Euro compra R$ 4,2885 venda R$ 4,2938 máxima 4,2912
Dólar Comercial compra R$ 3,7648 venda R$ 3,7678 máxima 3,8152
23 Jan - 19h21
quarta, 23 de janeiro de 2019
belem_403
Mobile - Residencial Marajoara
MAIS DE R$ 15 MILHÕES

PF investiga propina milionária da Odebrecht ao senador Romero Jucá

08 Nov 2018 - 07h00
PF investiga propina milionária da Odebrecht ao senador Romero Jucá - Crédito: Reprodução/Renova Mídia Crédito: Reprodução/Renova Mídia

A Polícia Federal faz uma operação na manhã desta quinta-feira (8) para investigar suposta propina paga pela Odebrecht para o senador Romero Jucá (MDB-RR) em troca da aprovação, em 2012, de uma resolução no Senado que restringia a chamada "guerra fiscal nos portos".

Jucá, no entanto, não é alvo direto da ação desta quinta, chamada de Armistício. A operação faz parte de um inquérito, já aberto no Supremo, no qual o senador é investigado. Os alvos desta quinta, mantidos sob sigilo, são pessoas que teriam se beneficiado da resolução aprovada no Senado.

De acordo com a PF, o senador teria recebido ilegalmente R$ 4 milhões da Odebrecht. No entanto, o ex-diretor de relações institucionais da Odebrecht, Cláudio Melo Filho, disse em depoimento que os repasses ao Jucá somam R$15 a R$16 milhões. Cláudio afirmou que Jucá era o político com o qual tinha maior relacionamento. “Ele tinha atenção pela empresa, e resolvia os assuntos”.

Segundo a TV Globo, há suspeitas relacionadas ao senador Renan Calheiros (MDB-AL).

Todos os mandados da Armistício são de busca e apreensão e são cumpridos nas seguintes cidades:

-7 em São Paulo;

-1 em Santos;

-1 em Campo Limpo Paulista.

Fonte: G1

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Maduro rejeita declaração de Guaidó como presidente
TENSÃO INTERNACIONAL

Maduro rejeita declaração de Guaidó como presidente

23/01/2019 18:15
Maduro rejeita declaração de Guaidó como presidente
Paulo Guedes disse que irá zerar o déficit fiscal de 2019
ECONOMIA

Paulo Guedes disse que irá zerar o déficit fiscal de 2019

23/01/2019 18:14
Paulo Guedes disse que irá zerar o déficit fiscal de 2019
Maduro dá 72 horas para os diplomatas americanos deixarem a Venezuela
EM CARACAS

Maduro dá 72 horas para os diplomatas americanos deixarem a Venezuela

23/01/2019 17:42
Maduro dá 72 horas para os diplomatas americanos deixarem a Venezuela
Justiça dá mais 90 dias para PF investigar quem pagou defesa de Adélio Bispo
EM MINAS GERAIS

Justiça dá mais 90 dias para PF investigar quem pagou defesa de Adélio Bispo

23/01/2019 17:40
Justiça dá mais 90 dias para PF investigar quem pagou defesa de Adélio Bispo
Fórum sobre síndromes raras reúne Michelle Bolsonaro, Rosângela Moro e Damares Alves
CONSCIÊNCIA SOCIAL

Fórum sobre síndromes raras reúne Michelle Bolsonaro, Rosângela Moro e Damares Alves

há 2 horas atrás
Fórum sobre síndromes raras reúne Michelle Bolsonaro, Rosângela Moro e Damares Alves
Últimas Notícias