Dólar Comercial compra R$ 5,3237 venda R$ 5,3246 máxima 5,3939
Euro compra R$ 6,0147 venda R$ 6,0179 máxima 6,086
11 Jul - 09h16
sábado, 11 de julho de 2020
Basa Sua Conta
Basa Sua Conta
ELEIÇÕES 2020

TSE debate mudanças em resolução sobre suspensão de partidos que não entregaram prestação de contas

29 Jun 2020 - 19h30Atualizado 29 Jun 2020 - 19h17Por Redação
TSE debate mudanças em resolução sobre suspensão de partidos que não entregaram prestação de contas - Crédito: Agência Brasil Crédito: Agência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizou hoje, 29, uma audiência pública para colher sugestões com objetivo de alterar a resolução da Corte que trata da suspensão do registro de partidos que não entregarem a prestação de contas exigida pela Justiça Eleitoral.

As mudanças nas regras serão feitas após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que, no ano passado, entendeu que a suspensão somente pode ocorrer após o julgamento de um processo específico para analisar cada caso.

Durante a audiência, o TSE recebeu contribuições de advogados eleitorais, como a aplicação de punição aos agentes responsáveis pelas contas dos partidos, além da punição da legenda, e a adoção de artigos de deixem claro que os partidos que estiverem com registro suspenso não poderão lançar candidatos nas eleições.

Segundo o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, as alterações vão aperfeiçoar o texto da resolução, que cuida do cancelamento do registro civil e do estatuto de partido político que tenha descumprindo a legislação eleitoral.

“Nós estamos disciplinando o procedimento em decorrência de uma decisão do Supremo Tribunal Federal, uma questão muito importante em que todos nós estamos pretendendo conciliar a autonomia partidária, que é um importante valor constitucional, a representatividade dos partidos na sua percepção pela sociedade civil, e os deveres de probidade para quem recebe e gere dinheiro público”, explicou o ministro.

A decisão do STF foi motivada por ações de inconstitucionalidade protocoladas pelo PSB e pelo Cidadania, antigo PPS, contra resoluções que definiram que diretórios estaduais e municipais podem ter o registro suspenso ao deixarem de entregar a prestação de contas ou não justificar o motivo pelo qual as informações não foram enviadas.

*Fonte: Agência Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mega-Sena pode pagar R$ 40 milhões neste sábado
APROVEITE

Mega-Sena pode pagar R$ 40 milhões neste sábado

há 25 minutos atrás
Mega-Sena pode pagar R$ 40 milhões neste sábado
Rio tem primeiro fim de semana de nova fase de reabertura com praças e parques liberados
MUDANÇAS NO ISOLAMENTO

Rio tem primeiro fim de semana de nova fase de reabertura com praças e parques liberados

há 35 minutos atrás
Rio tem primeiro fim de semana de nova fase de reabertura com praças e parques liberados
Conselho Nacional de Saúde discute enfrentamento à pandemia
CORONAVÍRUS

Conselho Nacional de Saúde discute enfrentamento à pandemia

10/07/2020 23:15
Conselho Nacional de Saúde discute enfrentamento à pandemia
Queiroz deixa a prisão usando tornozeleira eletrônica
JUSTIÇA

Queiroz deixa a prisão usando tornozeleira eletrônica

10/07/2020 22:20
Queiroz deixa a prisão usando tornozeleira eletrônica
Banco do Brasil amplia limite de crédito do Pronampe em R$ 1,24 bi
EFEITO DA PANDEMIA

Banco do Brasil amplia limite de crédito do Pronampe em R$ 1,24 bi

10/07/2020 22:00
Banco do Brasil amplia limite de crédito do Pronampe em R$ 1,24 bi
Últimas Notícias