Dólar Americano/Real Brasileiro compra R$ 5,4396 venda R$ 5,4412 máxima 5,444
Euro/Real Brasileiro compra R$ 6,3546 venda R$ 6,358 máxima 6,3589
28 Set - 14h10
terça, 28 de setembro de 2021
LIDER - MELHOR OFERTAS DESK - 02, 11, 20 E 28/09
LIDER - MELHOR OFERTAS MOB - 02, 11, 20 E 28/09
ECONOMIA

Ipea: inflação é maior para famílias de menor renda

15 Set 2021 - 14h16Atualizado 15 Set 2021 - 15h03
Ipea: inflação é maior para famílias de menor renda - Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Indicador de Inflação por Faixa de Renda, apurado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), apontou que, enquanto a inflação das famílias de renda baixa e muito baixa registrou alta de 0,91%, a das famílias no segmento superior de renda apresentou variação menor (0,78%), em agosto.

O estudo divulgado nesta quarta-feira, 15, no Rio de Janeiro, mostra que o grupo de alimentação foi o que mais contribuiu para a alta inflacionária das famílias dos três segmentos de renda mais baixa. Já para as três faixas de renda mais alta, o maior impacto veio do grupo de transportes.

Segundo o Ipea, para as famílias com menor renda, mesmo diante de uma deflação em itens importantes como arroz (-2,1%), feijão (-1,7%) e óleo de soja (-0,4%), os aumentos de preços das proteínas animais, especialmente do frango (4,5%), dos ovos (1,6%), da batata (20%), do açúcar (4,6%) e do café (7,6%) explicam a pressão inflacionária que vem dos alimentos.

Já a alta inflacionária do grupo de transportes deve-se aos reajustes de 2,8% da gasolina e de 4,7% do etanol, combinados com a alta nos preços dos automóveis novos (1,8%) e dos serviços de aluguel de veículos (6,6%), mesmo com a queda de 10,7% das passagens aéreas.

O grupo de habitação foi o terceiro que mais influenciou todas as faixas de renda, puxado pelos reajustes de 1,1% da energia elétrica, de 2,7% do gás encanado e de 2,4% do gás de botijão.

Segundo o Ipea, as famílias de renda baixa e média baixa são as que apresentam as maiores taxas de inflação (5,9%) no acumulado do ano.

Aceleração inflacionária

Os dados acumulados em 12 meses mostram que, apesar da aceleração inflacionária generalizada, a taxa de inflação das famílias de renda muito baixa (10,63%) mantém-se em patamar acima da observada na faixa de renda alta (8%), pressionada pelas variações de 16,6% dos alimentos no domicílio, de 21,1% da energia elétrica, de 31,7% do gás de botijão e de 5,6% dos medicamentos.

“Já para as famílias de renda mais alta, além dos reajustes de 41,3% dos combustíveis, de 30,2% das passagens aéreas e de 12,4% dos aparelhos eletroeletrônicos em 12 meses, a recente recuperação dos preços dos serviços de recreação, cuja alta em 12 meses passou de 0,07% em janeiro para 5,3% em agosto, explica grande parte dessa aceleração inflacionária”, indicou a pesquisa do Ipea.

Com informações da Agência Brasil 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98547-6589ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Felipe Neto diz ser evitado por marcas por conta de bolsonaristas
BOICOTE

Felipe Neto diz ser evitado por marcas por conta de bolsonaristas

há 1 minuto atrás
Felipe Neto diz ser evitado por marcas por conta de bolsonaristas
Decreto regulamenta aquisição de itens de luxo pela administração
MUDANÇAS

Decreto regulamenta aquisição de itens de luxo pela administração

há 10 minutos atrás
Decreto regulamenta aquisição de itens de luxo pela administração
Após pesquisa, Moro se anima e diz que vai ser presidente
EM NEGOCIAÇÃO

Após pesquisa, Moro se anima e diz que vai ser presidente

há 13 minutos atrás
Após pesquisa, Moro se anima e diz que vai ser presidente
Tomar remédio vencido faz mal à saúde ou só perde o efeito; entenda
CURIOSIDADE

Tomar remédio vencido faz mal à saúde ou só perde o efeito; entenda

há 28 minutos atrás
Tomar remédio vencido faz mal à saúde ou só perde o efeito; entenda
Petrobras aumenta em R$ 0,25 preço do litro do diesel a partir desta quarta-feira
DE NOVO

Petrobras aumenta em R$ 0,25 preço do litro do diesel a partir desta quarta-feira

há 30 minutos atrás
Petrobras aumenta em R$ 0,25 preço do litro do diesel a partir desta quarta-feira
Últimas Notícias