Dólar Americano/Real Brasileiro compra R$ 5,6239 venda R$ 5,6249 máxima 5,6244
Euro/Real Brasileiro compra R$ 6,3724 venda R$ 6,3741 máxima 6,3797
30 Nov - 21h03
terça, 30 de novembro de 2021
VALE 10162 - BIODIVERS DE CARAJAS - DESK - De 16 a 30.11
ALUBAR - Ajuste - email 08/11 - COND ENERGIA - MOB - 08.11 a 08.12
GOLPE FATAL

Mulher de 25 anos morre por picada de cobra, mas família descobre que marido da vítima é o assassino

23 Nov 2021 - 11h25Atualizado 23 Nov 2021 - 18h06
Mulher de 25 anos morre por picada de cobra, mas família descobre que marido da vítima é o assassino - Crédito: Reprodução/Pixabay Crédito: Reprodução/Pixabay

Na Índia, uma jovem de 25 anos morreu após ser picada por uma cobra. No período, a mãe da jovem identificada como Uthra encontrou a filha deitada, imóvel na cama de casa, com o braço esquerdo manchado de sangue. Embora a jovem tenha sido levada ao hospital, chegou morta no local.

Porém, embora a autópsia tenha revelado que a jovem foi picada por uma naja indiana altamente venenosa, a família registrou uma queixa na polícia e pediu o início de uma investigação. Após o fim das investigações e um julgamento que ganhou as manchetes nacionais, o assassino de Uthra foi considerado culpado e condenado à prisão perpétua por um crime que o juiz classificou como “diabólico e medonho”, porque embora Uthra tenha morrido devido à picada de cobra, o real assassino era seu marido.

Entenda o caso

Em 2019, o então marido da vítima, identificado como Kumar, parecia ter desenvolvido uma obsessão por cobras e parecia querer 'se livrar' da esposa. Nesta época, ele comprou uma víbora e armou uma cena para que a cobra picasse Uthra, mas ela pediu socorro assim que viu a serpente e não foi atacada.

Após isso ele a sedou para provocar uma picada. Porém, a cobra não atacou e ele forçou a víbora a mordê-la e depois jogou a serpente para fora da casa para destruir provas. A investigação apurou que mesmo enquanto a esposa estava no hospital, Kumar permanecia pesquisando sobre cobras no celular, mas desta vez buscou por “naja”.

Quando teve alta, após 52 dias no hospital, ela não conseguia andar e ficou na casa dos pais para se recuperar. No entanto, Kumar apareceu com uma nova cobra, desta vez uma naja. Pela segunda vez, ele a dopou misturando sedativos a alimentos e jogou a serpente nela, mas a naja não mordeu. Por isso, ele pegou a cobra pela cabeça e forçou suas presas contra o braço esquerdo de Uthra duas vezes.

Embora Kumar tentasse disfarçar o crime, uma série de pistas sugeriam que as picadas não eram naturais: a largura das marcas das presas, a posição das mordidas, e a impossibilidade de a cobra ter entrado na sala sozinha. Hari Shankar, inspetor-geral adjunto da Polícia de Kerala, que trabalhou como principal investigador do caso, comenta que “Najas normalmente não mordem, a menos que sejam muito provocadas. E, depois das 20h, elas geralmente estão adormecidas”, disse.

Além disso, o tribunal recebeu a informação de que najas só conseguem se erguer verticalmente até o equivalente a um terço de seu comprimento, o que significa que a cobra de 152 cm que picou Uthra só poderia ter se levantado a uma altura de cerca de 50 cm, que não seria alto o suficiente para entrar pela janela. Outras três passagens de ar no quarto também estavam fechadas.

Ao finalizar as investigações e o julgamento, a polícia revela estar surpresa por Kumar não demonstrar qualquer emoção como arrependimento ou remorso. A família também diz que agora pretende garantir que o filho de 2 anos de Uthra cresça feliz e se lembre de sua mãe como a mulher amorosa e atenciosa que era.

Com informações da CNN Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98547-6589ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fiocruz entrega 2,8 milhões de doses de AstraZeneca
SAÚDE

Fiocruz entrega 2,8 milhões de doses de AstraZeneca

há 42 minutos atrás
Fiocruz entrega 2,8 milhões de doses de AstraZeneca
Famílias de baixa renda terão redução automática na conta de luz
ECONOMIA

Famílias de baixa renda terão redução automática na conta de luz

há 55 minutos atrás
Famílias de baixa renda terão redução automática na conta de luz
Prefeitura de João Pessoa libera shows com 100% do público em dezembro
NOVO DECRETO

Prefeitura de João Pessoa libera shows com 100% do público em dezembro

30/11/2021 19:55
Prefeitura de João Pessoa libera shows com 100% do público em dezembro
CCJ do Senado aprova PEC dos Precatórios
ECONOMIA

CCJ do Senado aprova PEC dos Precatórios

30/11/2021 18:55
CCJ do Senado aprova PEC dos Precatórios
Moro vai receber salário do Podemos a partir de dezembro; saiba o valor
POLÍTICA

Moro vai receber salário do Podemos a partir de dezembro; saiba o valor

30/11/2021 18:54
Moro vai receber salário do Podemos a partir de dezembro; saiba o valor
Últimas Notícias