Dólar Americano/Real Brasileiro compra R$ 5,6239 venda R$ 5,6249 máxima 5,6244
Euro/Real Brasileiro compra R$ 6,373 venda R$ 6,3764 máxima 6,3797
30 Nov - 21h25
terça, 30 de novembro de 2021
VALE 10162 - BIODIVERS DE CARAJAS - DESK - De 16 a 30.11
ALUBAR - Ajuste - email 08/11 - COND ENERGIA - MOB - 08.11 a 08.12
VOTAÇÃO

Por 7 votos a 4, senadores aprovam relatório final da CPI da Covid que pede 80 indiciamentos

26 Out 2021 - 21h33Atualizado 26 Out 2021 - 21h45
Por 7 votos a 4, senadores aprovam relatório final da CPI da Covid que pede 80 indiciamentos - Crédito: Roque de Sá/Agência Senado Crédito: Roque de Sá/Agência Senado

Foi aprovada na noite desta terça-feira, 26, por 7 votos a 4, o relatório oficial da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, elaborado pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL). O documento tem 1.288 páginas e 80 sugestões de indiciamentos, sendo 78 pessoas e duas empresas. 

Os nomes do governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), e Marcellus Campêlo, ex-secretário de Saúde do estado, foram incluídos hoje no relatório.

O documento cita o nome do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o qual lhe foi atribuído o suposto cometimento de 10 crimes e solicita o afastamento do presidente de todas as redes sociais.

Antes da votação do relatório, os senadores Eduardo Girão (Podemos-CE), Marcos Rogério (DEM-RO) e o próprio Heinze fizeram a leitura de seus votos em separado, enquanto que Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Eduardo Braga (MDB-AM) retiraram os votos em separado que haviam apresentado anteriormente.

Após seis meses de trabalho e 69 reuniões, a CPI chega ao fim.

Próximo passo

Como uma CPI não possui o direito de indiciar, o documento que foi aprovado hoje, 26, com as sugestões de indiciamento é encaminhado às autoridades competentes como o Ministério Público e a Câmara dos Deputados, que decidirão se os citados serão indiciados.

No relatório foram citados quatro ministros, dois ex-ministros, seis deputados, um senador, um governador, um vereador, além de treze médicos e três empresários.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), seus três filhos, Flávio, Carlos e Eduardo Bolsonaro, também estão entre os incluídos.

Vale lembrar que, como o presidente possui foro privilegiado, cabe à Procuradoria-Geral da República (PGR) analisar e realizar – ou não – o indiciamento.

O vice-presidente da CPI, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirmou que a entrega do documento ao procurador-geral da República, Augusto Aras, poderá ocorrer já na quarta-feira, 27.

Caso sejam identificados crimes de responsabilidade contra o presidente, o líder da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), fica responsável por avaliar se pautará a abertura do processo de impeachment.

Há também a possibilidade de compartilhamento das investigações feitas pela CPI ao Ministério Público de São Paulo (MP-SP), que criou a CPI da Prevent Senior, que investiga a denúncia de crimes contra a operadora de saúde. E para a Procuradoria da República no Amazonas, que investiga o colapso no sistema de saúde local no começo deste ano.

 

Com informações da CNN

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98547-6589ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

OMS diz que proibição de viagens não vão impedir disseminação da Ômicron
INTERNACIONAL

OMS diz que proibição de viagens não vão impedir disseminação da Ômicron

há 7 minutos atrás
OMS diz que proibição de viagens não vão impedir disseminação da Ômicron
Fiocruz entrega 2,8 milhões de doses de AstraZeneca
SAÚDE

Fiocruz entrega 2,8 milhões de doses de AstraZeneca

30/11/2021 20:21
Fiocruz entrega 2,8 milhões de doses de AstraZeneca
Famílias de baixa renda terão redução automática na conta de luz
ECONOMIA

Famílias de baixa renda terão redução automática na conta de luz

30/11/2021 20:08
Famílias de baixa renda terão redução automática na conta de luz
Prefeitura de João Pessoa libera shows com 100% do público em dezembro
NOVO DECRETO

Prefeitura de João Pessoa libera shows com 100% do público em dezembro

30/11/2021 19:55
Prefeitura de João Pessoa libera shows com 100% do público em dezembro
CCJ do Senado aprova PEC dos Precatórios
ECONOMIA

CCJ do Senado aprova PEC dos Precatórios

30/11/2021 18:55
CCJ do Senado aprova PEC dos Precatórios
Últimas Notícias