Dólar Comercial compra R$ 5,3491 venda R$ 5,3511 máxima 5,3539
Euro compra R$ 5,7796 venda R$ 5,7824 máxima 5,7877
04 Abr - 21h39
sábado, 04 de abril de 2020
Grupo Líder Gratidão
Basa Caoital de Giro - mobile
EM PROL DA APROVAÇÃO

Maia sobre reforma da Previdência: ‘Eu tenho certeza que ela vai ser positiva’

18 Fev 2020 - 16h34Atualizado 18 Fev 2020 - 16h44
Maia sobre reforma da Previdência: ‘Eu tenho certeza que ela vai ser positiva’ - Crédito: Reprodução/ Agência Brasil Crédito: Reprodução/ Agência Brasil

O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a aprovação da reforma tributária no Congresso nesta terça-feira, 18, e rebateu as críticas feitas por alguns setores do empresariado à medida. Maia afirmou que, na reforma da Previdência, quem pagou mais a conta foi a sociedade.

"Parte pequena do setor privado não quer a reforma tributária, quer só a CPMF", criticou Maia, durante o evento CEO Conference 2020, promovido pelo banco BTG Pactual, em São Paulo. "Até ressuscitaram o Everardo [Maciel, ex-secretário da Receita Federal do governo Fernando Henrique Cardoso] para ser o garoto-propaganda da volta da CPMF ao Brasil", apontou.

"Infelizmente, elite também erra, porque quer que a sociedade pague a conta da redução do custo de alguns setores da economia. Mas temos que falar a verdade. Na Reforma da Previdência, a sociedade pagou mais a conta do que empresários. Na tributária, todos vão ganhar, porque o Brasil vai crescer", disse Maia.

"Mas se algum setor está preocupado, tem que dialogar e entender que a parte da contribuição dos empresários deve existir, da mesma forma que o brasileiro do regime geral do INSS também colaborou com a reforma da Previdência. Com isso, teremos um estado mais justo, menos desigual e com menos concentração de renda", acrescentou.

"Eu tenho certeza que ela vai ser positiva. Não pode terminar esse debate querendo recriar a CPMF para que a sociedade pague a conta. Mesmo que alguns [empresários] que dizem que vai ter aumento de alíquota, o que não acredito, tem que sentar para dialogar", concluiu o presidente da Câmara.

Mais tarde, em conversa com os jornalistas, Maia previu a aprovação das reformas tributária e administrativa ainda neste ano. "O Parlamento entende que a sociedade espera que estado continue sendo relevante, mas com serviços de qualidade e melhorando sua eficiência, o que não tem hoje", afirmou.

Ele voltou a criticar setores do empresariado contrários à reforma tributária. "Teve um setor que gravou um vídeo criticando [a reforma]. Colocamos na mesa com os técnicos da reforma e mostramos que esse setor específico vai ter redução de carga tributária. Está se criando pânico em alguns setores por empresários que, no fundo, querem tributar a sociedade", declarou o deputado.

Maia ainda disse que o Congresso vai "garantir que a carga tributária irá cair". "Hoje, é 36% do PIB, e vai ser daí para baixo. Não haverá nenhuma chance de R$ 1 em aumento real na carga tributária."

Privatização por decreto é ilegal, diz Maia

Questionado sobre a possibilidade de o governo federal estabelecer privatizações de empresas públicas via decreto, Maia declarou que o Executivo "não pode" adotar essa medida.

"É ilegal. Se fizer por decreto, alguma associação de servidores da empresa vai ao Supremo e vai ganhar a liminar. Se as regras da Constituição dizem que as empresas precisam de alteração legislativa, não cabe nem medida provisória e nem decreto, e o governo sabe disso", afirmou o presidente da Câmara.

Maia disse que o Congresso ajudará o governo no encaminhamento de algumas privatizações, citando Eletrobrás, Correios e Casa da Moeda. "A Eletrobras tem um convencimento quase completo do nosso campo. Falta apenas o fechamento da modelagem, que alguns senadores têm críticas", disse.

 

Fonte: Uol

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem compra tornozeleira para mostrar que é perigoso em Cuiabá
POLÍCIA

Homem compra tornozeleira para mostrar que é perigoso em Cuiabá

há 19 minutos atrás
Homem compra tornozeleira para mostrar que é perigoso em Cuiabá
Pastores e cantores atendem convocação de Bolsonaro para jejum nacional. Assista!
RELIGIÃO

Pastores e cantores atendem convocação de Bolsonaro para jejum nacional. Assista!

há 57 minutos atrás
Pastores e cantores atendem convocação de Bolsonaro para jejum nacional. Assista!
Reino Unido se prepara para longo isolamento contra pandemia
COVID-19

Reino Unido se prepara para longo isolamento contra pandemia

04/04/2020 20:30
Reino Unido se prepara para longo isolamento contra pandemia
Vice procurador-geral apresenta parecer favorável em ação de extinção do PT
CANCELAMENTO

Vice procurador-geral apresenta parecer favorável em ação de extinção do PT

04/04/2020 18:30
Vice procurador-geral apresenta parecer favorável em ação de extinção do PT
79% dos mortos por coronavírus no Brasil apresentavam pelo menos um fator de risco
BOLETIM

79% dos mortos por coronavírus no Brasil apresentavam pelo menos um fator de risco

04/04/2020 18:23
79% dos mortos por coronavírus no Brasil apresentavam pelo menos um fator de risco
Últimas Notícias