Dólar Americano/Real Brasileiro compra R$ 5,461 venda R$ 5,462 máxima 5,5139
Euro/Real Brasileiro compra R$ 6,3352 venda R$ 6,3385 máxima 6,4074
16 Out - 21h57
sábado, 16 de outubro de 2021
LIDER - MELHOR ELET SECADOR - DESK - 07, 16 E 25/10 - 03/11
LIDER - MELHOR ELET SECADOR - DESK - 07, 16 E 25/10 - 03/11
SAÚDE

Sancionada lei que flexibiliza compra de bens e insumos para covid-19

Texto permite pagamento antecipado e compras públicas sem licitação

13 Out 2021 - 22h00Atualizado 13 Out 2021 - 22h52
Sancionada lei que flexibiliza compra de bens e insumos para covid-19 - Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a medida provisória (MP) 1047 de 2021, que permite compra sem licitação de insumos, produtos e serviços, inclusive de engenharia, destinados ao enfrentamento da pandemia da covid-19. O texto teve tramitação concluída no Congresso Nacional no início de setembro e aguardava a sanção presidencial. 

Nas contratações, o poder público poderá apresentar termo de referência simplificado contendo apenas a declaração do objeto, uma fundamentação simplificada da contratação, uma descrição resumida da solução apresentada, os requisitos da contratação, os critérios de medição e pagamento, a adequação orçamentária e a estimativa dos preços. A MP, agora convertida em lei, ainda possibilita o pagamento antecipado de insumos e bens e a contratação de serviços.

Segundo o texto, como medidas que podem ser adotadas para diminuir o risco de descumprimento do contrato estão a entrega de parte do objeto para antecipar valores restantes, a prestação de garantias, a emissão de título de crédito pelo contratado, o acompanhamento da mercadoria por representante da administração em qualquer momento do transporte ou mesmo a exigência de certificação do produto ou do fornecedor.

A nova lei reedita os mesmos termos de outras duas leis que perderam a vigência por estarem vinculadas ao Decreto Legislativo 6 de 2020, que reconheceu o estado de calamidade pública até 31 de dezembro do ano passado. Agora, as medidas excepcionais poderão ser adotadas enquanto vigorar a emergência de saúde pública decretada pelo Ministério da Saúde.

As regras não valem para a aquisição de vacinas e insumos utilizados na campanha nacional de vacinação contra a covid-19, que são regidas pela Lei 14.124, de 2021.

 

Fonte: Agência Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98547-6589ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Quatro vítimas de naufrágio no Pantanal eram da mesma família
TRAGÉDIA

Quatro vítimas de naufrágio no Pantanal eram da mesma família

há 9 minutos atrás
Quatro vítimas de naufrágio no Pantanal eram da mesma família
Pesquisadores desenvolvem teste de covid-19 pela saliva e usando luz
TECNOLOGIA

Pesquisadores desenvolvem teste de covid-19 pela saliva e usando luz

há 29 minutos atrás
Pesquisadores desenvolvem teste de covid-19 pela saliva e usando luz
Ministro da Saúde afirma que população estará imunizada contra covid até o fim do ano
PRAZO

Ministro da Saúde afirma que população estará imunizada contra covid até o fim do ano

16/10/2021 20:00
Ministro da Saúde afirma que população estará imunizada contra covid até o fim do ano
'Bandido é elogio para ele', declara Bolsonaro sobre Renan Calheiros
CPI DA COVID

'Bandido é elogio para ele', declara Bolsonaro sobre Renan Calheiros

16/10/2021 19:22
'Bandido é elogio para ele', declara Bolsonaro sobre Renan Calheiros
Nasa lança sonda para estudar asteróides "troianos" em Júpiter
INTERNACIONAL

Nasa lança sonda para estudar asteróides "troianos" em Júpiter

16/10/2021 18:33
Nasa lança sonda para estudar asteróides "troianos" em Júpiter
Últimas Notícias