Dólar Comercial compra R$ 4,0747 venda R$ 4,0749 máxima 4,0748
Euro compra R$ 4,5168 venda R$ 4,5187 máxima 4,5186
20 Ago - 00h13
terça, 20 de agosto de 2019
Banco da Amazônia 940x230px
Jorge e Mateus Unico mobile
SAÚDE

Médicos comemoram hoje o Dia Nacional do Cérebro

22 Jul 2019 - 09h22Atualizado 22 Jul 2019 - 09h33Por Da Redação
Médicos comemoram hoje o Dia Nacional do Cérebro -

Entidades médicas de diferentes países celebram nesta segunda-feira, 22, o Dia Mundial do Cérebro. Para marcar a data, a Federação Mundial de Neurologia destacou como tema a enxaqueca, que acomete uma em cada sete pessoas em todo o mundo.

A enxaqueca é classificada como um distúrbio neurológico comum e tem como sintomas cefaleia (dor de cabeça), náuseas (enjoo), vômito, tonturas, formigamento e dormência do corpo e as chamadas "auras", que se manifestam antes ou durante as crises, na forma de pontos luminosos, escuros ou linhas em ziguezague. O quadro também pode abranger sensibilidade a cheiros, à luz ou ao sons, ou seja, o paciente sente uma piora ao ser exposto a determinados odores, a lugares muito claros ou com muito barulho.

Se não tratada adequadamente, a enxaqueca pode se tornar uma doença incapacitante, que pode impedir o paciente de realizar suas tarefas cotidianas. De acordo com a neurologia Márcia Silva Neiva, do Hospital Brasília, isso pode ocorrer tanto quando a crise é aguda como em casos crônicos.

Nas duas situações, pode haver prejuízo das atividades profissionais, de lazer ou sociais. A neurologista comenta que a dificuldade em cumprir deveres ou comparecer a compromissos que dão prazer, como encontros com amigos, acaba afetando o humor do paciente, principalmente se o caso for crônico. "Esse paciente está praticamente acostumado, mas não rende o que renderia se não estivesse com dor. Vive com dor e acaba não participando tanto das atividades, porque a dor o incapacita", acrescenta.

Segundo a médica, a principal queixa que aparece em seu consultório é a cefaleia. Embora a enxaqueca possa controlar o dia a dia de uma pessoa, se não houver tratamento, o diagnóstico é muito simples. Em geral, basta uma consulta.

"O diagnóstico é puramente clínico, ou seja, de acordo com a identificação dos sintomas, aliada a um exame físico e um exame neurológico normal, é que damos um diagnóstico de enxaqueca. Os exames de imagem, como uma tomografia, uma ressonância, são necessários quando o médico quer excluir outras causas que podem mimetizar uma enxaqueca. Mas, para a enxaqueca pura, eu não preciso de nenhum exame de imagem. Basta conversar com o paciente, colher uma historia detalhada e fazer um exame físico detalhado. Mais de 90% das dores de cabeça são primárias, que são a enxaqueca e a dor de cabeça tensional. Somente 10% delas é que vão demandar algum exame de imagem, quando se suspeita de algo mais grave. A rigor, um exame físico bem feito e uma histórica clínica bem colhida já dão o diagnóstico", diz Márcia.

Recomendações

Para os pacientes com enxaqueca, as recomendações são de manter uma boa rotina de sono, que reponha, de fato, as energias; alimentação saudável, sem excessos de gordura e cafeína; e praticar regularmente exercícios físicos. Deve-se, ainda, evitar o uso excessivo de analgésicos (medicamentos prescritos para aliviar a dor), que podem acabar sendo um gatilho de crises. Conforme a Márcia, isso se explica porque há uma sobrecarga do organismo.

"Tem que tomar muito cuidado com os analgésicos, porque, às vezes, o paciente tem uma enxaqueca que não seria de difícil controle, mas começa a se automedicar e toma vários comprimidos durante a semana, para controlar uma dor de cabeça, que ele acha que é normal, e pode causar outra por uso excessivo de analgésicos. O paciente chega nesse ponto - e a maioria que nos procura já está assim - e, geralmente, é um pouquinho mais complicado [tratá-lo]. Quando se toma mais de dois analgésicos por semana, já há um excesso. Esse limiar é muito pequeno", enfatiza a neurologista.

Com informações da Agência Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sarampo: entenda por que a doença é tão perigosa e merece atenção
ALERTA

Sarampo: entenda por que a doença é tão perigosa e merece atenção

19/08/2019 23:00
Sarampo: entenda por que a doença é tão perigosa e merece atenção
Celso Russomanno prepara CPI para investigar a adoção da tomada de três pinos
OBRIGATÓRIA DESDE 2011

Celso Russomanno prepara CPI para investigar a adoção da tomada de três pinos

19/08/2019 21:18
Celso Russomanno prepara CPI para investigar a adoção da tomada de três pinos
Nova técnica para separar esperma pode fazer menos garotas nascerem
RISCOS ÉTICOS

Nova técnica para separar esperma pode fazer menos garotas nascerem

19/08/2019 19:15
Nova técnica para separar esperma pode fazer menos garotas nascerem
Justiça decreta bloqueio de bens do “rei do bitcoin”
DÍVIDA MILIONÁRIA

Justiça decreta bloqueio de bens do “rei do bitcoin”

19/08/2019 19:02
Justiça decreta bloqueio de bens do “rei do bitcoin”
Fumaça de queimadas no Centro-Oeste alcançam São Paulo, que fica às escuras em plena tarde
DEVASTAÇÃO

Fumaça de queimadas no Centro-Oeste alcançam São Paulo, que fica às escuras em plena tarde

19/08/2019 18:01
Fumaça de queimadas no Centro-Oeste alcançam São Paulo, que fica às escuras em plena tarde
Últimas Notícias