Dólar Comercial compra R$ 4,1702 venda R$ 4,171 máxima 4,1902
Euro compra R$ 4,6038 venda R$ 4,6068 máxima 4,6473
23 Jan - 14h43
quinta, 23 de janeiro de 2020
Unique
Unique_mobile
RIO DE JANEIRO

Justiça torna réu e afasta PM acusado de matar menina Ágatha

08 Dez 2019 - 14h24Atualizado 08 Dez 2019 - 14h24
Justiça torna réu e afasta PM acusado de matar menina Ágatha -

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) aceitou a denúncia do Ministério Público contra o policial militar Rodrigo José de Matos Soares, acusado de matar a menina Ágatha Vitória Sales Félix, de 8 anos, no Complexo do Alemão, zona norte da capital fluminense, em setembro.

Na decisão da última quinta-feira, 5, a juíza Viviane Ramos de Faria ressaltou que o policial efetuou disparos contra. Assim, o agente se tornou réu no processo.

O policial também foi afastado das ruas e teve o porte de arma suspenso. A Justiça informou ainda que poderá decretar a prisão preventiva do réu caso ele descumpra alguma das medidas acima.

As medidas cautelares contra o policial:

- Comparecimento mensal em juízo, entre os dias 1º e 5º de cada mês, para informar, justificar suas atividades e ter ciência do andamento do feito, bem como informar eventual mudança de endereço;
- Proibição de manter contato com qualquer testemunha;
- Proibição de se ausentar da Comarca sem prévia autorização judicial;
- Suspensão parcial do exercício da função de policial militar, devendo ser afastado de qualquer atividade que envolva o policiamento ostensivo de ruas;
- Suspensão da autorização de porte de arma de fogo.

Crime

A morte de Ágatha aconteceu no dia 20 de setembro, por volta de 21h30, na comunidade da Fazendinha. De acordo com a denúncia, o PM estava em serviço quando atirou de fuzil contra duas pessoas não identificadas que trafegavam em uma motocicleta, por acreditar que fossem traficantes.

Ágatha estava dentro de uma Kombi, acompanhada da mãe, quando foi atingida pelo fragmento de um projétil. Ela chegou a ser levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Alemão e transferida para o Hospital Getúlio Vargas, mas não resistiu aos ferimentos. Na ocasião, os parentes da menina e outras testemunhas já apontavam a PM como responsável pela morte.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sopa de morcego seria a causadora da infecção por coronavírus entre humanos
EPIDEMIA

Sopa de morcego seria a causadora da infecção por coronavírus entre humanos

há 26 minutos atrás
Sopa de morcego seria a causadora da infecção por coronavírus entre humanos
'Ele fica', afirma Bolsonaro sobre Moro em caso de recriação da pasta da Segurança Pública
REFORMA ADMINISTRATIVA

'Ele fica', afirma Bolsonaro sobre Moro em caso de recriação da pasta da Segurança Pública

há 50 minutos atrás
'Ele fica', afirma Bolsonaro sobre Moro em caso de recriação da pasta da Segurança Pública
Romero Britto pinta quadro de Jair Bolsonaro
HOMENAGEM

Romero Britto pinta quadro de Jair Bolsonaro

23/01/2020 12:35
Romero Britto pinta quadro de Jair Bolsonaro
Ministério da Saúde descarta suspeita de infecção por coronavírus no Brasil
Notícias

Ministério da Saúde descarta suspeita de infecção por coronavírus no Brasil

23/01/2020 12:29
Ministério da Saúde descarta suspeita de infecção por coronavírus no Brasil
Guedes conclui participação em Davos nesta quinta-feira
FÓRUM MUNDIAL

Guedes conclui participação em Davos nesta quinta-feira

23/01/2020 12:19
Guedes conclui participação em Davos nesta quinta-feira
Últimas Notícias