Dólar Comercial compra R$ 4,1947 venda R$ 4,1949 máxima 4,1948
Euro compra R$ 4,6154 venda R$ 4,6173 máxima 4,6261
29 Jan - 05h49
quarta, 29 de janeiro de 2020
Unique
Unique_mobile
MAIS MORTES

Morre a terceira pessoa com sintomas de possível intoxicação pelas cervejas Backer

Polícia investiga instalações da cervejaria e Ministério da Agricultura manda recolher lotes

15 Jan 2020 - 11h54Atualizado 15 Jan 2020 - 12h00
Morre a terceira pessoa com sintomas de possível intoxicação pelas cervejas Backer - Crédito: Reprodução Crédito: Reprodução

Morreu, na manhã desta quarta-feira, 15, mais uma vítima da síndrome nefroneural, doença investigada por suspeita de contaminação pela substância dietilenoglicol, presente em garrafas da cervejaria Backer, fabricada em Belo Horizonte (MG). A informação da morte foi confirmada pela Polícia Civil de Minas Gerais, mas a vítima não teve ainda a identidade divulgada.

Ainda na manhã desta quarta-feira, 15, a Polícia Civil mineira havia confirmado oficialmente que a segunda morte, ocorrida na terça-feira, 13, está ligada à contaminação pela cerveja Belorizontina. A vítima, que não teve a identidade e idade divulgada, é um homem e estava internada no hospital Mater Dei, região Centro-Sul de Belo Horizonte.

O corpo passará por exames e perícia no Instituto Médico Legal (IML). Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), 17 casos já foram confirmados, sendo 12 na capital mineira e de outras cinco cidades do Estado.  A primeira vítima, confirmada no dia 7 de janeiro, foi Paschoal Dermatini Filho, de 55 anos, e estava internado em Juiz de Fora.

A polícia também está apurando se há relação de mais internações e mortes com o consume da cerveja, da fabricante Backer.

Os primeiros sintomas da intoxicação por dietilenoglicol, encontrado na cerveja, são dores abdominais, náuseas e vômitos, que evolui para a síndrome nefroneural, que os pacientes passam a apresentar alterações neurológicas e insuficiência renal, em casos mais graves. 

 

Recolhimento - No último dia 13 o Ministério da Agricultura informou que mais uma cerveja da Backer, a Capixaba, comercializada no Espírito Santo, também está contaminada pelas substâncias tóxicas monoetilenoglicol e dietilenoglicol. Horas antes, o Ministério da Agricultura já havia determinado o recolhimento das 21 marcas de cerveja da Backer, inclusive da Belorizontina e da Xavante, por causa da contaminação que já fez 17 vítimas em Minas Gerais.

A ordem do Ministério da Agricultura é para que a cervejaria Backer recolha todos os seus produtos que estão à venda no mercado e que foram produzidos entre 1º de outubro de 2019 e 13 de janeiro de 2020, sendo que os lotes da cerveja Belorizontina em que a polícia identificou a substância tóxica foram L1-1348, L2-1348 e L2-1354. A fábrica segue interditada nesta quarta-feira.

 

Fonte: Correio Braziliense

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Teto de shopping desaba durante tempestade em Belo Horizonte. Assista!
RISCO

Teto de shopping desaba durante tempestade em Belo Horizonte. Assista!

28/01/2020 23:27
Teto de shopping desaba durante tempestade em Belo Horizonte. Assista!
MEC libera acesso ao resultado do Sisu e abre inscrições para o Prouni
EDUCAÇÃO

MEC libera acesso ao resultado do Sisu e abre inscrições para o Prouni

28/01/2020 22:50
MEC libera acesso ao resultado do Sisu e abre inscrições para o Prouni
Sobe para 52 o número de mortes por causa das chuvas
EM MINAS GERAIS

Sobe para 52 o número de mortes por causa das chuvas

28/01/2020 21:11
Sobe para 52 o número de mortes por causa das chuvas
Cancelado alerta de tsunami após terremoto de magnitude 7,7 no Caribe
AMEAÇA DESCARTADA

Cancelado alerta de tsunami após terremoto de magnitude 7,7 no Caribe

28/01/2020 20:50
Cancelado alerta de tsunami após terremoto de magnitude 7,7 no Caribe
Brasil tem dois novos casos de suspeita de coronavírus
JÁ SÃO TRÊS

Brasil tem dois novos casos de suspeita de coronavírus

28/01/2020 18:55
Brasil tem dois novos casos de suspeita de coronavírus
Últimas Notícias