Dólar Comercial compra R$ 5,3179 venda R$ 5,3191 máxima 5,359
Euro compra R$ 5,8492 venda R$ 5,8521 máxima 5,9029
27 Mai - 09h27
quarta, 27 de maio de 2020
XP Invest
Basa Prorrogação de parcela mobile
JUSTIÇA

Band terá que pagar R$ 180 mil a Pedrinho, anão do Pânico

08 Nov 2019 - 11h30Atualizado 08 Nov 2019 - 11h32Por Da Redação
Band terá que pagar R$ 180 mil a Pedrinho, anão do Pânico - Crédito: Reprodução Crédito: Reprodução

A Band e o programa Pânico terão de pagar um valor estimado em R$ 180 mil para o humorista e radialista Pedro Gardin, conhecido como o Pedrinho Anão, que trabalhou no humorístico entre 2012 e 2016. A Justiça do Trabalho de São Paulo reconheceu vínculo empregatício de Pedrinho com a Band e a empresa que co-produziu a atração criada pela Rádio Jovem Pan, a PNC.

Segundo os autos do processo, foram reconhecidos que Pedrinho trabalhava em jornadas exaustivas entre 11h e 23h, mesmo que tenha sido contratado para fazer apenas seis horas por dia. Também pedia pagamentos de direitos trabalhistas.

O advogado que cuidou do caso, Vitor Kupper, afirmou que houve comprovação que ele fazia parte do elenco e do excesso de horas. “As testemunhas ouvidas no caso comprovaram que há jornada excessiva, além do limite legal nas gravações”, afirmou ele para a reportagem.

A sentença foi dada pela juíza Edite Almeida Vasconcelos. O advogado explica a sentença e afirma que Pedrinho exercia uma função dupla. Foi contratado como ajudante de palco, mas na verdade também era ator e por muitas vezes repórter da atração. O fato é ilegal, segundo legislação vigente.

“O juiz entendeu que o autor, contratado como ajudante de palco, também exercia a função de ator, uma vez que atuava e interpretava personagens juntamente com o restante do elenco. A decisão foi fundamentada na própria legislação dos radialistas (Decreto nº 84.134/1979), a qual, segundo o parágrafo único do art. 16, não permite a cumulação de funções de setores diferentes da categoria, sendo, portanto, devido um 2ª contrato de trabalho”, completa.

Band também terá que pagar horas extras de Pedrinho do Pânico

A Band também foi condenada pelo pagamento de horas extras em razão do trabalho em sobrejornada e pela ausência de intervalo entre as jornadas. O valor decidido no total para pagamento foi de R$ 180 mil, alto para os padrões do Tribunal de Justiça de São Paulo.

A Band ainda pode recorrer da decisão. O Pânico deixou a Band em 2017. No entanto, vários membros de seu elenco e produção processaram a Band. Foi o caso dos diretores Marcelo Picon, o Bolinha, e o diretor Alan Rapp. Bolinha entrou em acordo com a emissora paulista. Já Alan espera uma resolução pro seu caso.

Fonte: Uol

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Thelma é alvo de comentários criminosos durante live
EX-BBB20

Thelma é alvo de comentários criminosos durante live

há 16 minutos atrás
Thelma é alvo de comentários criminosos durante live
Ex-BBB Gyselle diz já ter ficado com Pedro Bial: 'Ele é maravilhoso'
‘BABADO’

Ex-BBB Gyselle diz já ter ficado com Pedro Bial: 'Ele é maravilhoso'

há 54 minutos atrás
Ex-BBB Gyselle diz já ter ficado com Pedro Bial: 'Ele é maravilhoso'
Rede Globo diz que Willian Bonner é alvo de intimidação e Fátima anuncia medida judicial
‘ATAQUES’

Rede Globo diz que Willian Bonner é alvo de intimidação e Fátima anuncia medida judicial

27/05/2020 08:16
Rede Globo diz que Willian Bonner é alvo de intimidação e Fátima anuncia medida judicial
Pai do cantor Gabriel Diniz diz sentir saudade do filho e missa virtual acontece nesta quinta
LEMBRANÇAS ETERNAS

Pai do cantor Gabriel Diniz diz sentir saudade do filho e missa virtual acontece nesta quinta

27/05/2020 07:48
Pai do cantor Gabriel Diniz diz sentir saudade do filho e missa virtual acontece nesta quinta
Aos 16 anos, Mel Maia será emancipada para facilitar contratos de trabalho
AMADURECIMENTO

Aos 16 anos, Mel Maia será emancipada para facilitar contratos de trabalho

26/05/2020 18:25
Aos 16 anos, Mel Maia será emancipada para facilitar contratos de trabalho
Últimas Notícias