Dólar Comercial compra R$ 5,179 venda R$ 5,181 máxima 5,2302
Euro compra R$ 6,2912 venda R$ 6,2943 máxima 6,3453
03 Dez - 10h32
quinta, 03 de dezembro de 2020
VALE - PROTETORES DA FLORESTA - DESK - 24.11 a 24.12
LIDER - BIJUTERIA - 03 E 04 - MOB
AGENDA CONFIRMADA

Após apagão, Bolsonaro vai visitar o Amapá neste sábado

20 Nov 2020 - 16h20Atualizado 20 Nov 2020 - 16h52
Após apagão, Bolsonaro vai visitar o Amapá neste sábado - Crédito: IGO ESTRELA/METRÓPOLES Crédito: IGO ESTRELA/METRÓPOLES

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fará uma viagem a Macapá, capital do Amapá, 18 dias após o estado ser atingido por um apagão e, desde então, estar sem o fornecimento integral de energia elétrica.

De acordo com o Palácio do Planalto, a viagem ocorrerá neste sábado, 21. O roteiro da visita não foi divulgado.

Os problemas no fornecimento de energia no Amapá iniciaram no dia 3 de novembro, depois que um incêndio atingiu a principal subestação do estado. As causas ainda são desconhecidas. No total, 13 das 16 cidades do estado ficaram completamente no escuro por quatro dias.

Na última terça, 14, o estado voltou a registrar uma falha total no fornecimento de energia, que foi ajustado em cerca de 5 horas.

Após o segundo blecaute, a Eletronorte, empresa do governo federal responsável por ativar energia térmica em geradores, prometeu uma solução provisória para restabelecer 100% da energia até o próximo sábado.

Inicialmente, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, anunciou que o restabelecimento total estava previsto para ser feito em até 10 dias após o primeiro apagão, mas a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) planeja que o racionamento dure até 26 de novembro.

A demora no restabelecimento de energia fez com que a Justiça Federal desse um prazo para que a concessionária LMTE, responsável pela operação da subestação, desse uma "completa solução para o problema". O prazo inicial era 12 de novembro, mas foi prorrogado até 25 de novembro.

Desde o dia 7 de novembro, o estado está realizando um rodízio. Cerca de 90% tem energia de três em três horas, mas moradores relatam falhas no fornecimento.

Enquanto o sistema não é restabelecido, moradores usam a luz do sol e não dormem direito em razão das altas temperaturas na região, além de perderem eletrodomésticos e alimentos. A crise também afetou o sistema hidráulico do estado.

Justiça afasta diretorias de Aneel e ONS

Na quinta, 19, a Justiça Federal do Amapá determinou o afastamento da atual diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e da diretoria do Operador Nacional do Sistema (ONS).

A medida busca evitar que os gestores interfiram na apuração das responsabilidades pelo apagão que atinge o Amapá.

O ONS é responsável pela coordenação e controle da operação de geração e transmissão de energia elétrica no Sistema Interligado Nacional (SIN) e pelo planejamento da operação dos sistemas isolados. O operador é fiscalizado pela Aneel, que foi criada para regular o setor elétrico brasileiro.

Fonte: Metrópoles

 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cresce o PIB do Brasil no 3º trimestre: alta não é suficiente para reverter as perdas da pandemia, diz IBGE
ECONOMIA

Cresce o PIB do Brasil no 3º trimestre: alta não é suficiente para reverter as perdas da pandemia, diz IBGE

há 54 minutos atrás
Cresce o PIB do Brasil no 3º trimestre: alta não é suficiente para reverter as perdas da pandemia, diz IBGE
Polícia Rodoviária prende cinco suspeitos de assalto a agência de Criciúma
ASSALTO A BANCO

Polícia Rodoviária prende cinco suspeitos de assalto a agência de Criciúma

há 57 minutos atrás
Polícia Rodoviária prende cinco suspeitos de assalto a agência de Criciúma
Ministérios assinam acordo de proteção ao consumidor com deficiência
DIREITOS

Ministérios assinam acordo de proteção ao consumidor com deficiência

03/12/2020 09:19
Ministérios assinam acordo de proteção ao consumidor com deficiência
Em 2021 consumidor vai arcar com R$ 19,8 bilhões na conta de energia elétrica 
ECONOMIA

Em 2021 consumidor vai arcar com R$ 19,8 bilhões na conta de energia elétrica 

03/12/2020 09:09
Em 2021 consumidor vai arcar com R$ 19,8 bilhões na conta de energia elétrica 
São Paulo recebe lote com insumos para produção de um milhão de doses da CoronaVac
ESPERANÇA

São Paulo recebe lote com insumos para produção de um milhão de doses da CoronaVac

03/12/2020 08:36
São Paulo recebe lote com insumos para produção de um milhão de doses da CoronaVac
Últimas Notícias