Dólar Comercial compra R$ 5,5474 venda R$ 5,5482 máxima 5,5592
Euro compra R$ 6,4799 venda R$ 6,4825 máxima 6,4854
23 Set - 12h30
quarta, 23 de setembro de 2020
VLAE - DIA DA AMAZ - DESK - 15.9
VALE - DIA DA AMAZ - MOB - 15.9
CONSEQUÊNCIAS

Justiça determinou internação de adolescente que atirou e matou Isabele

Na última terça-feira, 15, a jovem se apresentou na Delegacia Especializada do Adolescente.

16 Set 2020 - 07h48Atualizado 16 Set 2020 - 07h51Por Da Redação
Justiça determinou internação de adolescente que atirou e matou Isabele -

Foi determinado pela juíza Cristiane Padim, da Vara da Criança e da Juventude de Mato Grosso, a internação da adolescente de 15 anos que atirou em Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos. Na última terça-feira, 15, a jovem se apresentou na Delegacia Especializada do Adolescente.

A decisão atendeu a um pedido do Ministério Público Estadual (MPE), que entendeu que a adolescente cometeu ato infracional análogo ao crime de homicídio doloso A defesa da adolescente informou que vai ingressar com um pedido de habeas corpus para tentar reverter a decisão judicial que determinou a internação.

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) prevê que menores que cometem atos infracionais análogos a crimes hediondos – como estupro e homicídio qualificado – sejam internados.

Isabele morreu com um tiro no rosto em 12 de agosto deste ano, em um condomínio de luxo de Cuiabá. O disparo foi feito pela jovem, que, durante as investigações, alegou ter sido involuntário. Logo depois da morte de Isabele, a polícia ouviu a amiga da vítima. Ela alegou que subiu até o quarto dela, que fica no andar de cima do sobrado onde Isabele morreu, para guardar a arma do namorado.

A acusada estava no banheiro do quarto nesse momento. A adolescente disse que pegou o case – uma maleta onde estavam duas armas – e subiu, obedecendo ao pai. Apesar de estar guardada, a arma estava carregada. Ela alegou que uma das armas caiu no chão e a adolescente tentou pegar, mas se desequilibrou ao levantar e o objeto acabou disparando, quando ela estava do lado de fora de banheiro. No entanto, essa versão foi contestada por laudos periciais.

Para a polícia, a versão apresentada pela adolescente era incompatível com o que aconteceu no dia da morte e a conduta dela foi dolosa, porque, no mínimo, ela assumiu o risco de matar a vítima. Além da adolescente, o namorado dela, de 16 anos, também foi indiciado por ato infracional análogo ao porte ilegal de arma de fogo, porque transitou armado sem autorização. Ele levou as armas para a casa da namorada, onde ocorreu o crime. As armas eram do pai dele. Por causa disso, o pai dele também foi indiciado.

 

Fonte: G1

 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Desemprego subiu 27,6% em quatro meses de pandemia
PNAD 2020

Desemprego subiu 27,6% em quatro meses de pandemia

há 44 segundos atrás
Desemprego subiu 27,6% em quatro meses de pandemia
Câmara instala comissão para reformar Lei da Lavagem de Dinheiro
MUDANÇAS

Câmara instala comissão para reformar Lei da Lavagem de Dinheiro

há 15 minutos atrás
Câmara instala comissão para reformar Lei da Lavagem de Dinheiro
Torre Eiffel é esvaziada nesta quarta-feira por suspeita de bomba
POR SEGURANÇA

Torre Eiffel é esvaziada nesta quarta-feira por suspeita de bomba

há 39 minutos atrás
Torre Eiffel é esvaziada nesta quarta-feira por suspeita de bomba
Bolsonaro e Felipe Neto estão entre as 100 personalidades do ano de 2020
FAMOSOS

Bolsonaro e Felipe Neto estão entre as 100 personalidades do ano de 2020

23/09/2020 11:15
Bolsonaro e Felipe Neto estão entre as 100 personalidades do ano de 2020
Cármen Lúcia é a nona autoridade presente na posse de Fux a contrair Covid-19
PANDEMIA

Cármen Lúcia é a nona autoridade presente na posse de Fux a contrair Covid-19

23/09/2020 10:50
Cármen Lúcia é a nona autoridade presente na posse de Fux a contrair Covid-19
Últimas Notícias