Dólar Comercial compra R$ 3,7412 venda R$ 3,7414 máxima 3,7413
Euro compra R$ 4,1838 venda R$ 4,1855 máxima 4,1936
23 Jul - 04h19
terça, 23 de julho de 2019
Inscrições até sexta Aslan
Inscrições até sexta mobile
CIÊNCIA E SAÚDE

OMS anuncia primeiro teste em grande escala de vacina contra malária

Vacina tem proteção parcial contra a doença. Três países africanos receberão doses

23 Abr 2019 - 20h29Atualizado 23 Abr 2019 - 21h44
OMS anuncia primeiro teste em grande escala de vacina contra malária -

A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou nesta terça-feira (23) que iniciará a implementação da primeira vacina contra a malária. A vacina, desenvolvida ao longo de 30 anos, tem proteção parcial contra a doença em crianças pequenas.

O primeiro país a receber doses da vacina será o Malaui. Nas próximas semanas, Gana e Quênia receberão doses também.

Segundo comunicado da OMS, a vacina RTS, S é a primeira e, até hoje, a única vacina que mostra um efeito protetor contra a malária em crianças pequenas e entrará para o calendário de vacinação destes países.

Nos testes, além da proteção parcial, a vacina também conseguiu reduzir a necessidade de transfusões de sangue em 29%. As transfusões são necessárias contra a anemia severa causada pela doença.

A eficácia da vacina foi estabelecida em teste anteriores envolvendo mais de 15 mil crianças da África subsaariana. Ficou comprovado que crianças que receberam 4 doses da vacina tiveram um risco significativamente menor de desenvolver malária.

Segundo a OMS, a malária mata 435 mil pessoas por ano, a maioria delas crianças menores de cinco anos.

“Temos visto ganhos tremendos de mosquiteiros e outras medidas para controlar a malária nos últimos 15 anos, mas o progresso estagnou e até reverteu em algumas áreas. Precisamos de novas soluções para recuperar a resposta da malária, e essa vacina nos oferece uma ferramenta promissora para chegar lá ”, disse o diretor-geral da OMS, Dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus.

"A vacina contra a malária tem o potencial de salvar dezenas de milhares de vidas de crianças"-Dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS.

A doença infecciosa é causada por protozoários transmitidos pela fêmea infectada do mosquito Anopheles. Os sintomas podem incluir febre alta, dor de cabeça, tremores e calafrios.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Blecaute atinge mais de 14 estados da Venezuela
APAGÃO TOTAL

Blecaute atinge mais de 14 estados da Venezuela

22/07/2019 23:00
Blecaute atinge mais de 14 estados da Venezuela
Movimento pretende fundar associação para advogados insatisfeitos com a OAB
MAIS DE 150 ASSINATURAS

Movimento pretende fundar associação para advogados insatisfeitos com a OAB

22/07/2019 22:56
Movimento pretende fundar associação para advogados insatisfeitos com a OAB
Mãe perde guarda de filho por morar em lugar "insalubre" do Rio de Janeiro
BRIGA NA JUSTIÇA

Mãe perde guarda de filho por morar em lugar "insalubre" do Rio de Janeiro

22/07/2019 20:50
Mãe perde guarda de filho por morar em lugar "insalubre" do Rio de Janeiro
Cachorro comparece a julgamento como vítima de maus-tratos na Costa Rica
CAMPEÃO, VENCEDOR

Cachorro comparece a julgamento como vítima de maus-tratos na Costa Rica

22/07/2019 20:14
Cachorro comparece a julgamento como vítima de maus-tratos na Costa Rica
Mãe é condenada por torturar a filha de três anos
CRUELDADE

Mãe é condenada por torturar a filha de três anos

22/07/2019 18:39
Mãe é condenada por torturar a filha de três anos
Últimas Notícias