Dólar Comercial compra R$ 4,1924 venda R$ 4,1942 máxima 4,1962
Euro compra R$ 4,6422 venda R$ 4,6459 máxima 4,6445
18 Nov - 13h07
segunda, 18 de novembro de 2019
Unique
Banco da Amazônia FNO 1 mobile
NO CONGRESSO

Senadores pressionam por mudança no entendimento de prisão em segunda instância

08 Nov 2019 - 10h15Atualizado 08 Nov 2019 - 10h47
Senadores pressionam por mudança no entendimento de prisão em segunda instância - Crédito: Agência Brasil Crédito: Agência Brasil

Parlamentares pressionam nesta sexta-feira, 8, no Congresso, pautar uma proposta para autorizar a prisão de condenados em segunda instância, divergindo da decisão tomada ontem pelos ministros do Supremo. No entanto, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), rejeita pautar a proposta nesse sentido.

Em voto decisivo, o presidente do Supremo, Dias Toffoli, lembrou que o Congresso tem autonomia para mudar o entendimento que garante a um acusado responder em liberdade até que se esgotem todos os recursos. Na quarta-feira, um dia antes do término do julgamento, Alcolumbre já tinha dado o recado. “Isso aí não tem nem perspectiva”, afirmou.

Alcolumbre concorda em pautar um projeto considerado como “antídoto” para o fim da prisão após condenação em segundo grau. Toffoli sugeriu alterar o Código Penal e impedir a prescrição de casos que chegam ao STJ e ao Supremo. O presidente do Senado já liberou para votação em plenário um projeto apresentado pelo senador Alvaro Dias (Pode-PR) com a revisão na prescrição. Nas próximas duas semanas, a matéria deve ser adequada nos termos da “emenda Toffoli”.

Apesar da sugestão de Toffoli, a pressão pela PEC da segunda instância continua. “Os ministros do Supremo, chamados de garantidas, mais uma vez flexibilizam para os criminosos, e a população vai pagar a conta disso”, comentou o líder do PSL no Senado, Major Olimpio (SP).

Polêmico - Já na Câmara, o presidente da CCJ, Felipe Francischini (PSL-PR), tem em mãos a PEC que alteraria o Artigo 5º da Constituição Federal. O projeto é polêmico, e a oposição e até mesmo especialistas acreditam que ele não terá validade, supostamente, por mexer em uma cláusula pétrea. A matéria parou de tramitar para aguardar a decisão dos ministros do Supremo. Francischini, no entanto, pretende seguir com a matéria, a despeito do entendimento da Corte. “Eu respeito a decisão do Supremo. É um poder independente, que decide com base na discussão. Mas, independentemente disso, vamos trabalhar pela PEC. É importante botar a matéria na Constituição. Isso vai dar mais estabilidade jurídica”, argumentou.

“A decisão do STF é frustrante”, afirmou o deputado Alex Manente (Cidadania-SP), destacando que parlamentares vão acelerar a votação do tema. Líderes partidários, entre eles do PSDB e do Novo, prometeram esforços para votar a proposta na Câmara. “Vou torcer para que o parlamento mude”, disse o líder do PSDB, Carlos Sampaio (SP). “Vamos fazer de tudo para que mude. É nossa obrigação”, afirmou o líder do Novo, Marcel Van Hattem.

 

Fonte: Estadão

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Manchas de óleo aparecem no Delta do Parnaíba, entre o Piauí e Maranhão
TRAGÉDIA AMBIENTAL

Manchas de óleo aparecem no Delta do Parnaíba, entre o Piauí e Maranhão

18/11/2019 11:00
Manchas de óleo aparecem no Delta do Parnaíba, entre o Piauí e Maranhão
Navio que pode ter vazado óleo no Nordeste passa novamente pelo litoral brasileiro essa semana
MONITORADO

Navio que pode ter vazado óleo no Nordeste passa novamente pelo litoral brasileiro essa semana

18/11/2019 10:55
Navio que pode ter vazado óleo no Nordeste passa novamente pelo litoral brasileiro essa semana
Prazo para candidato pedir reaplicação de prova termina nesta segunda-feira
ENEM 2019

Prazo para candidato pedir reaplicação de prova termina nesta segunda-feira

18/11/2019 10:30
Prazo para candidato pedir reaplicação de prova termina nesta segunda-feira
TSE quer responsabilizar candidato por espalhar fake news
ELEIÇÕES 2020

TSE quer responsabilizar candidato por espalhar fake news

18/11/2019 10:00
TSE quer responsabilizar candidato por espalhar fake news
Autor apresenta proposta alternativa à PEC da prisão em segunda instância
MUDANÇAS

Autor apresenta proposta alternativa à PEC da prisão em segunda instância

18/11/2019 09:30
Autor apresenta proposta alternativa à PEC da prisão em segunda instância
Últimas Notícias