Dólar Comercial compra R$ 4,0903 venda R$ 4,091 máxima 4,0922
Euro compra R$ 4,5685 venda R$ 4,5709 máxima 4,5815
13 Dez - 10h06
sexta, 13 de dezembro de 2019
Unique
Unique_mobile
OPERAÇÃO PANCADÃO

'Política de segurança pública não vai mudar', diz Doria após mortes em Paraisópolis

02 Dez 2019 - 15h16Atualizado 02 Dez 2019 - 17h10
'Política de segurança pública não vai mudar', diz Doria após mortes em Paraisópolis - Crédito: Reprodução Crédito: Reprodução

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) disse nesta segunda-feira, 2, que "a política de segurança pública do estado de São Paulo não vai mudar" após uma ação da Polícia Militar que culminou com a morte de nove pessoas, na comunidade de Paraisópolis.

"As ações nas comunidades de São Paulo vão continuar. A existência de um fato e circunstancialmente com as apurações que serão feitas, não inibirá as ações que serão feitas envolvendo Segurança Pública. Não inibe ação mas exige apuração", disse o governador, que reforçou a ordem de se fazer uma apuração rigorosa do ocorrido.

Apesar de o comando da PM dizer que a corregedoria vai apurar os excessos e que lamenta as mortes, a atuação contra os pancadões, como são chamados os bailes funks nas comunidades, foi defendida, assim como os policiais envolvidos.

“Os policiais não estão afastados. Nós temos que concluir o inquérito. Não haverá açodamento de condená-los anteriormente antes do devido processo legal. Eles estão preservados”, disse o comandante Marcelo Vieira Salles. “Continuarão nas unidades em serviços administrativos nos mesmos horários. Porque é uma área complexa de trabalhar e, havendo outro evento parecido, poderão ser prejudicados”, esclareceu.

A Corregedoria da Polícia Militar de São Paulo assumiu o inquérito policial militar sobre a ação da PM que deixou nove mortos por pisoteamento e 12 feridos em Paraisópolis, na Zona Sul de São Paulo, na madrugada de domingo, 1º.

Fonte: G1

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

MP investiga Salles por usar relações pessoais e cargo político para tentar direcionar inquéritos e processos
ABUSO DE PODER

MP investiga Salles por usar relações pessoais e cargo político para tentar direcionar inquéritos e processos

há 51 minutos atrás
MP investiga Salles por usar relações pessoais e cargo político para tentar direcionar inquéritos e processos
Para 81%, Lava Jato deve continuar, diz Datafolha
PESQUISA

Para 81%, Lava Jato deve continuar, diz Datafolha

há 58 minutos atrás
Para 81%, Lava Jato deve continuar, diz Datafolha
Homem suspeito de desviar dinheiro de ganhador da Mega-Sena é preso no Rio de Janeiro
MUY AMIGO

Homem suspeito de desviar dinheiro de ganhador da Mega-Sena é preso no Rio de Janeiro

13/12/2019 08:46
Homem suspeito de desviar dinheiro de ganhador da Mega-Sena é preso no Rio de Janeiro
Anatel adia decisão sobre regras do leilão do 5G
PARA O ANO QUE VEM!

Anatel adia decisão sobre regras do leilão do 5G

13/12/2019 08:30
Anatel adia decisão sobre regras do leilão do 5G
Câmara deixa relatório da reforma tributária para 2020
ANO QUE VEM!

Câmara deixa relatório da reforma tributária para 2020

13/12/2019 08:15
Câmara deixa relatório da reforma tributária para 2020
Últimas Notícias