Dólar Comercial compra R$ 4,0747 venda R$ 4,0749 máxima 4,0748
Euro compra R$ 4,5164 venda R$ 4,5182 máxima 4,5186
20 Ago - 00h51
terça, 20 de agosto de 2019
Jorge e Mateus Unico
Banco da Amazônia 300x100 mobile
TENSÃO INTERNACIONAL

Membros de 'rede de espiões da CIA' são condenados à morte no Irã

22 Jul 2019 - 09h55Atualizado 22 Jul 2019 - 10h00Por Da Redação
Aiatolá Ali Khamenei - Crédito: Reprodução / AFPAiatolá Ali Khamenei - Crédito: Reprodução / AFP

Membros de uma "rede de espiões" da Agência Central de Inteligência Americana (CIA), composta por 17 pessoas, foram condenados à morte no Irã, informaram nesta segunda-feira, 22, as autoridades do país.

Dezessete iranianos foram presos entre março de 2018 e março de 2019 no âmbito de uma operação de desmantelamento, anunciada por Teerã em 18 de junho, de uma "rede de espiões" que atuaria a mando dos Estados Unidos.

Os suspeitos trabalhavam nos chamados "setores sensíveis" ou em atividades privadas ligadas a esses setores, disse ele sem dar detalhes. Os suspeitos agiam de forma independente um do outro, acrescentou, sem indicar quantos foram condenados à morte, mas cada um se comunicava com um agente da CIA, e eram empregados em "centros do setor privado sensíveis e vitais" do país, como por exemplo na área nuclear e militar, explicou o agente.  

Todos eles recopilavam "informação confidencial" e tinham sido treinados por oficiais da CIA sobre como estabelecer uma comunicação segura entre o interior do Irã e o exterior.

A Inteligência iraniana publicou fotografias dos espiões e documentos que foram apreendidos com eles.

Operação contra rede americana

Todos estes novos dados foram revelados depois que, no último dia 17 de junho, o secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional do Irã, Ali Shamjani, anunciou que tinham acabado com uma rede de espionagem cibernética.

Esta rede teve "um papel importante nas operações da CIA em diferentes países", segundo Shamjani, que citou a cooperação com outros países e a detenção de um número de espiões, mas sem oferecer detalhes.

As acusações de espionagem são comuns entre Teerã e Washington, que mantêm uma relação à beira do conflito desde que no ano passado os EUA decidiram retirar-se de forma unilateral do acordo nuclear de 2015 e voltar a impor sanções econômicas ao Irã.

A tensão tem se estendido ao Golfo Pérsico, onde nos últimos meses ocorreram vários ataques a embarcações, a derrubada de drones e a captura, na sexta-feira, de um petroleiro britânico por parte do Irã. 

Com informações do Estadão, AFP e EFE.

 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sarampo: entenda por que a doença é tão perigosa e merece atenção
ALERTA

Sarampo: entenda por que a doença é tão perigosa e merece atenção

19/08/2019 23:00
Sarampo: entenda por que a doença é tão perigosa e merece atenção
Celso Russomanno prepara CPI para investigar a adoção da tomada de três pinos
OBRIGATÓRIA DESDE 2011

Celso Russomanno prepara CPI para investigar a adoção da tomada de três pinos

19/08/2019 21:18
Celso Russomanno prepara CPI para investigar a adoção da tomada de três pinos
Nova técnica para separar esperma pode fazer menos garotas nascerem
RISCOS ÉTICOS

Nova técnica para separar esperma pode fazer menos garotas nascerem

19/08/2019 19:15
Nova técnica para separar esperma pode fazer menos garotas nascerem
Justiça decreta bloqueio de bens do “rei do bitcoin”
DÍVIDA MILIONÁRIA

Justiça decreta bloqueio de bens do “rei do bitcoin”

19/08/2019 19:02
Justiça decreta bloqueio de bens do “rei do bitcoin”
Fumaça de queimadas no Centro-Oeste alcançam São Paulo, que fica às escuras em plena tarde
DEVASTAÇÃO

Fumaça de queimadas no Centro-Oeste alcançam São Paulo, que fica às escuras em plena tarde

19/08/2019 18:01
Fumaça de queimadas no Centro-Oeste alcançam São Paulo, que fica às escuras em plena tarde
Últimas Notícias