Dólar Comercial compra R$ 5,6761 venda R$ 5,6766 máxima 5,7327
Euro compra R$ 6,8601 venda R$ 6,8613 máxima 6,8647
02 Mar - 23h22
terça, 02 de março de 2021
MGZ-SUPERBANNER-ESTI-22/02 A 10/03
VALE-SUPERBANNER REC-COMBATE CORONAVIRUS-18/02 A 04/03
JUSTIÇA

TJ do Rio afasta Flordelis do cargo de deputada federal

A parlamentar é acusada de ser a mandante da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo

23 Fev 2021 - 16h04Atualizado 23 Fev 2021 - 16h12
TJ do Rio afasta Flordelis do cargo de deputada federal - Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio decidiu, por unanimidade, afastar a deputada federal, Flordelis (PSD) do cargo legislativo federal. O julgamento aconteceu na tarde desta terça-feira, 23, por videoconferência . De acordo com a decisão, a parlamentar está afastada de qualquer função pública até o julgamento do processo que é acusada de ser a mandante da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo.

Agora a decisão será submetida ao plenário da Câmara dos Deputados para os parlamentares decidirem se mantém o afastamento, conforme determina a Constituição Federal ou mantém o mandato da deputada. O relator do processo, desembargador Celso Ferreira Filho, determinou celeridade no encaminhamento da decisão para  à Câmara dos Deputados, que deve acontecer em 24 horas. Além de Celso Filho, votaram a favor do afastamento os desembargadores Antônio José Ferreira Carvalho e Kátia Jangutta.

A procuradora de Justiça Maria Christina Pasquinelli Bacha de Almeida deu parecer a favor do afastamento de Flordelis. Durante sua sustentação oral na sessão desta terça-feira, a procuradora afirmou que Flordelis usa o cargo para intimidar e organizar vantagens no processo.  O advogado Ângelo Máximo, que representa a família do pastor, também defendeu o afastamento, sob alegação de que Flordelis atrapalhou as investigações do caso, além de fazer menção aos nomes de testemunhas em redes sociais.

O afastamento foi solicitado pelo promotor de justiça, Carlos Gustavo Coelho de Andrade, que recorreu ao Tribunal de Justiça após a juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, ter negado seu pedido para afastar Flordelis de suas funções. O processo está na fase final. Agora Ministério Público, assistente de acusação e defesa dos réus fazem suas últimas considerações.

Depois da manifestação de todos, a juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce vai decidir se Flordelis e os outros acusados no processo vão a júri popular.

 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil registra 1.726 mortes por covid-19 em 24 horas
CORONAVÍRUS

Brasil registra 1.726 mortes por covid-19 em 24 horas

02/03/2021 20:55
Brasil registra 1.726 mortes por covid-19 em 24 horas
Volta às aulas presenciais será com segurança, afirma Milton Ribeiro
PANDEMIA

Volta às aulas presenciais será com segurança, afirma Milton Ribeiro

02/03/2021 20:40
Volta às aulas presenciais será com segurança, afirma Milton Ribeiro
Senado aprova MP para compra de vacinas por estados sem licitação
CORONAVÍRUS

Senado aprova MP para compra de vacinas por estados sem licitação

02/03/2021 20:34
Senado aprova MP para compra de vacinas por estados sem licitação
Câmara aprova texto-base para compra de vacinas por estados
COVID-19

Câmara aprova texto-base para compra de vacinas por estados

02/03/2021 20:12
Câmara aprova texto-base para compra de vacinas por estados
Ministério: auxílio emergencial sem contrapartida pode elevar inflação
ECONOMIA

Ministério: auxílio emergencial sem contrapartida pode elevar inflação

02/03/2021 19:37
Ministério: auxílio emergencial sem contrapartida pode elevar inflação
Últimas Notícias