R$ 190 milhões

19/02/2020 23:00
Ninguém acerta as dezenas da Mega. Novo sorteio deve pagar R$ 190 milhões
Últimas Notícias