Dólar Comercial compra R$ 4,1209 venda R$ 4,1214 máxima 4,1312
Euro compra R$ 4,5919 venda R$ 4,5969 máxima 4,6047
24 Ago - 02h09
sábado, 24 de agosto de 2019
Jorge e Mateus Unico
Unique_mobile
FVG

PIB brasileiro recuou 0,1% no primeiro trimestre de 2019

17 Mai 2019 - 09h36Atualizado 17 Mai 2019 - 10h44Por Da Redação
PIB brasileiro recuou 0,1% no primeiro trimestre de 2019 - Crédito: Agência Brasil Crédito: Agência Brasil

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro recuou 0,1% no primeiro trimestre ante o quarto trimestre de 2018, segundo o Monitor do PIB, divulgado nesta sexta-feira, 17, pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV). Na comparação do primeiro trimestre com igual período de 2018, o PIB cresceu 0 5%. Em março, houve retração de 0,4% ante fevereiro. 

Se confirmada a retração em relação ao quarto trimestre de 2018, será a primeira queda no PIB após oito trimestres de avanços. "Esse cenário é desanimador quando se constata que os oito trimestres anteriores não foram suficientes para estimular uma retomada significativa da economia após a recessão de 2014-2016" diz a nota divulgada pela FGV, assinada pelo pesquisador Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB.

A entidade destacou ainda que, na leitura de março, foi a primeira vez desde novembro de 2017 que o Monitor do PIB apontou um crescimento acumulado em 12 meses abaixo de 1,0%, registrando avanço de 0,9% nessa comparação.

"Esses números refletem a incerteza política e econômica que tem efeito direto nos investimentos e impactam a evolução da atividade econômica, principalmente, o setor industrial, comprometendo a retomada do emprego afetando o consumo das famílias", diz a nota da FGV.

Na comparação do primeiro trimestre com igual período do ano passado, a alta de 0,5% foi puxada pelo consumo das famílias, que avançou 1,6% ante o primeiro trimestre de 2018, conforme o Monitor do PIB. Na passagem do quarto trimestre de 2018 para o primeiro trimestre deste ano, o consumo das famílias cresceu 0 3%.

Já a formação bruta de capital fixo (FBCF, conta dos investimentos no PIB) avançou 0,4% no primeiro trimestre ante igual período de 2018. "Todos os componentes apresentaram contribuição positiva, mas chama atenção o declínio da taxa que atingiu seu ápice no trimestre findo em agosto de 2018 (8,5%), quando se considera o período pós recessão. O desempenho de máquinas e equipamentos, que era o grande responsável pelas altas taxas de variação do componente no ano passado, reduziu-se de 26,4% no trimestre findo em agosto de 2018 para 0,5% no primeiro trimestre desse ano", diz a nota da FGV.

O Monitor do PIB também estima que o setor externo deu contribuição positiva para a atividade econômica do primeiro trimestre, mas, principalmente, por causa da queda nas importações - que apresentaram retração de 2,2% ante o primeiro trimestre de 2018. Segundo a FGV, caíram os seguintes componentes: serviços (-9,4%), bens de consumo duráveis (-8,3%), bens de consumo semiduráveis (-7,3%) e bens intermediários (-0 6%).

Ainda no setor externo, as exportações cresceram 2,1% ante o primeiro trimestre de 2018, desacelerando ante a alta de 6,7% no trimestre móvel findo em fevereiro e o avanço de 13,1% no trimestre móvel findo em janeiro. "Essa taxa é explicada pelo desempenho dos produtos da agropecuária (23,3%) e da extrativa mineral (19,5%). Em contrapartida, as exportações de serviços (-5,6%) e dos produtos industrializados (-5,0%) caíram no trimestre", diz a nota da FGV. Em relação ao quarto trimestre de 2018, as exportações caíram 1,4%.

Em março, a atividade econômica encolheu de forma disseminada, segundo o Monitor do PIB. A queda de 0,4% ante fevereiro foi reflexo da retração em dez atividades econômicas. Somente as atividades de intermediação financeira (0,4%) e administração pública (0,3%) tiveram variação positiva. Pela ótica da demanda houve crescimento apenas do consumo do governo (0,7%) e da importação (8,3%), informou a FGV.

Com informações do Estadão.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

'Tolerância Zero': Bolsonaro fala sobre medidas emergenciais contra queimadas na Amazônia
PRONUNCIAMENTO DO PRESIDENTE

'Tolerância Zero': Bolsonaro fala sobre medidas emergenciais contra queimadas na Amazônia

23/08/2019 21:00
'Tolerância Zero': Bolsonaro fala sobre medidas emergenciais contra queimadas na Amazônia
Trump afirma que está pronto para ajudar o Brasil no combate às queimadas na Amazônia
PARCERIA

Trump afirma que está pronto para ajudar o Brasil no combate às queimadas na Amazônia

23/08/2019 20:23
Trump afirma que está pronto para ajudar o Brasil no combate às queimadas na Amazônia
Governo federal autoriza uso das Forças Armadas contra incêndios na Amazônia
COMBATE

Governo federal autoriza uso das Forças Armadas contra incêndios na Amazônia

23/08/2019 19:56
Governo federal autoriza uso das Forças Armadas contra incêndios na Amazônia
Bolsonaro afirma que Mercosul concluiu acordo comercial com países do Efta
VIA TWITTER

Bolsonaro afirma que Mercosul concluiu acordo comercial com países do Efta

23/08/2019 18:16
Bolsonaro afirma que Mercosul concluiu acordo comercial com países do Efta
Países da América do Sul se mobilizam contra incêndios florestais
AMAZÔNIA

Países da América do Sul se mobilizam contra incêndios florestais

23/08/2019 17:53
Países da América do Sul se mobilizam contra incêndios florestais
Últimas Notícias