Dólar Comercial compra R$ 3,8610 venda R$ 3,8612 máxima 3,8611
Euro compra R$ 4,3263 venda R$ 4,3269 máxima 4,3273
19 Jun - 08h10
quarta, 19 de junho de 2019
TCM
TCM_mobile
CIÊNCIA E SAÚDE

Mulher tem filha depois de sofrer 13 abortos espontâneos

14 Jun 2019 - 18h38Atualizado 14 Jun 2019 - 18h37
Mulher tem filha depois de sofrer 13 abortos espontâneos -

Uma mulher que sofreu 13 abortos espontâneos deu à luz uma menina após ser submetida a um tratamento pioneiro de fertilidade.

Engenho do Dedé2

Onze gestações de Laura Worsley, de 35 anos, terminaram no primeiro trimestre, mas ela também perdeu dois meninos quando estava na 17ª e 20ª semana de gravidez.

Até que a professora Siobhan Quenby, especialista em fertilidade, descobriu que ela tinha duas condições que afetavam sua capacidade de ter filhos.

Laura e o marido Dave, de Kenilworth, na Inglaterra, tentaram pela 14ª vez e, com a ajuda de Quenby e sua equipe, tiveram uma filha chamada Ivy.

"Até agora, nove meses depois, não posso acreditar que ela é minha de verdade", diz Laura.

O casal sofreu o primeiro aborto espontâneo em 2008. E quando aconteceu pela terceira vez, os dois perceberam que havia algo errado.

Os médicos aconselharam Laura e Dave a continuar tentando, mas, depois que a quarta gravidez fracassou, eles foram encaminhados para uma consulta com Quenby no Hospital Universitário de Coventry, na Unidade de Pesquisa Biomédica de Warwickshire.

E descobriram que Laura tinha síndrome antifosfolipídica, também conhecida como "síndrome do sangue pegajoso", que pode causar perdas recorrentes de gravidez.

"Fomos informados de que uma dose alta de ácido fólico poderia resolver, mas isso não aconteceu", conta Laura, cujas gestações não avançavam além de algumas semanas.

"Nós participamos de estudos, fizemos todos os exames e tentamos medicamentos diferentes, esperando que algo funcionasse."

Duas gestações chegaram a passar de 12 semanas, mas o casal acabou perdendo ambos os bebês, Graceson e Leo, em 2015 e 2017.

"Não sei como lidei com tudo isso, para ser honesta."

"Dave ficou forte por mim, mas quando perdemos os meninos, ele teve muita dificuldade."

"Eu vivia para isso - perdi anos da minha vida. Só pensava que, se não pudesse ter um bebê, não via sentido na minha vida", acrescentou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Quase 71 milhões de pessoas foram forçadas a deixar seus lares em 2018
DESUMANO

Quase 71 milhões de pessoas foram forçadas a deixar seus lares em 2018

há 29 minutos atrás
Quase 71 milhões de pessoas foram forçadas a deixar seus lares em 2018
Moro deve ir ao Senado hoje para explicar mensagens divulgadas por site
POLÊMICA

Moro deve ir ao Senado hoje para explicar mensagens divulgadas por site

há 34 minutos atrás
Moro deve ir ao Senado hoje para explicar mensagens divulgadas por site
Arma encontrada no quarto de filho de deputada foi usada para matar pastor
CRIME BÁRBARO

Arma encontrada no quarto de filho de deputada foi usada para matar pastor

18/06/2019 22:57
Arma encontrada no quarto de filho de deputada foi usada para matar pastor
Novo presidente do BNDES é condenado por arrombar portões de condomínio em festa particular
CONVIDADOS ILUSTRES

Novo presidente do BNDES é condenado por arrombar portões de condomínio em festa particular

18/06/2019 22:13
Novo presidente do BNDES é condenado por arrombar portões de condomínio em festa particular
Senado aprova projeto para anular decreto de armas de Bolsonaro
SUSPENSÃO

Senado aprova projeto para anular decreto de armas de Bolsonaro

18/06/2019 21:54
Senado aprova projeto para anular decreto de armas de Bolsonaro
Últimas Notícias