Dólar Americano/Real Brasileiro compra R$ 5,2329 venda R$ 5,235 máxima 5,234
Euro/Real Brasileiro compra R$ 6,3611 venda R$ 6,3642 máxima 6,3734
09 Mai - 22h36
domingo, 09 de maio de 2021
ALUBAR - COND ENERGIA - DESK - 07.05 a 07.06
LIDER - MELHOR A CASA E SUA SOFA AZUL - MOB - 09, 18 e 27/05
IRREGULAR

Prefeitura do Rio interdita clinica onde funkeira fez procedimento estético

O estabelecimento não possuía licença sanitária e permissão para internar pacientes

31 Jul 2020 - 08h03Atualizado 31 Jul 2020 - 08h10
Prefeitura do Rio interdita clinica onde funkeira fez procedimento estético - Crédito: Reprodução Crédito: Reprodução

A prefeitura do Rio de Janeiro interditou a clínica de estética, onde a funkeira Fernanda Rodrigues, de 43 anos, a MC Atrevida, morreu após se submeteu a uma hidrolipo com enxerto nos glúteos no dia 16 de julho. A causa foi uma infecção generalizada, que pode ser uma consequência do procedimento estético.

Além da falta de licença sanitária, o estabelecimento, que usa o nome de Rainha das Plásticas, não tem permissão para serviços de internação. Segundo a Subsecretaria de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano da Secretaria Municipal de Fazenda, o alvará de funcionamento ativo é específico para clínica e assistência médica.

Na ação realizada com o apoio de policiais da Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon), os fiscais encontraram o estabelecimento fechado, o que impediu a inspeção. Sem a licença sanitária, uma das exigências para o funcionamento, a clínica acabou interditada pela Vigilância Sanitária, pasta vinculada à Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com a prefeitura do Rio, a funkeira MC Atrevida, morreu dias após passar por um procedimento em uma clínica de estética em Vila Isabel, zona norte do Rio, e ter uma infecção generalizada. O procedimento estético consiste em retirar gordura de uma parte do corpo e aplicar em outra. No caso da funkeira, ela retirou gordura das costas para aplicar no bumbum.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Fernanda foi levada ao Hospital Municipal Evandro Freire, na Ilha do Governador, no dia  26 de julho apresentando fortes dores. A paciente foi encaminhada para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave, mas morreu no dia seguinte.

A dona da clínica de estética, Wania Tavares, usou a rede social para falar sobre o caso. Ela disse que está com a consciência tranquila. A empresária disse que gostaria de analisar o laudo médico antes de se pronunciar, mas que decidiu se defender depois que o caso saiu na imprensa.

 

Fonte: Agência Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Média de mortes por covid recua 14,7%; Brasil registra 11 dias consecutivos de queda
REDUÇÃO

Média de mortes por covid recua 14,7%; Brasil registra 11 dias consecutivos de queda

há 15 minutos atrás
Média de mortes por covid recua 14,7%; Brasil registra 11 dias consecutivos de queda
Presidente da CPI da Covid, Aziz afirma que Queiroga será reconvocado para depor
ABAIXO DA EXPECTATIVA

Presidente da CPI da Covid, Aziz afirma que Queiroga será reconvocado para depor

há 56 minutos atrás
Presidente da CPI da Covid, Aziz afirma que Queiroga será reconvocado para depor
Boris Johnson vai suspender restrições à pandemia no Reino Unido
REABERTURA

Boris Johnson vai suspender restrições à pandemia no Reino Unido

09/05/2021 21:20
Boris Johnson vai suspender restrições à pandemia no Reino Unido
Brasil chega a 15 milhões de casos e 422 mil mortes por covid-19
BALANÇO

Brasil chega a 15 milhões de casos e 422 mil mortes por covid-19

09/05/2021 20:50
Brasil chega a 15 milhões de casos e 422 mil mortes por covid-19
Homem leva tiro no peito após ser confundido com peru durante caça
NOS EUA

Homem leva tiro no peito após ser confundido com peru durante caça

09/05/2021 20:30
Homem leva tiro no peito após ser confundido com peru durante caça
Últimas Notícias