Dólar Comercial compra R$ 4,1732 venda R$ 4,1739 máxima 4,1902
Euro compra R$ 4,6055 venda R$ 4,608 máxima 4,6473
23 Jan - 13h43
quinta, 23 de janeiro de 2020
Unique
Unique_mobile
RACISTA

Justiça autoriza advogada que ofendeu taxista negro e cuspiu nele a pagar fiança e ter liberdade

07 Dez 2019 - 19h05Atualizado 07 Dez 2019 - 19h12Por Da Redação
Advogada acusada de racismo já vai ter liberdade - Crédito: Reprodução - TV GloboAdvogada acusada de racismo já vai ter liberdade - Crédito: Reprodução - TV Globo

A advogada Natália Burza Gomes Dupin, 36, que agrediu um taxista na quinta-feira, 5, com ofensas racistas e ainda csupiu em seu rosto, poderá ser solta após pagar fiança de R$ 10 mil, de acordo com decisão da Justiça mineira, neste sábado, 7.

O caso ocorreu em Belo Horizonte, quando Natália procurava um táxi em um ponto na capital mineira. O motorista negro Luis Carlos Alves Fernandes, 51 anos, se dirigiu a ela e ofereceu-se para levá-la. "Precisando de táxi estou mesmo, só que eu não ando com negro". O taxista a teria alertado sobre o crime que a fala dela representava, e teria ouvido da suspeita outra ofensa: "Eu não gosto de negro mesmo, eu sou racista". Em seguida, ela teria cuspido no pé de Fernandes.

A polícia foi chamada e a mulher racista foi autuada em flagrante. Porém, de acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG), a alternativa do pagamento da fiança foi proposta pela juíza Roberta Chaves depois do depoimento da suspeita, em audiência de custódia na manhã deste sábado.

Porém, não foi informado se os R$ 10 mil já foram pagos. A advogada só será solta quando depositar o valor. Pouco antes de 15h de hoje ela ainda estava presa. Na quinta-feira, dia da agressão ao taxista, ela não teve a possibilidade de pagar fiança porque os crimes imputados a ela pela polícia - desacato, desobediência e injúria racial - somam mais de quatro anos de detenção. A lei, nesse caso, não permite o pagamento de fiança, mas a decisão foi revertida hoje pela justiça.

Com a decisão judicial, a advogada terá direito à liberdade provisória, mas não pode mudar de endereço sem informar o judiciário, nem sair da cidade por mais de 30 dias sem autorização prévia e tem que comparecer mensalmente perante a justiça.

Fonte: Uol

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Romero Britto pinta quadro de Jair Bolsonaro
HOMENAGEM

Romero Britto pinta quadro de Jair Bolsonaro

23/01/2020 12:35
Romero Britto pinta quadro de Jair Bolsonaro
Ministério da Saúde descarta suspeita de infecção por coronavírus no Brasil
Notícias

Ministério da Saúde descarta suspeita de infecção por coronavírus no Brasil

23/01/2020 12:29
Ministério da Saúde descarta suspeita de infecção por coronavírus no Brasil
Guedes conclui participação em Davos nesta quinta-feira
FÓRUM MUNDIAL

Guedes conclui participação em Davos nesta quinta-feira

23/01/2020 12:19
Guedes conclui participação em Davos nesta quinta-feira
Lei anticrime entra em vigor nesta quinta e pena máxima vai a 40 anos
MUDANÇAS

Lei anticrime entra em vigor nesta quinta e pena máxima vai a 40 anos

23/01/2020 10:56
Lei anticrime entra em vigor nesta quinta e pena máxima vai a 40 anos
Glenn Greenwald, do site 'The Intercept', pede ao MPF que rejeite a denúncia contra ele
APELO

Glenn Greenwald, do site 'The Intercept', pede ao MPF que rejeite a denúncia contra ele

23/01/2020 10:44
Glenn Greenwald, do site 'The Intercept', pede ao MPF que rejeite a denúncia contra ele
Últimas Notícias