Dólar Comercial compra R$ 5,4294 venda R$ 5,4301 máxima 5,4363
Euro compra R$ 6,4214 venda R$ 6,4237 máxima 6,4271
23 Nov - 12h47
segunda, 23 de novembro de 2020
BASA - CAP DE GIRO GIF - DESK - 23.11 A 31.12 - DESK
BASA - CAP DE GIRO GIF - MOB - 23.11 A 31.12
EXCLUSIVO

Paraense que mora no Japão relata tensão após tufão e lojas sem estoque de alimentos

12 Out 2019 - 07h19Atualizado 12 Out 2019 - 10h57
Paraense que mora no Japão relata tensão após tufão e lojas sem estoque de alimentos - Crédito: Alfredo Motoki Crédito: Alfredo Motoki

O tufão Hagibis chegou ao Japão e fez sua primeira vítima neste sábado, 12. Mais de um milhão de pessoas receberam orientação para abandonar suas casas diante dos fortes ventos e chuvas torrenciais. O paraense Alfredo Motoki, 51 anos, mora no país e está na cidade de Ota, na província de Gunma, e relata tensão após a chegada do tufão.

Alfredo, que tem dupla nacionalidade, conta que o tufão ainda não atingiu a cidade, mas em breve chegará. "A região que estou está dando alerta de refúgio. O perigo também é que a forte chuva e o nível do mar coincidiram", diz. "Poder ter quebra de barragens e a água entrar nas cidades", explica.

O paraense relata que a cidade está sob tensão. "Muita chuva e vento forte. O pior é que ainda não chegou a parte mais forte. A previsão do pico do tufão é depois das 21 horas", afirma.

Brasileiros também correm risco, segundo Alfredo. "Cidades de Ota, Isesaki e Oizumi moram muitos brasileiros. Esse tufão é tão grande que o olho pega várias províncias", conta.

Até agora, as autoridades confirmaram uma morte, quatro desaparecidos e 60 feridos.

"Aqui está tão feio que ontem as prateleiras dos supermercados estavam vazias. Hoje as conveniências estão fechadas, lojas de conveniências aqui não fecham o ano inteiro", declara.

A agência meteorológica do Japão (JMA) prevê rajadas de vento de até 216 km/h para a manhã deste sábado, horas antes de Hagibis chegar ao centro e leste do Japão, incluindo a densamente povoada região de Tóquio.

A JMA alertou para ventos brutais e um mar violento na madrugada de domingo, 13, em muitas regiões do país.

Também são esperadas fortes chuvas em algumas regiões, com, por exemplo, 500 mm em 24 horas na área de Tóquio e até 800 mm no centro do país, de acordo com a JMA. Como na cidade em que Alfredo está, onde a quantidade de chuva esperada é de 1.000 mm em 24 horas.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Policial Militar agride mulher algemada dentro de quartel no Mato Grosso do Sul
FLAGRANTE

Policial Militar agride mulher algemada dentro de quartel no Mato Grosso do Sul

23/11/2020 11:37
Policial Militar agride mulher algemada dentro de quartel no Mato Grosso do Sul
Carrefour reabre loja onde João Alberto foi morto, em Porto Alegre
RIO GRANDE DO SUL

Carrefour reabre loja onde João Alberto foi morto, em Porto Alegre

23/11/2020 11:34
Carrefour reabre loja onde João Alberto foi morto, em Porto Alegre
Nascidos em fevereiro recebem hoje parcela do auxílio emergencial
AMPARO

Nascidos em fevereiro recebem hoje parcela do auxílio emergencial

23/11/2020 11:27
Nascidos em fevereiro recebem hoje parcela do auxílio emergencial
Cartão de confirmação do Revalida 2020 é disponibilizado pelo Inep
EDUCAÇÃO

Cartão de confirmação do Revalida 2020 é disponibilizado pelo Inep

23/11/2020 10:36
Cartão de confirmação do Revalida 2020 é disponibilizado pelo Inep
Receita Federal disponibiliza consultas a lote residual de restituição nesta segunda-feira, 22
IMPOSTO DE RENDA

Receita Federal disponibiliza consultas a lote residual de restituição nesta segunda-feira, 22

23/11/2020 10:18
Receita Federal disponibiliza consultas a lote residual de restituição nesta segunda-feira, 22
Últimas Notícias