Dólar Comercial compra R$ 5,3237 venda R$ 5,3246 máxima 5,3939
Euro compra R$ 6,0147 venda R$ 6,0179 máxima 6,086
11 Jul - 11h30
sábado, 11 de julho de 2020
Basa Sua Conta
Basa Sua Conta
DIREITO

Pessoas com deficiência podem tirar Passe Livre pela internet

03 Dez 2019 - 17h25Atualizado 03 Dez 2019 - 17h31
Pessoas com deficiência podem tirar Passe Livre pela internet - Crédito: Valter Campanato/Agência Brasil Crédito: Valter Campanato/Agência Brasil

Pessoas com deficiência agora podem obter o passe livre para viagens rodoviárias, aquaviárias e ferroviárias interestaduais pela internet, no portal gov.br.

Antes do novo sistema, era necessário que a pessoa com deficiência obtivesse uma comprovação de renda no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e apresentasse um atestado médico em uma unidade de saúde. Agora todas as pessoas com deficiência e já cadastradas no Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC) que já comprovaram renda e condição física, passam a solicitar e obter a autorização via online do Passe Livre Interestadual.

O novo modelo começa a ser aplicado de imediato no Distrito Federal e será levado na sequência às demais unidades da Federação. Atualmente, no Brasil, há aproximadamente 210 mil pessoas com deficiência cadastradas para utilizar passe livre em viagens interestaduais, mas com o novo sistema a expectativa do governo é que o número chegue a 2,5 milhões.

Em nota, o secretário de Governo Digital, Luís Felipe Monteiro, detalhou que os sistemas passaram a conversar. ”Desta vez, chegamos a um cidadão que, por diferentes motivos, como deficiência visual, auditiva ou de mobilidade, carecia muito desse serviço”.

A medida, divulgada hoje, 3, Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, é uma parceria entre o Ministério da Infraestrutura, a Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e o Dataprev.

Economia

Desde janeiro, 486 serviços do governo federal foram transformados em digitais, com uma economia estimada de R$ 1,7 bilhão por ano. 

Com a solicitação do serviço digital, a estimativa é de economia total em torno de R$ 100 milhões ao ano para o cidadão, considerando os custos com transporte e tempo que deixa de despender para a autorização do passe livre. A redução estimada é de 47% no custo para cada pessoa com deficiência.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Califórnia libera mais de oito mil prisioneiros por temor do coronavírus
POR SEGURANÇA

Califórnia libera mais de oito mil prisioneiros por temor do coronavírus

há 56 segundos atrás
Califórnia libera mais de oito mil prisioneiros por temor do coronavírus
Naja que picou estudante de veterinária vale até R$ 20 mil no comércio ilegal
SEGUNDO A POLÍCIA CIVIL

Naja que picou estudante de veterinária vale até R$ 20 mil no comércio ilegal

há 5 minutos atrás
Naja que picou estudante de veterinária vale até R$ 20 mil no comércio ilegal
Idoso de 74 anos sobrevive após queda do 8º andar de prédio em SP
IMPACTO AMORTECIDO

Idoso de 74 anos sobrevive após queda do 8º andar de prédio em SP

há 25 minutos atrás
Idoso de 74 anos sobrevive após queda do 8º andar de prédio em SP
Michelle Bolsonaro testa negativo para Covid-19
SEM CORONAVÍRUS

Michelle Bolsonaro testa negativo para Covid-19

há 29 minutos atrás
Michelle Bolsonaro testa negativo para Covid-19
Mulher de Queiroz se apresenta à polícia para cumprir prisão domiciliar
JUNTO DO MARIDO

Mulher de Queiroz se apresenta à polícia para cumprir prisão domiciliar

há 40 minutos atrás
Mulher de Queiroz se apresenta à polícia para cumprir prisão domiciliar
Últimas Notícias