Rússia anuncia restrição temporária à exportação de gasolina e diesel; saiba os impactos para o Brasil

Na tentativa de estabilizar o mercado doméstico, a Rússia anunciou na última quinta-feira, 21, que vai impor restrição temporária à exportação de petróleo e diesel. A informação foi divulgada pela agência estatal de notícias Ria Novosti. Mas a notícia do governo russo mexeu com o mercado e levou o preço do petróleo do...

Publicado em 22 de setembro de 2023 às 16:30

Na tentativa de estabilizar o mercado doméstico, a Rússia anunciou na última quinta-feira, 21, que vai impor restrição temporária à exportação de petróleo e diesel. A informação foi divulgada pela agência estatal de notícias Ria Novosti.

Mas a notícia do governo russo mexeu com o mercado e levou o preço do petróleo do tipo Brent a ultrapassar os US$ 100 por barril.

Impactos no Brasil

O impacto também será sentido de forma direta no Brasil, que se tornou o segundo maior importador do diesel russo do mundo, em 2023.

De janeiro a agosto, 35,6% do valor importado em diesel pelo Brasil veio da Rússia, sendo que em volume foram 40,6%. Os EUA ficaram com 31% e 28,4%, respectivamente. Em seguida, os maiores exportadores para o Brasil são os Emirados Árabes Unidos e a Índia, cada um com aproximadamente 10% do fornecimento em valor e em quantidade neste ano.

Com informações de Metrópoles